• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Nágella Thaysa Bier de Sousa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Miasso, Adriana Inocenti (Presidente)
Carswell, Wendy Ann
Pedrão, Luiz Jorge
Telles Filho, Paulo Celso Prado
Título em português
Autointoxicações intencionais por medicamentos no estado de Mato Grosso: ocorrência, recorrência e óbitos por suicídio
Palavras-chave em português
Autointoxicação intencional por medicamento
Lesão autoprovocada
Notificação
Óbito por suicídio
Tentativa de suicídio
Resumo em português
Lesões autoprovocadas por autointoxicação intencional por medicamento (AIM) e óbitos por suicídio são passíveis de prevenção e representam grave problema de saúde pública mundial. Este estudo investigou lesões autoprovocadas e suas recorrências por AIM e fatores sociodemográficos, clínicos e farmacológicos associados, bem como óbitos por suicídio por AIM e fatores sociodemográficos, clínicos e farmacológicos associados. Trata-se de estudo quantitativo, transversal, analítico e documental. Foi realizado a partir de dados secundários de bancos de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação e do Sistema de Informação sobre Mortalidade da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso, Brasil. Foram incluídos no estudo todos os casos registrados de lesões autoprovocadas e os óbitos por suicídio de pessoas acima de nove anos de idade, no período de 1º de julho de 2015 a 31 de dezembro de 2017, em todos os municípios do estado de Mato Grosso. Para análise dos dados foram elaborados modelos de regressão logística com efeitos aleatórios, pertencentes à classe dos modelos Generalized Estimating Equations, utilizando-se o software Statistical Analysis System 9.2. O estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Constatou-se que, no período em estudo, foram notificadas 1.507 lesões autoprovocadas, sendo 27,34% delas por AIM, com destaque para utilização de medicamentos que atuam no Sistema Nervoso. O modelo de regressão logística constatou maior chance de lesão autoprovocada por AIM entre pessoas com idade de 10 a 19 anos e de 20 a 59 anos, quando comparadas àquelas com mais de 60 anos, mulheres comparadas aos homens, de raça branca em relação às de outras raças, ocorrência em zona urbana comparada a não urbana e ocorrência em residência comparada a outros locais. Observou-se menor chance de lesão autoprovocada por AIM entre pessoas com suspeita de uso de álcool quando comparadas àquelas sem tal suspeita. Das 381 pessoas com lesões autoprovocadas por AIM na primeira notificação, nove pessoas tiveram mais de uma lesão autoprovocada por esse método, com destaque para utilização de medicamentos que atuam no Sistema Nervoso. No modelo de regressão logística para analisar os fatores associados às recorrências de lesões autoprovocadas por AIM, nenhuma das variáveis contribuiu significativamente. Dos 412 casos de lesões autoprovocadas por AIM, 13 pessoas foram a óbito por suicídio por AIM. Em 11 desses casos não havia informações sobre o medicamento e em dois casos foram utilizados medicamentos que atuam no Sistema Nervoso. No modelo de regressão logística, para analisar os fatores associados aos óbitos por suicídio por AIM, houve menor chance de óbito por suicídio por AIM entre pessoas com idade de 10 a 19 anos e de 20 a 59 anos, quando comparadas àquelas com mais de 60 anos. Os achados deste estudo fornecem importantes subsídios para estratégias direcionadas à prevenção do suicídio e de lesões autoprovocadas por AIM, bem como para a qualificação da assistência de enfermagem
Título em inglês
Intentional self-poisoning by drugs in the state of Mato Grosso: occurrence, recurrence and suicide deaths
Palavras-chave em inglês
Intentional self-poisoning by drug
Notification
Self-injury
Suicide attempt
Suicide death
Resumo em inglês
Self-injuries by intentional drug self-poisoning and suicide deaths are preventable and represent a serious public health problem worldwide. This study investigated selfinjuries and their recurrences by intentional drug self-poisoning and associated sociodemographic, clinical and pharmacological factors, as well as suicide deaths by intentional drug self-poisoning and associated sociodemographic, clinical and pharmacological factors. It is a quantitative, cross-sectional, analytical and documentary study. It was carried out from secondary databases of the Notification of Injury Information System and Mortality Information System of the Health Secretariat of the state of Mato Grosso, Brazil. This study included all registered cases of selfinjuries and suicide deaths of people aged above nine years, from July 1, 2015 to December 31, 2017, in all municipalities of the state of Mato Grosso. For data analysis, logistic regression models with random effects, based on Generalized Estimating Equations models, were developed using the software Statistical Analysis System 9.2. The study was approved by the Research Ethics Committee. It was found that, during the study period, 1,507 self-injuries were reported, of which 27.34% were by intentional drug self-poisoning, with emphasis on the use of drugs that act on the Nervous System. The logistic regression model found a greater chance of self-injuries by intentional drug self-poisoning among people aged from 10 to 19 years and from 20 to 59 years, when compared to those over 60 years, women compared to men, white category compared to all other race categories, occurrence in urban areas compared to non-urban areas and occurrence at home compared to other places. It was observed a lower chance of self-injury by intentional drug self-poisoning among people suspected of using alcohol when compared to those without such suspicion. Of the 381 people with self-injuries by intentional drug self-poisoning in the first notification, nine of them had more than one self-injury by this method, with emphasis on the use of drugs that act on the Nervous System. In the logistic regression model to analyze the factors associated with recurrences of self-injury by intentional drug self-poisoning, none of the variables contributed significantly. Of the 412 cases of self-injury by intentional drug selfpoisoning, 13 people died by suicide by intentional drug self-poisoning. In 11 of these cases, there was no information about the drug and, in two cases were used drugs that act on the Nervous System. In the logistic regression model, to analyze the factors associated with death by suicide by intentional drug self-poisoning, there was a lower chance of death by suicide by intentional drug self-poisoning among people aged from 10 to 19 years and from 20 to 59 years, when compared to those over 60 years old. These findings provide important subsidies for strategies aimed at suicide prevention and self-injuries by intentional drug self-poisoning, as well as for the qualification of nursing care
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.