• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2016.tde-30092016-160025
Documento
Autor
Nome completo
Tatiana Maria Coelho Veloso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Souza, Maria Conceição Bernardo de Mello e (Presidente)
Bava, Maria do Carmo Gullaci Guimarães Caccia
Mestriner Junior, Wilson
Pereira, Maria José Bistafa
Troncon, Luiz Ernesto de Almeida
Título em português
A formação de profissionais de saúde: um olhar para o eixo da atenção primária à saúde
Palavras-chave em português
Atenção primária à saúde
Educação em enfermagem
Educação em odontologia
Educação médica
Educação superior em saúde
Resumo em português
A pesquisa teve por objetivo investigar como os discentes do último ano dos Cursos de Bacharelado em Enfermagem, Medicina e Odontologia da Universidade de São Paulo, campus Ribeirão Preto, compreendem sua formação para trabalharem como membros de equipes de Atenção Primária à Saúde (APS) e analisar os Projetos Políticos Pedagógicos (PPP) dos cursos estudados, identificando diretrizes que apontam para formação de profissionais que atendam a demanda do SUS no eixo da APS. Trata-se de pesquisa exploratória descritiva, de natureza qualitativa. Os participantes foram 48 alunos do último ano dos cursos de graduação estudados. A amostra foi intencional por saturação teórica. Os alunos foram entrevistados e seus relatos audiogravados, transcritos e realizada Análise de Conteúdo de Bardin. Também realizou-se a análise documental dos PPPs dos cursos, da qual emergiu uma discussão teórica: "Projetos Políticos Pedagógicos: uma aproximação das escolhas de princípios norteadores", em que se percebeu que os três cursos apresentam concepções e princípios com enfoque no SUS e no fortalecimento da APS. Das falas, emergiram quatro categorias empíricas: "Conhecimentos relevantes para atuar em Atenção Primária à Saúde", em que os alunos reconhecem a articulação de saberes diversificados para atuação em APS, não se restringindo à perspectiva biológica; "Inserção dos alunos nas equipes de Atenção Primária à Saúde", identificou-se que os estudantes têm contato desde as séries iniciais com os serviços de APS, com predomínio de atividades como territorialização e visitas domiciliares; na categoria "Possibilidades e limites vivenciados nos estágios curriculares" os alunos apontaram os aspectos que influenciaram na vivência do estágio curricular supervisionado, que se destaca como experiência de grande valor para a formação, e na categoria "Percepção sobre a formação para atuar em Atenção Primária à Saúde: atingiu as expectativas?" foram discutidos os aspectos que colaboraram para a percepção do aluno em se sentir bem formado para atuar na APS. Mesmo diante de mudanças ocorridas nos currículos dos cursos, para os alunos de medicina e enfermagem, ainda há um predomínio das vivências no contexto hospitalar, o que dificulta a aprendizagem para a APS. Os alunos de odontologia sentem-se satisfeitos com a formação para atuação nesse contexto. A aproximação da percepção dos alunos acerca da própria formação e a análise dos Projetos Políticos Pedagógicos apontaram para a relevância das intervenções legais, com destaque para as Diretrizes Curriculares Nacionais, e do potencial que há em bons encontros, marcados pelo diálogo entre professores, profissionais de saúde e alunos. Acredita- se que o estudo poderá ser um disparador para reflexões acerca da formação em saúde, considerando que o aprimoramento das práticas educacionais na APS poderá colaborar para a mudança desejada para o fortalecimento do SUS e garantia de acesso à saúde da população brasileira
Título em inglês
Health Professionals Education: a look into the Primary Health Care axis
Palavras-chave em inglês
Dental education
Higher education
Medical education
Nursing education
Primary Health Care
Resumo em inglês
The aim of this research was to investigate how senior undergraduate students majoring in Nursing, Medicine and Odontology at University of São Paulo, campus Ribeirão Preto, understand their education to work as members of Primary Health Care (APS) teams. Furthermore, the aim was to analyze the Politic and Pedagogic Programs (PPP) of these courses, in order to identify the guidelines that point to professional education that suit the Universal Health Care System (SUS) principles regarding APS. This is a descriptive and exploratory research with a qualitative approach. 48 senior undergraduate students took part in the study. The sample was intentionally chosen until theoretical saturation was achieved. The students were interviewed and had their speeches recorded, transcribed and analyzed using Bardin´s content analysis. A documental analysis of the courses PPPs was conducted, from which a theoretical discussion emerged: "Politic and Pedagogic Programs: an approach to choose guiding principles", in which it was determined that the three majors present conceptions and principles that focus on SUS and in strengthening the APS. From the speeches, four empirical categories emerged: "Relevant knowledge to perform in Primary Health Care", in which the students recognized how to articulate diversified knowledge to perform in APS not restricted to the biologic perspective; " Introducing students into Primary Health Care teams", which elucidated that students are introduced to the APS services in the early years of the courses, mainly in territory activities and home visits; in the category "Possibilities and limits experienced in curricular internships", the students pinpointed the aspects that influenced the experience of supervised curricular internship which holds great value to their education and at last, the category "Perception on the education to perform in Primary Health Care: did it meet the expectations?" discussed the aspects that corroborated to the student´s perception about being well educated to perform in APS. Even though some changes were made in the Medicine and Nursing programs, hospital experiences are still predominant, which is onerous to learning focused in APS. Odontology students are satisfied with their education to perform in that context. The approach to the students´ perception regarding their education and the PPPs analysis show the relevance of legal interventions, highlighting the National Curricular Guidelines and the potential for good encounters, featured by dialogues among teachers, health professionals and students. We believe this study may be a trigger to reflect about health education, considering that the improvement of educational practices in APS may contribute to the expected change to strengthen the SUS and guarantee access to health to the Brazilian population
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.