• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.22.2020.tde-29012020-170928
Documento
Autor
Nome completo
Stefany Guimarães de Ávila Domingos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ventura, Carla Aparecida Arena (Presidente)
Costa, Simone de Godoy
Frazão, Iracema da Silva
Monteiro, Maria Inês
Título em português
Social Distance Scale: adaptação cultural para brasileiros
Palavras-chave em português
Adaptação cultural
Dependência de cocaína
Distância social
Esquizofrenia
Estigma
Estudo metodológico
Resumo em português
Introdução: pessoas com transtornos mentais e com dependência de cocaína enfrentam o estigma público diariamente, inclusive dos profissionais de saúde, que são responsáveis por fornecer ambiente acolhedor para que haja adesão ao tratamento. Uma das formas de estigma público apresentadas nas unidades de saúde é o desejo de distância social, que tem sido estudado em vários países com a utilização do instrumento Social Distance Scale de Bogardus. Objetivo: adaptar culturalmente para brasileiros a Social Distance Scale de Bogardus nos domínios esquizofrenia e dependência de heroína. Método: estudo metodológico desenvolvido no município de Ribeirão Preto - SP. O processo de adaptação cultural ocorreu em quatro etapas principais: 1) tradução da escala para o português; 2) avaliação do comitê de juízes; 3) retrotradução da escala para o inglês; e 4) pré-teste, fase em que houve aplicação do instrumento na amostra populacional. Os participantes da fase pré-teste foram 40 profissionais auxiliares, técnicos e de nível superior que atuam na Atenção Primária de Saúde. Os dados das respostas dos participantes foram digitados em planilha do Excel e processados no programa SPSS (Statistical Package for Social Science), versão 21.0. Resultados: os membros do comitê de juízes avaliaram os itens da escala resultante das etapas anteriores como equivalentes aos do instrumento original; os participantes da fase pré-teste referiram que a escala adaptada contém perguntas de fácil compreensão; valor ? de Cronbach foi de 0,69 e 0,62 para os domínios esquizofrenia e dependência de cocaína, respectivamente, indicando que houve equivalência semântica, cultural e conceitual no instrumento adaptado. Considerações finais: A escala de distância social adaptada para brasileiros obteve resultados representativos de boa consistência interna, mas ressalta-se que há necessidade de validação desse instrumento através da análise das propriedades psicométricas para que ele possa ser replicado
Título em inglês
Social Distance Scale: cultural adaptation to brazilians
Palavras-chave em inglês
Cultural adaptation
Dependence on cocaine
Methodological study
Schizophrenia
Social distance
Stigma
Resumo em inglês
Introduction: People with mental disorders and cocaine dependence face daily public stigma, including from health professionals, who are responsible for attending to the environment for adherence to treatment. One of the forms of public stereotypes is the health unit and the desire for social distance, which has been studied in several countries with the use of the Bogardus Social Distance Scale. Objective: to culturally adapt to Brazilians the Bogardus Social Distance Scale in the areas of schizophrenia and heroin addiction. Method: a methodological study developed in the city of Ribeirão Preto - SP. The stacking process is necessary: 1) translation from scale to Portuguese; 2) evaluation of the committee of judges; 3) back translation of the scale into English; and 4) pre-test, phase in which the instrument was applied in the population sample. The participants in the pre-test phase were 40 auxiliary, technical and higher level professionals who work in Primary Health Care. The data of the participants' answers were typed in an Excel spreadsheet and processed in the SPSS program (Statistical Package for Social Sciences), version 21.0. Results: judges committee members evaluated the scale items resulting from previous steps as equivalent to those of the original instrument; participants in the pre-test phase referred to an adapted scale containing easy-to-understand questions; Cronbach's value was 0.69 and 0.62 for the schizophrenic and cocaine dependence domains, respectively, a relation that had a semantic, cultural and conceptual equivalence in the adapted instrument. Final considerations: The social distance scale adapted for Brazilians obtained results representative of internal consistency, but it is stressed that there is a need for validation of this instrument through the analysis of the psychometric properties so that it can replicated
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-02-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.