• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.22.2021.tde-24082021-151616
Documento
Autor
Nome completo
Mauricio da Silva de Assis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2021
Orientador
Banca examinadora
Dalri, Maria Celia Barcellos (Presidente)
Braga, Fernanda Titareli Merizio Martins
Cyrillo, Regilene Molina Zacareli
Mendez, Roberto Della Rosa
Título em português
Simulação em enfermagem: produção do conhecimento da pós-graduação no Brasil de 2011 a 2020
Palavras-chave em português
Aprendizagem
Enfermagem
Ensino
Pesquisa
Simulação
Resumo em português
Introdução: A atualidade é permeada por novas tendências pedagógicas relacionadas ao ensino em saúde. Na enfermagem, a simulação vem se destacando como estratégia de ensino, que replica, com precisão, um evento, situação, ambiente ou cenário, sendo capaz de desenvolver competência clínica. Nesse contexto, destaca-se a produção científica da pós-graduação em enfermagem acerca da simulação, baseando-se em evidências. Objetivo: Sintetizar a produção do conhecimento sobre simulação em enfermagem gerado pelos programas de pós-graduação da área de enfermagem do Brasil no período de 2011 a 2020. Métodos: Pesquisa documental, que adotou como fonte os documentos oficiais da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e teve seu percurso metodológico direcionado por uma revisão integrativa da literatura. Selecionaram-se, inicialmente, 68 estudos, dos quais 40 compuseram a amostra. Os dados foram organizados em categorias, utilizando como referencial metodológico a análise temática. Resultados: Do total de 40 estudos que compuseram a amostra, a maioria foi produzida na Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, sendo caracterizada por dissertações de Mestrado e teses de Doutorado, de abordagem quantitativa de pesquisa, com destaque para delineamentos descritivos e exploratórios e Nível de Evidência 6. Os estudos estavam compreendidos entre os anos de 2012 e 2019, com maior concentração em 2017. Identificou-se que a maioria dos manuscritos abordou a eficácia do uso da simulação como estratégia de ensino e aprendizagem para enfermagem; a simulação off-site, seguida da virtual; o nível terciário de saúde, caracterizado pelo ambiente hospitalar; a satisfação, autoconfiança e conhecimento cognitivo como principais variáveis analisadas; os cuidados em neonatologia e pediatria, seguidos das emergências cardiovasculares e respiratórias como temáticas abordadas. A simulação foi considerada estratégia de ensino e aprendizagem mais eficaz do que estratégias como aula expositiva dialogada e treinamento de habilidades em laboratório. A principal fragilidade percebida foi a ansiedade, e as potencialidades foram satisfação, desenvolvimento de conhecimento e pensamento crítico, além de promoção de segurança do paciente e dos participantes, autoconfiança, articulação de teoria e prática. Conclusão: A produção científica da pós-graduação no Brasil, quanto à adoção da simulação para subsidiar o processo de ensino e aprendizagem de estudantes em enfermagem e enfermeiros, é ainda incipiente e instiga a necessidade de aprofundamento, com o desenvolvimento de novos estudos bem delineados, que suportem um melhor Nível de Evidência. Este estudo contribui para a pesquisa em enfermagem por apresentar a síntese da produção sobre simulação na pós-graduação no Brasil, na última década, permitindo a descrição e a análise desse contexto, baseando-se em evidências científicas que sustentam a condução de novas investigações, principalmente voltadas às temáticas, aos objetivos e aos cenários pouco ou não abordados nesse período pelos pesquisadores. Favorece também a assistência e o ensino nesse âmbito, por indicar a simulação como estratégia pedagógica eficaz para o desenvolvimento de habilidades cognitivas, psicomotoras e atitudinais em enfermagem.
Título em inglês
Nursing simulation: production of graduate knowledge in Brazil from 2011 to 2020
Palavras-chave em inglês
Learning
Nursing
Search
Simulation technique
Teaching
Resumo em inglês
Introduction: The current situation is permeated by new pedagogical trends related to health education. In nursing, simulation has been highlighted as a teaching strategy, which accurately replicates an event, situation, environment or scenario, being able to develop clinical competence. In this context, the scientific production of graduate nursing in simulation stands out, based on evidence. Objective: To synthesize the production of knowledge about nursing simulation generated by graduate programs in the nursing field in Brazil in the period from 2011 to 2020. Methods: Documentary research, which adopted as source the official documents of the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel and had its methodological path guided by an integrative literature review. Initially, 68 studies were selected, of which 40 comprised the sample. Data were organized into categories, using thematic analysis as the methodological reference. Results: Of the total of 40 studies that made up the sample, most were produced at the Ribeirão Preto College of Nursing, characterized by Master dissertations and Doctoral theses, with a quantitative research approach, with emphasis on descriptive and exploratory designs and Level of Evidence 6 The studies were carried out between the years 2012 and 2019, with a greater concentration in 2017. Most of the manuscripts addressed the effectiveness of using simulation as a teaching and learning strategy for nursing; the off-site simulation, followed by the virtual one; the tertiary level of health, characterized by the hospital environment; satisfaction, self-confidence and cognitive knowledge as the main variables analyzed; care in neonatology and pediatrics, followed by cardiovascular and respiratory emergencies as the themes addressed. Simulation was considered a more effective teaching and learning strategy than strategies such as dialogued expository classes and skills training in the laboratory. The main perceived weakness was anxiety, and the potential was satisfaction, development of knowledge and critical thinking, in addition to promoting patient and participant safety, self-confidence, articulation of theory and practice. Conclusion: The scientific production of graduate studies in Brazil, regarding the adoption of simulation to support the teaching and learning process of nursing students and nurses, is still incipient and instigates the need for further study, with the development of new well-designed studies, which support a better level of evidence. This study contributes to nursing research by presenting the synthesis of production on simulation in graduate studies in Brazil, in the last decade, allowing the description and analysis of this context, based on scientific evidence that supports the conduct of new investigations, mainly focused on the themes, objectives and scenarios little or not addressed in this period by the researchers. It also favors assistance and teaching in this context, as it indicates simulation as an effective pedagogical strategy for the development of cognitive, psychomotor and attitudinal skills in nursing.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.