• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.22.2017.tde-11082017-194250
Documento
Autor
Nombre completo
Priscila Linardi Guimarães
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2017
Director
Tribunal
Cyrillo, Regilene Molina Zacareli (Presidente)
Braga, Fernanda Titareli Merizio Martins
Dalri, Maria Celia Barcellos
Pedersoli, Cesar Eduardo
Título en portugués
Mapeamento dos fatores de risco de quedas identificados por enfermeiros do serviço de urgência pré-hospitalar fixo
Palabras clave en portugués
Acidentes por quedas
Dano ao paciente
Emergências
Fatores de risco
Instituições de assistência ambulatorial
Segurança do paciente
Serviços médicos de urgência
Socorro de urgência
Resumen en portugués
A temática da segurança do paciente é uma preocupação antiga, porém, só assumiu relevância nos últimos anos com a divulgação de dados sobre incidentes no cuidado em saúde e suas consequências. Um desses eventos, denominado evento adverso, corresponde à queda. As quedas são eventos não planejados quem levam o paciente ao solo, com ou sem lesão, sendo responsáveis por sofrimento aos pacientes e suas famílias, maior tempo de internação, custos aos sistemas de saúde e até mesmo óbitos. Vários fatores podem levar o paciente ao solo, porém, o foco dos estudos se concentra na população com mais de 65 anos, principalmente em unidades de internação. Embora os padrões de morbimortalidade tenham provocado mudanças na configuração do atendimento em saúde, elevando consideravelmente os casos de urgência e a complexidade da assistência, pouco ainda se sabe sobre quedas em ambientes não hospitalares, especialmente na atenção primária. As alterações nos fluxos de atendimento provocaram transformações nos cenários de trabalho da atenção básica, especialmente para a enfermagem, que realiza a maior parte das ações de cuidado. Estresse, insegurança e falhas estruturais são alguns fatores que contribuem para o comprometimento da segurança do paciente, especialmente na identificação de risco para quedas. Este estudo busca mapear os fatores de risco de quedas identificados por enfermeiros do serviço de urgência pré-hospitalar fixo, profissionais responsáveis pela elaboração, implementação e avaliação de processos para prevenção de incidentes, a partir de importantes instrumentos, como linguagem padronizada em escala mundial North American Nursing Diagnosis Association International (NANDA-I) e a Escala de Quedas de Morse (MFS)
Título en inglés
Mapping of risk factors for falls identified by nurses in the fixed pre-hospital emergency department
Palabras clave en inglés
Damage to the patient
Emergencies
Emergency medical services
Emergency relief
Fall accidents
Institutions for outpatient care
Patient safety
Risk factors
Resumen en inglés
The issue of patient safety is an old concern, but it has only become relevant in recent years with the dissemination of data on incidents in health care and its consequences. One of these events, called an adverse event, corresponds to the fall. Falls are unplanned events that take the patient to the ground, with or without injury, being responsible for suffering to patients and their families, longer hospitalization, costs to health systems and even death. Several factors can lead the patient to the ground, however, the focus of the studies is concentrated in the population over 65, mainly in hospitalization units. Although morbidity and mortality patterns have caused changes in the configuration of health care, considerably increasing urgency and complexity of care, little is known about falls in non-hospital settings, especially in primary care. Changes in care flows have led to changes in the work scenarios of primary care, especially for nursing, which performs most of the care actions. Stress, insecurity and structural failures are some factors that contribute to compromising patient safety, especially in identifying a risk for falls. This study seeks to map the risk factors for falls identified by nurses in the fixed prehospital emergency department, professionals responsible for the design, implementation and evaluation of processes for incident prevention, using important instruments such as standardized language on a global scale North American Nursing Diagnosis Association International (NANDA-I) and the Morse Falls Scale (MFS)
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-09-04
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.