• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2012.tde-15082012-130507
Documento
Autor
Nome completo
Vanilde de Castro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Rosane Pilot Pessa (Presidente)
Almeida, Sebastião de Sousa
Nonino, Carla Barbosa
Ribeiro, Graziela Aparecida Nogueira de Almeida
Santos, Jose Ernesto dos
Título em português
Mudanças comportamentais e fatores associados à sua manutenção em adultos com excesso de peso após intervenção
Palavras-chave em português
comportamento alimentar
educação alimentar e nutricional
hábitos
obesidade
Resumo em português
A educação alimentar é uma abordagem reconhecidamente eficaz para transformação, recuperação e promoção de hábitos saudáveis, sendo muito utilizada no manejo dietético do tratamento da obesidade. No entanto, a manutenção da perda de peso nem sempre é satisfatória, dada a dificuldade de incorporação de novos hábitos como rotina de vida. O objetivo deste estudo foi investigar mudanças comportamentais em adultos com excesso de peso após um programa educativo e os fatores associados à sua manutenção. Para tanto, dados sociodemográficos, antropométricos, de imagem corporal, fatores comportamentais e relativos à saúde foram coletados de 94 adultos com excesso de peso, de ambos os sexos, participantes do Programa de Educação Alimentar da Universidade de São Paulo - PRAUSP, no período de 2005 a 2009. Os indivíduos foram divididos nos grupos intervenção - GI (frequência mínima de 70%; n=64) e abandono - GA (frequência inferior a 30%; n=30) sendo que as informações foram obtidas no início (GI e GA) e final da intervenção (GI) por meio de um banco de dados, e no momento atual (GI e GA) por entrevista estruturada. Comparações intra-grupos foram realizadas para avaliar alterações ocorridas no decorrer do tempo e comparações entre-grupos para identificar as mudanças resultantes da intervenção e os fatores associados. Como resultados, houve predomínio de mulheres (71,8%), casadas (68,2%), com idade média de 43,5 anos e elevado nível de escolaridade (91,8% com nove anos ou mais de escolaridade), sem diferença entre os grupos. Os sujeitos do GI aumentaram o consumo de álcool, a mastigação e o fracionamento da alimentação, e reduziram a compulsão alimentar, as medidas antropométricas imediatamente após a intervenção (IMC = -1,4kg/m 2 ; circunferência da cintura = -5,5cm), e o risco de doenças cardiovasculares a longo prazo. Ambos os grupos apresentaram frequências elevadas de percepção corporal superestimada e insatisfação (GI=75% e 85,9%; GA= 81% e 95,2%, respectivamente). De modo geral, os participantes do GA apresentaram mudanças comportamentais pontuais, demonstrando grande heterogeneidade entre o grupo. Entre os fatores associados à manutenção das mudanças encontram-se a motivação para a perda de peso e melhora da imagem corporal, a presença de doenças associadas e do histórico familiar de obesidade, e a percepção distorcida e a insatisfação corporais. Como aspectos facilitadores foram apontados as melhoras obtidas e a força de vontade, e como dificultadores, os resultados lentos, a falta de tempo, a vida social muito ativa e o custo elevado dos alimentos. Conclui-se que indivíduos que finalizaram o protocolo (GI) realizaram mais mudanças comportamentais do que aqueles que abandonaram (GA), mas as alterações nem sempre foram mantidas no período posterior. O programa mostrou-se eficaz em promover modificações comportamentais, sendo recomendado considerar as características sociodemográficas e antropométricas dos participantes no planejamento das atividades a fim de subsidiar ações mais específicas e melhor prognóstico. A manutenção dos resultados constitui-se em um grande desafio aos profissionais de saúde devido à influência de fatores ambientais e culturais inerentes ao proceso de mudança.
Título em inglês
Behavioral changes and factors associated with their maintenance in adults with excess weight after intervention
Palavras-chave em inglês
Feeding Behavior
food and nutrition education
obesity
Resumo em inglês
Nutrition education is recognized as an effective approach for changing, recovering and promoting healthy habits, commonly used in nutritional management of obesity. However, the maintenance of weight loss is not always satisfactory, due to the difficulty in incorporating new habits as daily life routine. This study aimed to investigate behavioral changes in adults with excess weight after an educational program and the factors associated with its maintenance. Sociodemographic and anthropometric data, body image and behavioral factors and health-related data were collected from 94 adults with excess weight, of both sexes, participants in the University of Sao Paulo Nutrition Education Program - PRAUSP, between 2005 and 2009. Participants were divided into two groups: IG (intervention group) (minimum frequency of 70%, n = 64) and AG (abandonment group) (frequency less than 30%, n = 30), with information being obtained at baseline (IG and AG) and at the end of the intervention (IG) through a database, and at present (IG and AG) by structured interview. Intra-group comparisons were performed to assess changes occurred over time and comparisons between groups to identify changes resulting from the intervention and associated factors. As results, there was a predominance of women (71.8%), married (68.2%), with a mean age of 43.5 years and a high level of education (91.8% with nine or more years of school education), without difference between the groups. Participants of IG increased alcohol consumption, chewing and fractionating of food, and reduced binge eating, anthropometric measures immediately after intervention (BMI = -1.4 kg/m 2 , waist circumference = -5.5 cm), and the risk for cardiovascular disease in the long term. Both groups had high rates of overestimated body perception and dissatisfaction (IG = 75% and 85.9%, AG = 81% and 95.2%, respectively). In general, participants of AG showed specific behavioral changes, showing great heterogeneity among the group. Among the factors associated with maintenance of the changes, there are the motivation for weight loss and improved body image, the presence of associated diseases and family history of obesity, as well as distorted perception and body dissatisfaction. Facilitating factors were identified as the improvements obtained and willpower, and as difficulties were the slow results, lack of time, a very active social life and high cost of food. It is concluded that individuals who completed the protocol (IG) had more behavioral changes than those who dropped (AG), but the changes were not always maintained thereafter. The program was effective in promoting behavioral changes, being recommended to consider the socio-demographic and anthropometric characteristics of participants in planning activities, in order to support more specific actions and a better prognosis. The maintenance of the results is a great challenge to health professionals due to the influence of environmental and cultural factors inherent to the process of change.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
VanildedeCastro.pdf (2.94 Mbytes)
Data de Publicação
2012-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.