• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Gabriel Zanin Sanguino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Furtado, Maria Cândida de Carvalho (Presidente)
Costa, Simone de Godoy
Higarashi, Ieda Harumi
Jaques, André Estevam
Título em português
Desenvolvimento de material educativo para manejo da parada cardiorrespiratória pediátrica ocasionada por insuficiência respiratória
Palavras-chave em português
Enfermagem pediátrica
Materiais didáticos
Parada cardíaca
Tecnologia educacional
Resumo em português
No âmbito da formação superior em enfermagem, metodologias híbridas e ativas de ensino têm sido desenvolvidas e implementadas visando a um ensino de qualidade e à preparação de profissionais enfermeiros para o mercado de trabalho. No que concerne à formação de enfermeiros para atuar em situações de parada cardiorrespiratória (PCR) em pediatria, este estudo teve como objetivos desenvolver e validar um material educativo, composto por um vídeo educativo, um ambiente virtual de aprendizagem e um cenário de simulação clínica sobre o manejo da PCR pediátrica ocasionada por insuficiência respiratória. Tratou-se de um estudo metodológico, de abordagem quantitativa, que contou com a participação de juízes experts e alunos de enfermagem de uma universidade pública do Estado de São Paulo. Para o desenvolvimento dos materiais, utilizaram-se os referenciais metodológicos de Fleming, Reynolds e Wallace (2009) para o vídeo educativo; de Filatro (2008) para o ambiente virtual de aprendizagem; e de Jeffries (2012) e Fabbri et al. (2017) para o cenário de simulação clínica. Após elaboração de um caso clínico a partir de revisão de literatura sobre a temática e baseado nas diretrizes da American Heart Association dos anos de 2015 e 2017, este foi validado por dez juízes experts de quatro regiões do país. As sugestões versaram sobre a alteração das palavras no texto para melhor compreensão do conteúdo proposto, com 80% ou mais de concordância de adequação do caso clínico na primeira rodada de avaliação. Após validado, adaptou-se o caso clínico para a confecção do vídeo educativo. As ações contidas no caso clínico foram filmadas em ambiente laboratorial de uma instituição de ensino superior pública, contou com a participação de seis atores e um manequim de alta fidelidade e resultou em um vídeo de 9 min. e 57 s. Este, por sua vez, foi validado por duas juízes e um técnico especialista em comunicação. Na finalização do material educativo, criou-se um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) dentro da plataforma Moodle, onde se inseriram o vídeo educativo, formulário de caracterização dos participantes e materiais adicionais para a construção do conhecimento acerca da temática. O caso clínico também foi utilizado para que o cenário de simulação clínica fosse desenvolvido. Posteriormente à vivência da simulação, estudantes validaram esse cenário. Para a validação do material educativo (vídeo, simulação e AVA), utilizaram-se questionários adaptados, no formato de escala de Likert, com questões específicas para cada material. Houve avaliação positiva para todos os itens dos três materiais, com concordância igual ou superior a 80%, à exceção do item referente ao feedback imediato do AVA (64%). Assim, considerou-se adequado o processo de desenvolvimento e validação do material educativo. Este estudo proporcionou o conhecimento desse processo que resultou em ferramenta de ensino híbrida sobre o manejo da PCR pediátrica por insuficiência respiratória. A proposta de vídeo educativo, ambiente virtual de aprendizagem e simulação clínica despertou o interesse dos alunos sobre o cuidado de enfermagem à criança em PCR decorrente de IR e é um tipo de abordagem bem aceita por essa população
Título em inglês
Development of an educational material for handling pediatric cardiorespiratory arrest caused by respiratory failure
Palavras-chave em inglês
Cardiorespiratory arrest
Educational technology
Pediatric nursing
Teaching material
Resumo em inglês
Within the context of higher education in Nursing, active and hybrid teaching methodologies have been developed and implemented seeking a quality education and the training of professional nurses for the labor market. Regarding the training of nurses to work on pediatric Cardiorespiratory Arrest (CRA) situations, this study aimed to develop and validate an educational material consisting of an educational video, a virtual learning environment and a clinical simulation scenario about the handling of pediatric PCR caused by respiratory failure. This was a methodological study with a quantitative approach which involved expert judges and nursing students who attended a public university in São Paulo State. For the material preparation, the methodology proposed by Fleming, Reynolds and Wallace (2009) was applied to create the educational video. Also, the methodological standards proposed by Filatro (2008), Jeffries (2012) and Fabbri et al. (2017) were used for the virtual learning environment and for the clinical simulation scenario, respectively. After elaborating a clinical case based on literature review on this theme and as per 2015 and 2017 American Heart Association's guidelines, this one was validated by ten expert judges from four Brazilian regions. They suggested to change the words in the text for better understanding the proposed content, with 80% or higher concordance adequacy of the clinical case for the first evaluation round. After validation, the clinical case was adapted to create the educational video. The actions in the clinical case were shot in a laboratory setting at a public higher education institution, counted on the participation of six actors and a high-fidelity manikin and resulted in an almost 10-minute long video. This video, on its turn, was validated by two judges and a technical expert in communication. At the completion of the educational video, a virtual learning environment (VLE) was created within the Moodle platform where the educational video, the characterization of participants and additional material to build knowledge on this theme were placed. The simulation scenario was developed based on this clinical case. After participating in the simulation, the students validated this scenario. For the educational material (video, simulation and VLE) validation, Likert-scale adapted questionnaires were delivered with specific questions to each material. All the items contained in the three materials was positively evaluated, with 80% or higher concordance, except for the item concerning the immediate feedback of VLE (64%). Therefore, the development and validation process of the educational material was considered appropriate. Through this study, it was possible to know this process that resulted on a hybrid educational material on handling pediatric PCR caused by respiratory failure. The proposal of an educational video, a virtual learning environment and a clinical simulation made students interested in providing Nursing care to children with CRA caused by RF and is an approach accepted by this population
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.