• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2014.tde-20052014-185503
Documento
Autor
Nome completo
Monise Martins da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Monteiro, Juliana Cristina dos Santos (Presidente)
Fabbro, Márcia Regina Cangiani
Nakano, Ana Marcia Spano
Título em português
Contato precoce e aleitamento materno na sala de parto na concepção dos profissionais de saúde
Palavras-chave em português
Amamentação
Pessoal de saúde
Saúde materno-infantil
Serviços de saúde
Resumo em português
Para a promoção, proteção e apoio à amamentação, as instituições que aderem à Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC) adotam os chamados "Dez passos para o sucesso do aleitamento materno". O quarto passo da IHAC consiste em ajudar as mães a iniciar o aleitamento materno, na primeira meia hora após o nascimento, ainda na sala de parto. O presente estudo tem como objetivo analisar as práticas dos profissionais de saúde relacionadas à assistência às mulheres e aos recém-nascidos, durante a realização do contato precoce e amamentação, na primeira meia hora após o parto, no contexto de um Hospital Amigo da Criança. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa que permitiu a compreensão da subjetividade expressa nos discursos dos participantes, sem romper com o contexto onde eles estavam inseridos. A presente pesquisa foi realizada na maternidade da Santa Casa de Misericórdia, no município de Passos-MG. Participaram deste estudo 21 profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e psicóloga) que atuavam no Centro Obstétrico da Santa Casa e que concordaram em participar, após assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. O número de participantes foi determinado pela saturação dos dados. Os dados foram coletados no período de julho a outubro de 2013, por meio de observação, durante o momento do parto e pós-parto imediato, e de entrevistas semiestruturadas com os profissionais de saúde. Os dados foram analisados considerando-se os registros das observações e das falas dos entrevistados, através do método de interpretação de sentidos. A análise dos dados permitiu a identificação de unidades temáticas que convergiram para quatro categorias: a concepção e a prática do contato precoce pelos profissionais de saúde; contribuições da mulher no contato precoce e aleitamento materno na visão dos profissionais; fatores que implicam no processo do contato precoce e aleitamento materno, na sala de parto; e o modelo assistencial no processo do contato precoce e aleitamento materno, na sala de parto. Evidenciou-se que os participantes demonstraram conhecimento quanto à prática do contato pele a pele precoce e da amamentação na primeira meia hora pós-parto, no entanto, não foi verificada a efetivação desta prática pelos mesmos. Os participantes consideram a mulher como passiva na realização desta prática. Identificam fatores facilitadores e dificultadores para a realização do contato precoce, porém não utilizam as estratégias que poderiam facilitar a prática. O modelo assistencial é centrado em questões técnicas e biologicistas, e a assistência durante o período intraparto ocorre de maneira mecânica e fragmentada, seguindo-se as rotinas hospitalares sem a reflexão sobre o processo de trabalho, o que incide também na realização do 4º passo da IHAC. Considera-se necessário o maior envolvimento de todos os profissionais de saúde, de forma que reflitam sobre as vantagens e a reorganização da prática e da rotina hospitalar existente, com a finalidade de se concretizarem as ações preconizadas pelo contato precoce e amamentação, na primeira hora pós-parto, favorecendo assim a melhoria das taxas de aleitamento materno e, consequentemente, a melhoria da saúde materno-infantil
Título em inglês
Early Contact and Breast-feeding in the childbirth room according to the health professionals' concept
Palavras-chave em inglês
Breastfeeding
Health Personnel
Health services
Maternal and child health
Resumo em inglês
In order to get breastfeeding promotion, protection and support, institutions which adhere to the Baby Friendly Hospital Initiative (BFHI) adopt the so-called "Ten steps for the breastfeeding success". The fourth step of the BFHI consists in helping the mothers to begin the breastfeeding half an hour after the delivery, still in the delivery room. The objective of this study is to analyze the health professionals' practices regarding the mothers' and newborn babies' assistance, during the early contact and breastfeeding in the first half hour after delivery according to the reality of Baby Friendly Hospital. It is a qualitative approach study, which allowed the comprehension of the participants' speech subjectivity, without breaking with the context they were inserted. The study was conducted at Santa Casa de Misericórdia de Passos-MG. Twenty-one health professionals (doctors, nurses, nurse technicians and assistants, and a psychologist) who worked at the Obstetric Center at Santa Casa Hospital agreed to participate, after signing the Informed Consent Form. The number of participants was determined by the saturation of data. The data were collected from July to October/2013, through observation intrapartum and early postpartum, and semi-structured interviews with the health professionals. The data were analyzed considering the notes and the interviewees' answers through the meaning interpretation method. The data analysis allowed the identification of thematic units which were converted into four categories: the conception and the early contact practice made by the health professional; the mother's contribution in the early contact and breastfeeding in the professionals' point of view; facts that are relevant when it comes to the early contact and breastfeeding in the delivery room; and the assistance model in the process of early contact and breastfeeding in the delivery room. It was evident that the participants were aware of the practices of early skin-to-skin contact and the breastfeeding in the first half hour after delivery, however, the completion of this practice was not verified. The participants consider the mother as passive during the conduction of this practice. They found easy and difficult elements to conduct the early contact, but they did not use the strategies that could make the practice easier. The assistance method is centered in technical and biological issues, and the assistance during the intrapartum period happens in a fragmented and mechanical way, following the hospital routines without any reflections about the work process, which also includes the 4th step of BFHI. It is considered necessary most involvement of all the health professional, in such a way that they can reflect about the advantages and the practice reorganization and the existing hospital routine, with the aim at finishing the actions advocated by the early contact and the breastfeeding in the first half hour postpartum, favoring thus the rate improvement of breastfeeding and, as a result, the improvement of the mother-to-child health
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MoniseMartinsdaSilva.pdf (810.28 Kbytes)
Data de Publicação
2014-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.