• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2016.tde-23122015-102049
Documento
Autor
Nome completo
Glauber Palha dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Monroe, Aline Aparecida (Presidente)
Neves, Lis Aparecida de Souza
Ruffino Netto, Antonio
Título em português
Vigilância dos óbitos por HIV/aids no município de Ribeirão Preto - SP, 2012 e 2013
Palavras-chave em português
Causa da Morte
Mortalidade
Óbito
Síndrome da Imunodeficiência Adquirida
Resumo em português
Apesar dos avanços tecnológicos e terapêuticos para o manejo do HIV/aids, os óbitos pela doença em algumas realidades sócio sanitárias ainda representam um importante desafio. Em 2011, Ribeirão Preto se destacou dentre os municípios com maior número de óbitos pela doença no Estado de São Paulo. Nesse sentido, objetivou-se analisar os óbitos por aids ocorridos em Ribeirão Preto nos anos de 2012 e 2013. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, de abordagem quantitativa. Foram incluídos os indivíduos que viviam com HIV/aids que foram a óbito pela doença no período supracitado, tendo como causa básica, segundo o código Internacional de Doenças, os códigos de B20 ao B24. Foram excluídos os casos com idade igual ou inferior a 18 anos e pertencentes ao sistema prisional. Elaborou-se um formulário específico para a coleta de dados, cujas fontes secundárias de informação utilizadas foram: Sistema de Informação de Mortalidade e Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Os dados foram analisados por meio do software Statística 9.1 da StatSoft, utilizando-se técnicas de análise exploratórias, incluindo proporções, medidas de tendência central e variabilidade. Os resultados sinalizaram possíveis fragilidades relacionadas à não integração dos sistemas de informação, bem como a qualidade dos dados inseridos nos mesmos. Quanto às características sociodemográficas, a maioria dos óbitos esteve relacionada ao sexo masculino (56,5%), sendo a razão entre os sexos de 1,3 homens/mulher. Houve um acometimento de faixas etárias mais velhas (40 a 59 anos, 56,5%) e, ao se considerar a composição étnico-racial do município para os anos estudados, identificou-se elevada taxa de mortalidade (52/100 mil hab.) entre as pessoas da cor preta. Houve predomínio de óbitos entre os indivíduos solteiros (61,1%) e com ensino fundamental (44,4%). Elevados percentuais de dados ignorados foram identificados nas variáveis ocupação (56,6%) e escolaridade (40,7%). O tempo mediano entre o diagnóstico da doença e o óbito foi de 61,5 meses, sendo que para os homens esse tempo foi de 16 meses (29,6% ocorreu em menos de um mês após o diagnóstico). Indivíduos na faixa etária de 21 a 39 anos morreram mais rápido após o diagnóstico da doença, com um tempo mediano de 19 meses (30,3% dos óbitos ocorreu em menos de um mês após o diagnóstico da aids. Entre as causas do óbito estão doenças não definidoras da aids e outras condições associadas, como a coinfecção de hepatites virais, outras comorbidades e condições de risco (uso de substâncias psicoativas). Espera-se contribuir com reflexões acerca do acesso ao diagnóstico precoce, tratamento oportuno e os desafios para a adesão terapêutica das pessoas que vivem com HIV/aids, além da necessidade de se repensar as práticas e políticas públicas em consonância com as demandas individuais e sociais em um determinado contexto, ampliando-se o escopo das ações e intervenções segundo perspectivas intersetoriais
Título em inglês
Surveillance of deaths from HIV/AIDS in Ribeirão Preto-SP, 2012 and 2013
Palavras-chave em inglês
Acquired Immunodeficiency Syndrome
Cause of death
Death
Mortality
Resumo em inglês
Despite technological and therapeutic advances in the management of HIV/AIDS, the deaths from AIDS in some socio health institutions still represent a major challenge. In 2011, Ribeirão Preto stoodout among the municipalities with the highest number of deaths from AIDS in the São Paulo State. In this sense, it aimed to analyze deaths from AIDS occurred in Ribeirão Preto in the years 2012 and 2013. It was a descriptive, exploratory study with a quantitative approach. Individuals living with HIV/AIDS who died from the disease during the considered period were included, with the underlying cause, according to the International Classification of Diseases code, the codes B20 to B24. Cases aged under 18 and belonging to the prison system were excluded. A specific form was elaborated for data collection, the secondary sources of information used were: Mortality Information System and the Notifiable Diseases Information System. Data were analyzed using the Statistica 9.1 StatSoft software, by exploratory analysis techniques, including proportions, central tendency and variability. The results signaled possible weaknesses related to the non-integration of information systems and the quality of data entered in them. As for sociodemographic characteristics, most of the deaths was related to male (56.5%), and the sex ratio of 1.3 men/women. There was an involvement of older age groups (40 to 59 years, 56.5%) and, when considering the ethnic and racial composition of the municipality for the years studied, it was identified high mortality rate (52/100 thousand inhabitants) among people of black skin color. There was a predominance of deaths among single individuals (61.1%) and elementary education (44.4%). High percentages of missing data were identified in the occupation variables (56.6%) and education (40.7%). The median time between diagnosis of disease and death was 61.5 months, and for men this time was 16 months (29.6% of this deaths occurred in less than a month after diagnosis). Individuals aged 21 to 39 died soon after diagnosis of the disease, with a median time of 19 months (30.3% of deaths occurred in less than a month after diagnosis of AIDS). Among the causes of death are not defining disease of AIDS and other associated conditions such as viral hepatitis coinfection, other comorbidities and risk conditions (psychoactive substance). It is expected to contribute to reflections on the access to early diagnosis, timely treatment and challenges for adherence of people living with HIV/AIDS, and the need to rethink the practices and policies in step with the individual and social demands in a particular context, expanding the scope of actions and interventions according intersectoral prospects
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GlauberPSantos.pdf (2.73 Mbytes)
Data de Publicação
2016-01-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.