• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.22.2020.tde-07072020-150816
Documento
Autor
Nome completo
Heloisa França Badagnan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Galera, Sueli Aparecida Frari (Presidente)
Giacon, Bianca Cristina Ciccone
Silveira, Edilene Aparecida Araujo da
Vedana, Kelly Graziani Giacchero
Título em português
Experiência de enfermeiros na implementação da entrevista de 15 minutos em sua prática profissional
Palavras-chave em português
Enfermagem familiar sistêmica
Enfermagem psiquiátrica
Saúde mental
Transferência de conhecimento
Resumo em português
Estudos evidenciam que a inclusão da família na assistência ao indivíduo com transtorno mental pode minimizar os efeitos dos eventos estressores, aumentar a adesão ao tratamento, promover melhora do quadro clínico do adoecido, diminuir as recaídas e o número de internações psiquiátrica. O desafio agora é validar modelos de treinamento que visem garantir a transferência do conhecimento. A partir disso, o objetivo deste estudo foi explorar a Experiência de enfermeiros na implementação da entrevista de 15 minutos em sua prática profissional. Trata-se de um estudo observacional, analítico, com dados coletados a partir do oferecimento de um curso de difusão intitulado "Curso de Difusão em Enfermagem Familiar Sistêmica" que contou com 20 horas de teoria, prática e discussão de casos. A coleta de dados ocorreu durante o curso com 25 enfermeiros, através de gravação de discussões de casos em grupos, e ao término do curso com a aplicação da Family Nursing Practice Scale (FNPS), também responderam a escala 8 enfermeiros que não fizeram o curso. Os dados quantitativos foram analisados através do SPSS® e os dados quantitativos através do software IRAMUTEq. Em relação as pontuações médias das escalas por participantes que concluíram o curso, participantes que realizaram somente o bloco teórico e não participantes, ficaram próximas nos três grupos. A análise dos dados qualitativos gerou seis categorias de sendo a 1 em relação a visão do enfermeiro sobre si e mudanças na visão em relação às famílias, e a 6 ligada a outras quatro classes 2, 3, 4 e 5, todas abordando os desafios e as possibilidades percebidas sobre aprender e praticar um modelo teórico e prático de intervenção na família. O estudo ofereceu contribuições importantes em relação ao modelo de treinamento proposto, carga horária teórica e prática, modelos de discussão de casos e instrumentos utilizados, revelando ainda a necessidade de construir projetos que vislumbrem modelos de supervisão e continuidade do ensino
Título em inglês
Nurses' experience in implementing the 15-minute interview in their professional practice
Palavras-chave em inglês
Family system nursing
Knowledge translate
Mental health
Psychiatric nursing
Resumo em inglês
Studies show that the inclusion of the family in care for individuals with mental disorders can reduce the effects of stressful events, increase treatment adherence, promote improvement of the sick, reduce relapses and the number of psychiatric hospitalizations. The challenge now is to validate training models that ensure knowledge transfer. By the way, the objective of this study was to explore nurses' experience in implementing the 15-minute interview in their professional practice. This is an observational, analytical study, with data collected in a diffusion course entitled "Systemic Family Nursing Diffusion Course" with a workload of 20 hours of theory, practice and case discussion. Data collection took place during the course, with 25 nurses, by recording case discussions in groups, and at the end of the course with the application of the Family Nursing Practice Scale (FNPS) in 33 nurses (25 who took the course and 8 who did not take the course). Quantitative data were analyzed using SPSS® and qualitative data using IRAMUTEq software. Regarding the average scale scores by participants who completed the course, participants who took only the theoretical block and non-participants, were close in the three groups. The analysis of qualitative data generated six categories: 1 in relation to the nurses' view of themselves and changes in the view in relation to families, and 6 linked to four other classes 2, 3, 4 and 5, all addressing the challenges and the perceived possibilities of learning and practicing a theoretical and practical model of family intervention. The study offered important contributions on the proposed training model, theoretical and practical workload, case discussion models and instruments used, revealing the need to build projects that envision models of supervision and continuity of teaching
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-07-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.