• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2010.tde-03082010-160112
Documento
Autor
Nome completo
Julieta Seixas Moizes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Sonia Maria Villela (Presidente)
Bento, Isabel Cristina Belasco
Hoga, Luiza Akiko Komura
Pillon, Sandra Cristina
Santos, Manoel Antonio dos
Título em português
Educação sexual, corpo e sexualidade na visão dos alunos e professores do ensino fundamental
Palavras-chave em português
Corpo
Educação em Saúde
Educação Sexual
Ensino Fundamental
Sexualidade
Resumo em português
A presente pesquisa resgata a visão dos alunos e professores do Ensino Fundamental sobre as temáticas que envolvem educação sexual, corpo e sexualidade na escola, dentro do contexto histórico e demandas atuais. Objetivo: Levantar o significado que alunos e professores dão sobre o tema central articulado com a escola, tendo em vista planejar proposta de programa educativo, sobre esses assuntos, favorecendo o conhecimento do educando e educador para lidarem com estas questões no cotidiano escolar. Visando ainda, a incentivar, sensibilizar e mobilizar o desenvolvimento do senso-crítico sobre os temas em questão. Além disso, procurar contribuir para o debate sobre a formação de educadores que lidam com estes temas no dia-a-dia escolar. Metodologia: Pesquisa qualitativa, utilizando o método da pesquisa-ação, que permite levantar problemas e intervir juntamente com os participantes, de forma participativa e dialogal, através de ações educativas. Como técnicas de coleta de dados, foram utilizadas a Observação Participante: usando o Diário de Campo para o registro dos achados (local e participantes) e a entrevista norteada por um questionário. A amostra constituiu-se de 44 alunos de 7ª. e 8ª. séries e 6 professores (de língua portuguesa, ciências e educação física) do ensino fundamental, de uma Escola Estadual, localizada em Ribeirão Preto S-P. Análise dados: Se deu por categorização e a interpretação dos dados se fundamentou nos referenciais teóricos metodológicos propostos por FREIRE e THIOLLENT adaptados por BUENO. Resultados: Pôde-se verificar que os alunos relataram dúvidas precárias e básicas, revelando que a escola quase não fala sobre o assunto. Os temas menstruação, bolinação e beijo na escola, são os que mais despertam interesse e preocupação. Os professores citam significado de sexo ligado ao prazer e responsabilidade, ressaltando a banalização. Em relação ao corpo, ligam-no à saúde. Já os alunos trazem a preocupação com a atração física. Em relação à diferença de ser homem e mulher, associam-na às desvantagens de ser mulher: menstruação, parto e gravidez. Mostram uma concepção machista ao falar de gênero. Os professores evidenciam que quando são questionados pelos alunos, procuram trabalhar informações. Salientam que os maiores problemas que enfrentam na escola é o despreparo para orientar sobre o assunto, além da falta de materiais didáticos. Revelam dar importância à educação/orientação sexual, sendo fundamental como forma dos alunos obterem informações adequadas. A maioria ressalta a importância dos temas transversais na escola. Mas, revelam que os assuntos transversais não estão funcionando, porque alguns professores responsabilizam somente os professores de ciências para lidar com educação sexual. A maioria dos alunos procuram pais, depois procuram amigos, poucos procuram professores, médicos e outros profissionais para sanar as dúvidas. Os professores, no geral, sugerem a prevenção e necessidade de capacitação para trabalharem melhor esses temas. Sobre o bullying os professores revelam que existe de forma explícita na escola. Os alunos entenem o bullying como violência e briga entre alunos Em relação à autoestima, de acordo com alunos e professores, é essencial para a vida plena e a felicidade. Este estudo indicou uma nova linha de intervenção no sentido de efetivação da educação sexual na escola. Foi desenvolvida uma proposta de intervenção através da programação de ações educativas. Esse já teve seu início na escola, desenvolvendo os achados desta pesquisa e mostrando a problematização emergente em estudo, começando com a organização dos próximos encontros que ocorrerão ao longo prazo, à busca de solução dos problemas em foco.
Título em inglês
Sexual Education, Body and Sexuality in the Vision of Students and Teachers of Elementary Education
Palavras-chave em inglês
Body
Elementary Education
Health Education
Sexual Education
Sexuality
Resumo em inglês
This present research comes back the students and elementary school teachers vision on issues involving sex education, body and sexuality in school, within the historical context and current demands. Objective: Raise the meaning that students and teachers give on the central theme of pleading with the school in order to plan educational program about these matters, foster knowledge of the learner and educator to deal with these issues in the classroom. Aiming also to stimulate, sensitize and mobilize the development of a sensecritical and expanded analysis on the issues in question. Also, try to contribute to the debate about the training of educators who deal with these issues in the classroom day to day routine. Methodology: Qualitative research, using the method of action research, which allows problems and intervene with the participants in a participatory and dialogical, through educational activities. As data collection techniques were used to Participant Observation: Using the Field Journal to record the findings (and local participants) and guided by an interview questionnaire. The sample consisted of 44 students of the 7th. and 8th. levels and 6 teachers (from Portuguese, science and physical education) in elementary school, a State School , located in Ribeirão Preto SP. Data Analysis: It was given by categorization and data interpretation was based on the theoretical methodology proposed by FREIRE and THIOLLENT and adapted by BUENO. Results: It was verified that the students said that they had poorest and basic doubts, revealing that the school does not often talk about the subject. Themes like menstruation, petting and kissing in school, are the ones that arouse interest and concern. The teachers show that the meaning of sex is linked to pleasure and responsibility, resulting vulgarization. In relation to the body, it´s linked to health. Now the students bring concern with the physical attraction. In relation to the difference to be a man and woman, they associate them to the disadvantages to be a woman: menstruation, childbirth and pregnancy. They show a male sexist concept when talking about gender. Teachers show that when the students make questions they try to work information. They say that the biggest problem that they find out in school is not to be prepared to advising on the subject, beyond the lack of teaching materials. They reveal to Giving importance to sexual Education / Orientation, which is important as a way for students to obtain appropriate information. Most of them emphasize the importance of transversals themes in school. But they reveal that the transversal issues are not working because some teachers only blame science teachers to deal with sexual education. Most students find out their parents, others find out for friends, little of them find out teachers, doctors and other professionals to solve the doubts in this sense. Teachers, in general, suggest the need and prevention to capacity to work these issues better. Students note the bullying understanding them as violence and fighting among students. Teachers reveals that the bullying exist in school explicitly. According to students and teachers, self-esteem is essential for the full life and happiness. This study indicated a new intervention line at the sense of effective Sexual Education in school. It was developed a proposal for intervention through educational actions programming. This action has already had start in school, developing the findings of this research and showing the emergent problem in study, starting with the organization of next meetings, which will happen in the long run, to find the solve to the problems in focus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
JulietaSeixasMoizes.pdf (710.13 Kbytes)
Data de Publicação
2010-08-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.