• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Noriza Veiga
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Palha, Pedro Fredemir (Presidente)
Ballestero, Jaqueline Garcia de Almeida
Cunha, Fátima Teresinha Scarparo
Sicsu, Amelia Nunes
Título em português
O tratamento diretamente observado para tuberculose em um município do interior paulista: uma avaliação da transferência de política
Palavras-chave em português
Análise de discurso
Pesquisa qualitativa
Terapia diretamente observada
Transferência de política
Tuberculose
Resumo em português
Apesar de ser uma das doenças infecciosas mais antigas, a tuberculose (TB) permanece como um dos principais agravos à saúde a ser enfrentado em âmbito global. Diante da complexidade do tratamento da TB, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou a implantação da estratégia DOTS (Directly Observed Treatment short-course), após declarar a doença como uma ameaça global. O tratamento diretamente observado (TDO) constitui-se em um elemento-chave desta estratégia e visa fortalecer a adesão do paciente ao tratamento. Este trabalho possui como base conceitual a "Transferência de Política", que revela a importância da análise das políticas públicas nos diferentes contextos. O objetivo deste estudo foi compreender a transferência da política do TDO da TB em um município do interior paulista. Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 11 profissionais de saúde envolvidos com a prática do TDO, com o intuito de compreender como ocorre a operacionalização do TDO no município. A coleta de dados foi realizada entre abril e maio de 2018. As entrevistas gravadas foram transcritas e os dados organizados através do software Atlas.ti versão 7.0, e analisados por meio do referencial teórico da Análise de Discurso, de matriz francesa. A partir da análise do material empírico, emergiram três blocos discursivos: 1. O acontecer do TDO no cotidiano dos serviços de saúde; 2. Potencialidades da política: a percepção dos atores locais sobre o TDO e 3. O TDO e o doente acometido por TB segundo os discursos dos profissionais de saúde. Os resultados revelaram que a transferência do TDO para a esfera municipal apresentou aspectos ainda poucos negociados, no entanto o município dispõe de espaços de flexibilização que possibilitam adaptações locais para o êxito desta política, visando à centralidade do cuidado no doente. Neste contexto, a potencial indicação do TDO para todos os doentes merece ser repensada, compreendendo ser necessário avaliar o contexto de cada doente para as possibilidades de abandono do tratamento. O compartilhamento de responsabilidades das ações de controle da TB entre instâncias governamentais distintas revelam a necessidade de uma comunicação efetiva para o fortalecimento do trabalho em rede. Os profissionais apontaram aspectos positivos da estratégia como o controle da doença, o favorecimento da adesão e a redução dos casos de resistência às drogas. A falta de autonomia do doente para escolher a modalidade terapêutica mais adequada, as implicações que o TDO exerce sobre a vida do doente, e as dificuldades relacionadas aos SS foram apontadas como desafios que necessitam ser transpostos para o fortalecimento das ações de controle da doença no contexto analisado. Conclui-se que a transferência do TDO no município permite negociações visando favorecer as adaptações necessárias ao contexto local. Além disso, faz-se necessário fortalecer o empoderamento e a autonomia do doente a partir de projetos terapêuticos que contemplem a centralidade do cuidado no doente, como alternativa para superar os desafios impostos pela doença
Título em inglês
Directly observed treatment of tuberculosis in a country city of São Paulo state: an policy transfer evaluation
Palavras-chave em inglês
Directly observed therapy
Discourse analysis
Policy transfer
Qualitative research
Tuberculosis
Resumo em inglês
Despite being one of the oldest infectious diseases, tuberculosis (TB) remains one of the major health problems to be globally tackled. Facing the complexity of TB treatment, the World Health Organization (WHO) has recommended the implementation of DOTS (Directly Observed Treatment short-course) strategy, after declaring the disease as a global threat. Directly observed treatment (DOT) is a key element of this strategy and aims to strengthen patient's treatmentadherence. This work has as conceptual basis the "Transfer of Policy", which reveals the importance of the public policies analysis in different contexts. The objective of this study was to understand the DOT transfer of TB policy in a city in São Paulo state. This is a qualitative descriptive research. Semi- structured interviews were conducted with 11 health professionals involved in the practice of TDO, in order to understand how TDO operationalization occurs in this city. The data was collected between April and May 2018. The recorded interviews were transcribed, and the data was organized through the software Atlas.ti 7.0, and analyzed through the theoretical reference of Discourse Analysis, of French matrix. From the analysis of the empirical material, three discursive blocks emerged: 1. The occurrence of TDO in the daily life of health services; 2. Policy Potentialities: the local actors' perception of the TDO and 3. The TDO and the patient affected by TB according to the health professionals'speeches. The results revealed that the TDO transfer to the municipal sphere presented aspects still few negotiated, however the city has flexible spaces that allow local adaptations for the success of this policy, aiming the patient centrality in care. In this context, the potential indication of TDO for all patients deserves to be rethought, understanding that it is necessary to evaluate the context of each patient for the possibilities of treatment abandonment. The sharing of responsibilities for TB control actions among distinct government bodies reveals the need for effective communication to strengthen networking. The professionals pointed out positive aspects of the strategy as the disease control, the adhesion favoring and the reduction of drug resistance cases. The patient's lack of autonomy to choose the most appropriate therapeutic modality, the implications that TDO exerts on the patient's life, and the difficulties related to SS were identified as challenges that need to be transposed to strengthen disease control actions in the analyze context. It is concluded that the TDO transfer in the city allows negotiations favoring the necessary adaptations to the local context. In addition, it is necessary to strengthen the patient's empowerment and autonomy from therapeutic projects that contemplate the patient centrality in care, as an alternative to overcome the challenges imposed by the disease
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
NORIZAVEIGA.pdf (1.50 Mbytes)
Data de Publicação
2019-10-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.