• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Bento de Lima Holanda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Gomes-sponholz, Flávia Azevedo (Presidente)
Barbosa, Nayara Gonçalves
Monteiro, Juliana Cristina dos Santos
Trindade, Ruth França Cizino da
Título em português
Influência do tempo e do tipo de aleitamento materno na resposta e na função sexual feminina
Palavras-chave em português
Aleitamento materno
Enfermagem
Período pós-parto
Saúde pública
Saúde sexual
Sexualidade
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo investigar a influência do tempo e do tipo de aleitamento materno na resposta e na função sexual de mulheres que amamentam. Trata-se de estudo descritivo e transversal de base populacional, desenvolvido na Estratégia Saúde da Família do município de Maceió, estado de Alagoas, Brasil. Participaram do estudo 150 nutrizes cadastradas neste serviço entre maio e novembro de 2017. A amostra foi do tipo aleatória e não probabilística. A coleta de dados foi realizada no domicílio das entrevistadas, por meio de dois instrumentos: i. instrumento de caracterização sociodemográfica, econômica, ginecológica e obstétrica; ii. Índice da Função Sexual Feminina (FSFI). Os dados foram analisados no software SPSS versão 19.0. Empregadas análises bivariadas, por meio da distribuição de frequências absolutas e relativas, e medidas-resumo como média, mediana e desvio-padrão mínimo e máximo. Para apontar a variabilidade, foram aplicados os testes estatísticos Análise de Variância, Brown-Forsythe, Tukey, Dunnett e Qui-quadrado. No momento da coleta dos dados, as participantes tinham, em média, 24,8 anos de idade, a maioria era evangélica, possuía ensino fundamental incompleto, trabalhava como dona de casa e tinha renda familiar mensal de um e/ou dois salários mínimos. O estudo constatou existir diferença na Função Sexual Feminina entre os diferentes tipos de aleitamento materno. As mulheres que estavam no grupo de aleitamento materno misto ou parcial apresentaram maior escore para o domínio lubrificação. A maioria das participantes que amamentou parcialmente ou complementarmente recebia menos de um salário, e entre as que amamentavam exclusivamente, a maior parte recebia mais de três salários mínimos. Concluiuse que quanto menores a idade materna e a renda familiar mensal, maiores são as chances de interrupção do aleitamento materno exclusivo. Por outro lado, quanto maior a renda familiar mensal, maiores são as chances dessas mulheres manterem o aleitamento materno exclusivo
Título em inglês
Influence of time and type of breastfeeding on female sexual response and function
Palavras-chave em inglês
Breastfeeding
Nursing
Postpartum period
Public health
Sexual health
Sexuality
Resumo em inglês
This study aimed to investigate the influence of time and also the type of breastfeeding on the response and sexual function of woman who were breastfeeding. This is a descriptive and cross-sectional population-based study, developed in the Family Health Strategy from the city of Maceió, state of Alagoas, Brazil, performed with 150 nursing mothers enrolled in this service between May and November 2017. The sample was random and not probabilistic. The data collection was done at the interviewees' homes, through the following instruments: i instrument of sociodemographic characterization, economic, gynecological and obstetrical; ii Female Sexual Function Index (FSFI), whose interviewers accompanied the Community Health Agents during the home visit. The Data were analyzed through software in SPSS version 19.0. We used bivariate analyzes, through distribution of absolute and relative frequencies, measures summaries as the average, median and minimum and maximum standard deviation to point to variability, the statistical tests Analysis of Variance, BrownForsythe, Tukey, Dunnett and Qui - square. At the time of data collection, participants had, on average, 24.8 years of age, were evangelical, with incomplete elementary school; housewives and a monthly family income of one and/or two minimum wages. There is a difference in the Female Sexual Function among the different types of breastfeeding. These women who were in the mixed or partial breastfeeding group presented higher scores for the lubrication domain. Most mothers who breastfed partially or complementarily received less than one salary, and of those who were exclusively breastfeeding, received more than three minimum wages. It was observed therefore, that the lower the maternal age and monthly family income, the greater the chances of interrupting exclusive breastfeeding. The higher the monthly family income, the greater the chances of these women to maintain exclusive breastfeeding
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.