• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.22.2005.tde-04052005-135414
Document
Author
Full name
Andreza Daher Delfino Sentone
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Ribeirão Preto, 2005
Supervisor
Committee
Evora, Yolanda Dora Martinez (President)
Haddad, Maria do Carmo Fernandez Lourenço
Melo, Marcia Regina Antonietto da Costa
Title in Portuguese
"Análise dos indicadores da qualidade na elaboração da prescrição de enfermagem em uma unidade de internação de um hospital universitário público "
Keywords in Portuguese
Auditoria em enfermagem
Prescrição de enfermagem
Qualidade em enfermagem
Abstract in Portuguese
Esforços para assegurar a melhoria da qualidade da assistência de enfermagem tem sido um desafio para os serviços de enfermagem. O controle de qualidade da assistência de enfermagem vinculado à auditoria dos cuidados de enfermagem representa uma estratégia fundamental na busca de uma enfermagem segura e com qualidade. O objetivo desse estudo é analisar os indicadores de qualidade da elaboração da prescrição de enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná, no período de 2001 a 2003. Trata-se de um estudo descritivo, que utilizou o método quantitativo e o referencial teórico da auditoria retrospectiva. Os dados analisados provem dos 10 relatórios trimestrais da avaliação da qualidade de assistência de enfermagem, que se constitui na auditoria retrospectiva das prescrições de enfermagem efetuada nos prontuários dos pacientes. Conclui-se que embora os enfermeiros tenham conhecimento do manual de preenchimento da prescrição de enfermagem e acreditem na sistematização da assistência, os padrões estabelecidos para uma boa elaboração da prescrição não foram atingidos em nenhum dos relatórios. O indicador que atingiu maior escore, das prescrições avaliadas foi o Não Preenchido, com 47,7%, seguido do Completo com 34,2%, o Incompleto apresentando 14,6% e finalmente o Incorreto com um percentual de 1,7%. A maior concentração de itens Não Preenchidos estão naqueles que avaliam, de certa forma, os conhecimentos científicos bem como a capacidade de raciocínio clínico e crítico. Os itens que avaliam se a prescrição de enfermagem foi elaborada pelo enfermeiro que admitiu o paciente e se os horários foram prescritos de forma adequada apresentaram valores de 4,7% e 7,4% respectivamente, o que preocupa já que o valor aceitável para este indicador é 0%. O controle da qualidade da elaboração da prescrição de enfermagem demonstrou ser um valioso instrumento da prática assistencial possibilitando a visualização das situações favoráveis e desfavoráveis que irão redirecionar planejamento e as ações de enfermagem.
Title in English
D. Analysis of quality indicators over nursing prescription making at a public university hospital admission ward.
Keywords in English
Nursing auditorship
Nursing prescription
Quality in nursing
Abstract in English
Efforts to assure improvements at nursing quality assistance have been a challenge to nursing services. Management of nursing quality assistance added to nursing care auditorship represents a fundamental strategy to conquer safe nursing with quality. The aim of this study is to analyse quality indicators over nursing prescription making from the neonatal intensive care of the Northern Paraná University Hospital, from 2001 to 2003. It is a descriptive study that made use of the quantitative method and theoric referencial of retrospective auditorship. The analysed data come from 10 trimester reports of nursing quality assistance avaliation, which constitutes retrospective auditorship of nursing prescriptions on patients’ records. Finally, although the nurses know how to fill in the nursing prescription and believe in the assistance systematization, the established patterns to provide good quality to the prescription were not reached in any of the reports. The highest indicator was Not Filled with 47.7%, followed by Full adding up 34.2%, Incomplete summed up 14.6% and finally Incorrect accounted for 1.7%. The highest amounts of Not Filled items were about cientific knowledge as well as critical and clinical thinking capacity. The items grading whether the prescription was made by the nurse that admitted the patient and if the time was correctly displayed presented 4.7% and 7.4% respectively, which is a concern considering that the acceptable rate should be 0%. Quality control proved to be a precious instrument of assistance practice providing the visualization of favorable and unfavorable situations that will redirect planning and nursing auditorship.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
ME-Sentone_ADD.pdf (92.58 Kbytes)
ME-Sentone_ADD_02.pdf (1.49 Mbytes)
Publishing Date
2005-05-09
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2022. All rights reserved.