• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2017.tde-04052017-194800
Documento
Autor
Nome completo
Carla Araujo Bastos Teixeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Donato, Edilaine Cristina da Silva Gherardi (Presidente)
Vargas, Divane de
Reisdorfer, Emilene
Silva, Raquel Cocenas da
Vedana, Kelly Graziani Giacchero
Título em português
Modelo teórico sobre os significados do estresse precoce e a vida adulta com depressão
Palavras-chave em português
Depressão
Estresse precoce
Saúde mental
Resumo em português
O desenvolvimento humano, presente desde a formação primária do indivíduo é constituído pelo conjunto das experiências vividas durante infância, incluindo as experiências de estresse precoce. Tais vivências repercutem nas ações do sujeito, podendo ser importante no aparecimento da depressão. Objetivos: explorar e analisar o significado do Estresse Precoce para portadores de depressão e construir um modelo teórico sobre o fenômeno estudado; caracterizar a amostra quanto às características sociodemográficas e de saúde; explorar e analisar, à luz do Interacionismo Simbólico, o significado do estresse precoce entre adultos portadores de depressão. Método: Estudo qualitativo que teve como referencial teórico norteador o Interacionismo Simbólico e como referencial metodológico a Teoria Fundamentada nos Dados. Os participantes desse estudo foram portadores de depressão que vivenciaram Estresse Precoce, recrutados no Centro de Atenção Psicossocial - CAPS III do interior paulista. Instrumentos utilizados: Childhood Trauma Questionnaire -CTQ, questionário sociodemográfico e entrevista em profundidade. O número de participantes foi se configurando conforme a análise da teoria emergente (amostragem teórica), totalizando 12 participantes. Resultados: a análise dos dados permitiu identificar o modelo teórico "Caminhando entre a infância traumática e a vida adulta com depressão". Sete categorias estruturaram a experiência relatada pelos participantes do estudo: "Vivenciando o Estresse Precoce"; "Sentindo diferenciação de tratamento dentro no núcleo familiar"; "Percebendo a distribuição de papeis dentro do núcleo familiar"; "Construindo a si próprio"; "Aliando-se à passividade frente a incapacidade de decisões"; "Percebendo comportamentos nos pais e em si próprio" e "Vivenciando a depressão". Conclusões: o estudo permitiu identificar um modelo teórico que simbolizou a forma como as vivências foram compreendidas pelos próprios sujeitos e como o significado de cada experiência foi se entrelaçando na composição do ser, moldando seu conjunto de símbolos, sendo expresso em sentimentos, percepções e comportamentos. O modelo teórico contribuiu para a compreensão dos significados construídos e as condições que afetam o indivíduo desde a infância traumática até a depressão na idade adulta
Título em inglês
Theoretical model of the meanings of early life stress and adulthood with depression
Palavras-chave em inglês
Depression
Early life stress
Mental health
Resumo em inglês
Human development, present since the primary formation of the individual, consists of all the lived experiences during childhood, including the early life stress experiences. Such experiences have repercussions on the subject actions, and may be important in the depression onset. Objectives: To explore and to analyze the meaning of early life stress in adulthood with depression and to construct a theoretical model about the phenomenon; To characterize the sample regarding sociodemographic and health characteristics; to explore and to analyze, in the according to Symbolic Interactionism, the meaning of early life stress among adults with depression. Method: Qualitative study that had as a guiding theoretical referential the Symbolic Interactionism and Grounded Theory as a methodological referential. The study participants were depressive individuals who experienced early life stress, recruited at the Center for Psychosocial Care - CAPS III in inner city of São Paulo, Brazil. Instruments: Childhood Trauma Questionnaire - CTQ, sociodemographic questionnaire and in-depth interview. The participants number was configured according to the analysis of the emerging theory (theoretical sampling), totaling 12 participants. Results: Data analysis allowed the identification of the theoretical model "Walking between traumatic childhood and adulthood with depression". Seven categories structures the experience: "Experiencing early life stress"; "Feeling treatment differentiation within the family nucleus"; "Perceiving the distribution of characters within the family"; "Building Yourself"; "Allying to passivity in the face of inability to make decisions"; "Perceiving behaviors in parents and in yorurself" and "Experiencing depression". Conclusions: the study allowed to identify a theoretical model that symbolized the way as the experiences were understood by the individuals and how the meaning of each experience was interlaced in the composition of being, shaping its set of symbols, being expressed in feelings, perceptions and behaviors. The theoretical model contributed to the understanding of the raised meanings and the conditions that affect the individual from traumatic childhood to depression in adulthood
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-07-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.