• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2006.tde-18012007-162952
Documento
Autor
Nome completo
Leila Maria Geromel Dotto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Mamede, Marli Villela (Presidente)
Barros, Sonia Maria Oliveira de
Clapis, Maria Jose
Gomes, Flávia Azevedo
Tyrrell, Maria Antonieta Rubio
Título em português
Atenção qualificada ao parto: a realidade da assistência de enfermagem em Rio Branco - AC
Palavras-chave em português
competência profissional
enfermagem obstétrica
equipe de enfermagem
parto
Resumo em português
Tem havido consenso de que a atenção qualificada ao parto e nascimento é uma intervenção fundamental para tornar as gestações e partos mais seguros, visto que apenas 53% das mulheres em países em desenvolvimento são atendidas no parto por pessoal qualificado. As evidências epidemiológicas mostram que existe uma relação entre a atenção qualificada ao parto e o declínio da mortalidade materna. Este estudo buscou conhecer a realidade do atendimento a parturientes, realizado pela enfermagem nas maternidades do município de Rio Branco-AC. Objetivos: identificar e descrever o perfil dos profissionais de enfermagem que atuam na atenção ao trabalho de parto e parto normal, e analisar as competências essenciais desenvolvidas por eles nesta prática. Metodologia: estudo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado em duas maternidades. A população estudada foi composta por 30 profissionais de enfermagem (02 enfermeiras, 07 enfermeiras obstétricas, 08 técnicas de enfermagem e 13 auxiliares de enfermagem). A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas e observações sistemáticas das competências essenciais em obstetrícia. Foram observados 14 admissões, 34 evoluções de trabalho de parto, 11 partos normais e 11 pósparto. A estatística descritiva e o teste exato de Fisher foram usados para análise dos dados. Resultados: perfil dos profissionais: a média de idade dos profissionais foi de 41 anos, 50% casados ou com parceria fixa, 60% com mais de 10 anos de formação profissional, com uma média de 130 meses de experiência na assistência ao parto, com carga horária média semanal de trabalho de 63,37 horas, e 40% deles trabalham em mais de uma instituição, apenas 05 (16,66%) não realizam parto. Daqueles que realizam parto normal, 18 (72%) receberam treinamento informal para realizar o parto, acompanhando ou sendo acompanhado por outro profissional, durante a jornada de trabalho, os demais ? 07 (28%) ? são enfermeiras obstétricas que foram capacitadas por meio de programas de pós-graduação lato sensu. O tempo de treinamento daquelas sem capacitação formal variou de 10 dias a dois anos. Os resultados revelam que apenas 28% dos profissionais são considerados qualificados para a atenção ao parto. As competências essenciais: várias práticas obstétricas recomendadas pela OMS são adotadas pelas instituições, enquanto outras não. Muitas das habilidades essenciais em obstetrícia deixaram de ser desenvolvidas ou, quando realizadas, aconteceram de forma incompleta. O modelo de divisão de trabalho para o desempenho das competências obstétricas de maior complexidade nas instituições estudadas mostrou diferenças significantes, revelando que a delegação de tais tarefas está mais na dependência da categoria profissional do que na qualificação profissional para o seu desempenho. Conclusões: de acordo com os critérios e requisitos estabelecidos pelas políticas internacionais sobre o atendimento qualificado ao parto, a realidade revela carência de pessoal qualificado. O modelo de atenção é caracterizado por uma divisão de trabalho que não privilegia a qualificação profissional. Muitas das competências essenciais em obstetrícia não estão sendo contempladas. Revelando, portanto, a necessidade de investimentos na formação de profissionais e na reorganização da assistência, para que se possa realmente modificar a realidade da atenção materna e neonatal no Norte do país.
Título em inglês
Qualified attention to delivery: the reality of nursing assistance in Rio Branco - AC
Palavras-chave em inglês
delivery
nursing team
obstetric nursing
professional competence
Resumo em inglês
There is a consensus that qualified attention to birth and delivery is a fundamental intervention that makes both pregnancy and delivery safer. This is a fact, if it is considered that only 53% of women in developing countries are assisted by qualified professionals at the moment of delivery. Epidemiologic evidence shows that there is a relationship between qualified assistance to delivery and decrease in maternal mortality. This study aimed to describe the reality of the nursing assistance offered to parturients at hospital birth centers in the city of Rio Branco, Acre, Brazil. Goals: identify and describe the profile of nursing professionals who assist women in labor and natural delivery, and analyze the essential competences developed by those professionals in their practice. Method: a descriptive study using quantitative approach, performed at two hospital birth centers. The studied population was composed of 30 nursing professionals (2 nurses, 7 obstetric nurses, 8 nurse technicians and 13 nursing assistants). Data collection was done through interviews and systematic observations of the essential competences in obstetrics. The following situations were observed: 14 admissions, 34 labors, 11 natural deliveries, and 11 postpartum. Data analysis was done using descriptive statistics and Fisher exact test. Results: profile of the nursing professionals: average age of 41 years; 50% married or in a stable relationship; 60% have over 10 years of professional experience with an average of 130 months of experience in delivery assistance; average weekly work load of 63.37 hours; 40% worked in more than one institution; only 5 individuals (16.66%) did not perform delivery. Of those who perform natural deliveries, 18 (72%) received informal training and are therefore observed or helped by another health professional. Informal training time ranged from 10 days to 2 years. The other 7 individuals (28%) are obstetric nurses who received training in graduate programs (specialization). Results show that only 28% of nursing professionals are considered qualified enough to provide delivery assistance. The institutions adopt some of the WHO obstetric recommendations but fail to adopt others. Several essential obstetric skills are not performed, or, if performed, they are followed incompletely. The model of division of work adopted by the studied institutions to perform high complexity obstetric skills showed significant differences, and revealed that delegating such tasks is more linked to the professional category than to professional qualification. Conclusions: based on the criteria and requirements established by international policies on qualified delivery assistance, the reality shows a need for qualified professionals. The model of attention is characterized by a division of work that does not privilege professional qualification. Many essential obstetric competences are not being followed. Therefore, there is a need to invest in professional training and to reorganize the offered assistance in order to improve the reality of maternal and neonatal attention in Northern Brazil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-01-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.