• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.22.2020.tde-23032020-171359
Documento
Autor
Nome completo
Gabriela Maria Prebill
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Corrêa, Adriana Katia (Presidente)
Scarpini, Neire Aparecida Machado
Silva, Eliete Maria
Souza, Maria Conceição Bernardo de Mello e
Título em português
O trabalhador estudante em um curso de Bacharelado e Licenciatura em Enfermagem: trajetórias e desafios
Palavras-chave em português
Educação superior
Estudantes
Formação profissional
Trabalhadores
Resumo em português
Nas últimas décadas, tem havido um processo de expansão do ensino superior no Brasil, considerando políticas internacionais e nacionais. A área da enfermagem insere-se também nesse processo, com expansão de vagas, principalmente em cursos noturnos em instituições de ensino superior (IES) privadas. Nesse contexto, faz-se presente a possibilidade de inserção de trabalhadores nas IES. O presente estudo teve como objetivo compreender a trajetória do trabalhador-estudante no curso de Bacharelado e Licenciatura em Enfermagem da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP. Esse curso foi iniciado em 2006, inserindo-se no contexto da política de ampliação de vagas públicas, principalmente para o período noturno, no estado de São Paulo. Trata-se de pesquisa qualitativa, descritivo-exploratória, que utilizou entrevista semiestruturada como técnica de coleta de dados, tendo como participantes trabalhadores estudantes egressos desse curso, desde o ano de 2006 a 2013. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da EERP-USP. Foram realizadas nove entrevistas semiestruturadas, de janeiro a julho de 2019, analisadas por meio da análise temática. Foram configuradas três categorias de análise, sendo elas, "Da educação básica ao ingresso no ensino superior: a trajetória do trabalhador estudante"; "Mercado de trabalho: a importância da possibilidade de inserção e/ou permanência"; e "A trajetória do trabalhador estudante durante a formação na IES". Os trabalhadores estudantes entrevistados eram técnicos de nível médio em enfermagem no momento do ingresso no curso e vislumbraram a possibilidade de conciliar trabalho e estudo, uma vez que a trajetória prévia construída na educação básica pública, com a continuidade dos estudos na modalidade educação profissional técnica de nível médio se apresentou, em momentos anteriores, como fator limitador para a continuação dos estudos em nível superior, o que se relaciona, de certo modo, à dualidade estrutural do sistema escolar brasileiro. A procura pelo curso apresentou-se também como uma possibilidade de inserção rápida ou permanência no mercado de trabalho, associada ao que parece ser uma ascensão que perpassa a hierarquização social e econômica da equipe de enfermagem. Algumas vivências dos trabalhadores estudantes, ao longo do curso, envolveram o não reconhecimento, por alguns sujeitos, do direito da sua inserção, como trabalhador, no curso. Em meio a essas vivências, os participantes valorizaram a trajetória individualizada, com certa naturalização da responsabilização individual pelo "sucesso" ou "fracasso" da formação, estando em consonância com a lógica neoliberal. Acredita-se que os resultados obtidos neste estudo podem subsidiar reflexões sobre a forma como a inserção de trabalhadores, no contexto de expansão de vagas no ensino superior, tem sido compreendida nos espaços de formação docente e de tomada de decisões institucionais.
Título em inglês
The worker student pursuing Licentiate and Bachelor's degree in Nursing: journey and challenges
Palavras-chave em inglês
Higher education
Professional training
Students
Workers
Resumo em inglês
Over the last decades, Brazilian higher education has expanded regarding international and national policies. The Nursing area has also been part of this process, whose slots, especially for night classes at private Higher Education Institutions (IES), have also grown. In this context, the possibility of workers to obtain access to the IES must be considered. The goal of this study was to understand the journey of worker-students pursuing both Licentiate and Bachelor's degrees in Nursing at Ribeirão Preto Nursing School (University of São Paulo). Such course was launched in 2006 in line with the policy to increase the number of public university slots, especially for the night shift in São Paulo state. This was a qualitative descriptive exploratory study that used semi-structured interviews as a technique for data collection. In these interviews, respondents were worker-students who attended the course from 2006 to 2013. This study was approved by the Committee for Ethics in Research at EERP-USP. Nine semi-structured interviews were carried out between the months of January and July in 2019 and analyzed by means of thematic analysis. Three categories of analysis were created: "From basic education to entrance into higher education: the worker student's journey"; "Labor market: the relevance of the possibility of insertion and permanence"; and "The worker students' journey during their studies at the IES". The respondents had a vocational degree in Nursing when they entered the course and detected the possibility to conciliate work with study. The fact that they had previously studied at basic public school and later had vocational education in high school was considered a limiting factor to accessing the university. This might be associated with the structural duality of Brazilian education. The course search was also seen as a possibility of quick insertion or permanence in labor market, associated to what seems to be an expansion that constitutes the social and economic hierarchization of the nursing staff. Throughout their formation, some worker-students were not recognized by some individuals as entitled to attend the course in the condition of workers. Amidst these perceptions, the respondents valued the individualized journey and tended to minimize the individual responsibility for "succeeding" or "failing" to graduate, in conjunction with the neoliberal logic. From the results obtained, it is possible to subsidize reflections about how the insertion of workers - in the context of the expansion of slots in the university - is understood in the spaces for teaching formation and institutional decision making.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.