• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.22.2017.tde-18072017-093608
Documento
Autor
Nombre completo
Poliana Remundini de Lima
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2017
Director
Tribunal
Furtado, Maria Cândida de Carvalho (Presidente)
Mello, Débora Falleiros de
Santos, Jair Licio Ferreira
Wernet, Monika
Título en portugués
Acesso a serviços de saúde e cuidado de enfermagem a partir de um programa municipal de atenção ao recém-nascido
Palabras clave en portugués
Análise espacial
Avaliação em saúde
Cuidado pós-natal
Cuidados de enfermagem
Recém-nascido
Resumen en portugués
Estudo transversal, analítico que objetivou analisar o acesso do recém-nascido (RN), após o nascimento, ao atendimento de enfermagem na rede básica em um município paulista. Participaram RN usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) nascidos e residentes no município de Ribeirão Preto-SP no período de 01 de janeiro de 2010 a 31 de dezembro de 2014. Os dados foram obtidos das planilhas do Programa Floresce uma Vida, do Programa de Saúde da Criança da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Variáveis estudadas foram: tipo de unidade de atendimento, idade do RN, peso ao nascer, idade materna, paridade, número de consultas pré-natal realizadas, encaminhamento do RN para serviço especializado, realização da triagem neonatal e da vacina BCG. O processamento foi realizado a partir do gerenciamento do banco de dados do Floresce uma Vida, sendo utilizado o programa Statistica versão 12.0. Na fase descritiva da análise, buscou-se informações que identificassem melhoria no acesso aos serviços de saúde, contemplando o atendimento da criança na primeira semana de vida. Na fase analítica, foram verificadas associações entre as variáveis peso ao nascer, idade materna e paridade e a variável acesso dos RN às ações de enfermagem na rede básica. Para a distribuição espacial dos dados referentes ao acesso às ações de enfermagem, procedeu-se ao cálculo da porcentagem das ações de enfermagem ocorridas segundo as áreas de abrangência dos serviços de saúde da Atenção Primária do município. O projeto de pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (CAAE nº 47836115.5.0000.5393) (Ofício nº 152/2015). No período estudado, nasceram 41.267 crianças, das quais 22.463 (54,4%) são usuárias SUS. Foram registradas 19.234 (85,6%) consultas de enfermagem, 19.376 (86,3%) vacinas BCG e 19.769 (88,0%) triagens neonatais. Através da análise espacial, observou-se que os Distritos de Saúde Leste e Central foram os que apresentaram menor porcentagem de realização das ações de enfermagem, inclusive quando se analisa a realização dos três procedimentos no mesmo dia. Ações preconizadas para a primeira semana de vida, como triagem neonatal, vacina BCG e consulta de enfermagem, apresentaram cobertura inferior ao esperado, principalmente quando se analisa a realização destas três ações no mesmo dia. Dentre as crianças que não realizaram esses três procedimentos no mesmo dia, identificou-se, como maioria, aquelas que apresentaram peso adequado ao nascer e cujas mães, com idade entre 20 e 34 anos, realizaram sete ou mais consultas de pré-natal. As informações obtidas através do estudo constituem-se instrumento para gestores e equipes de saúde identificarem as fragilidades que são passíveis de intervenções e reavaliarem as estratégias de atendimento ao RN, qualificando a assistência prestada, mediante a garantia do acesso em tempo oportuno e do cuidado integral, transpondo resultados para realidades semelhantes a nível regional e/ou nacional
Título en inglés
Access to health services and nursing care from a newborn care municipal program
Palabras clave en inglés
Health evaluation
Newborns
Nursing care
Postnatal care
Spatial analysis
Resumen en inglés
Cross-sectional and analytical study that aimed to analyze the newborns (RN) access, after birth, to the nursing care in basic health network at an inner city of São Paulo state. We included RN, users of Brazilian Health System (SUS) that was born and lived in Preto Ribeirão from January 1st 2010 to December 31th 2014. Data were obtained from spreadsheets of the Floresce uma Vida Programme, belonging to Child Health Programme of Municipal Health Department (SMS). Variables studied were type of care unit, the newborn age, birth weight, maternal age, parity, and number of prenatal consultations, referral for specialized service, neonatal screening and BCG vaccine. Data were processing from the Floresce uma Vida database, using the Statistica software version 12.0. In descriptive analysis, we sought information that could identify improvement on access to health services, considering the child's care in the first week of life. In analytical analysis, we sought possible associations between the variables birth weight, maternal age and parity and the variable newborns access to nursing actions in the basic health network. For the spatial distribution of data related to access to nursing actions, we calculated the percentage of nursing actions that occurred according to the areas covered by the health services of Primary Care. The Research Ethics Committee approved the research (CAAE Nº 47836115.5.0000.5393, Oficio nº 152/2015). During the study period, 41,267 children were born; 54.4% are SUS users. We identified the occurrence of 19,234 (85.6%) nursing visits, 19,376 (86.3%) BCG vaccines and 19,769 (88.0%) neonatal screening. Through spatial analysis, we observed that Eastern and Central Health Districts showed the lowest percentage of achievement of nursing actions, even when we analyzed the performance of the three procedures on the same day. Recommended actions for the first week of life, such as newborn screening, BCG vaccine and nursing consultation, had lower coverage than expected, especially their performance on the same day. Among the children who did not have these three procedures on the same day, we identified, as most, those who had adequate weight at birth and whose mothers, aged 20 to 34, had seven or more prenatal consultations. The information obtained through the study, are a tool for managers and healthcare teams to identify the weaknesses that are amenable to intervention and re- evaluate the newborn care strategies, qualifying the assistance provided, through the guarantee of timely access and comprehensive care, transposing results for similar realities in the regional and / or national level
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
POLIANAREMUNDINIDELIMA.pdf (1,001.22 Kbytes)
Fecha de Publicación
2017-07-31
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.