• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2012.tde-28032013-110945
Documento
Autor
Nome completo
Talitha de Souza Lourenço
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Siegle, Eduardo (Presidente)
Giannini, Paulo Cesar Fonseca
Yassuda, Eduardo Ayres
Título em português
Variabilidade interanual do clima de ondas e sua influência no litoral Sudeste e Sul do Brasil
Palavras-chave em português
MIKE 21 SW
Modelagem numérica
Ondas de tempestade
Propagação de onda
Transporte longitudinal
Resumo em português
As ondas geradas por tempestades causam as alterações mais significativas na costa arenosa. Este trabalho avaliou a influência da variabilidade interanual do clima de ondas nos processos costeiros do litoral Sudeste e Sul do Brasil. O clima de ondas foi determinado a partir de resultados entre 1997 e 2010 do modelo numérico NOAA WAVEWATCH III (NWW3) com seis pontos de água profunda. O modelo numérico MIKE 21 SW foi utilizado para verificar o efeito destas ondas na Enseada de Massaguaçu (SP) e no trecho Sul de Imbituba (SC). Foram simuladas as direções de ondas mais frequentes e foi calculado o transporte longitudinal de sedimentos gerado por elas. As ondas do quadrante Sul foram mais energéticas e não foi identificado um padrão na variação interanual do clima de ondas. Em São Paulo, as direções de onda mais frequentes (Sul e Sul-Sudoeste) não geraram quantidade efetiva de transporte de sedimentos, e foram as ondas de Leste-Sudeste a Sudeste-Sul que geraram a maior quantidade de transporte longitudinal de sedimentos. Em Santa Catarina foram as ondas de Leste a Sul que geraram maior transporte longitudinal de sedimentos.
Título em inglês
Interanual wave climate variability and its influence on the south and southeast coast of Brazil, numerical
Palavras-chave em inglês
Longshore transport
MIKE 21 SW
Numerical modeling
Storm waves
Wave propagation
Resumo em inglês
The coastal dynamics is mainly controlled by waves, being the energetic storm waves the most influential. This study aims to assess the wave climate influence on coastal processes in the South and Southeastern coast of Brazil. The wave climate was defined through NOAA WAVEWATCH III (NWW3) numerical model results for six offshore points, from 1997 to 2010. In order to propagate the waves onshore the Spectral Wave FM from MIKE 21 numerical model has been applied on Massaguaçu bay (SP) and Imbituba (SC). Most frequent storm waves have been simulated for each year and sector and sediment longshore transport along each sector was calculated. Waves from the South are the most energetic. There is no clear interanual pattern in the time-series. For SP, the most frequent directions (South and South-Southwest) do not generate considerable longshore sediment transport, with East-Southeast to Southeast-South waves generating most sediment transport, which was northwards for all beaches. In SC the sediment transport was northwards in Vila and Vila Nova beaches and southwards on Itapirubá beach, with waves from Eastern and Southern quadrants generating more longshore sediment transport.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-11
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • LOURENCO, T. S., and SIEGLE, E. Effects of interanual wave climate variation on the southern coast of Brazil. In Ocean Sciences Meeting - AGU, Salt Lake City, 2012. Abstracts., 2012. Abstract. Available from: http://www.sgmeet.com/osm2012/viewabstract2.asp?AbstractID=11199.
  • LOURENCO, T. S., e SIEGLE, E. Ação de ondas de tempestade em duas regiões do litoral brasileiro. In IX Simpósio sobre Ondas, Marés, Engenharia Oceânica e Oceanografia por Satélite - OMARSAT, Arraial do Cabo, 2011. Resumos IX OMARSAT., 2011. Resumo.
  • LOURENCO, T. S., e SIEGLE, E. Espalhamento direcional de ondas no Sul e Sudeste do Brasil. In XIV Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar - COLACMAR, Balneário Camboriú, 2011. Resumos COLACMAR., 2011. Resumo.
  • LOURENCO, T. S., e SIEGLE, E. Variação angular na incidência das ondas no litoral Sul de Santa Catarina, Brasil. In XIV Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar - COLACMAR, Balneário Camboriú, 2011. Resumos COLACMAR., 2011. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.