• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2012.tde-27032013-142027
Documento
Autor
Nome completo
Thaisa Marques Vicente
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Ciotti, Áurea Maria (Presidente)
Bonetti, Carla Van Der Haagen Custodio
Sumida, Paulo Yukio Gomes
Título em português
Relações entre a biomassa dos foraminíferos bentônicos vivos e modelos de fluxo vertical de partículas orgânicas na região da Bacia de Campos - RJ
Palavras-chave em português
Biomassa de foraminíferos bentônicos vivos
fluxo vertical de MOP
sensoriamento remoto
Resumo em português
Este trabalho tem como meta investigar a relação entre o fluxo vertical de matéria orgânica particulada (MOP) e a biomassa de foraminíferos bentônicos vivos na região do talude da Bacia de Campos/RJ (400 a 3000m). O fluxo vertical de MOP para o assoalho oceânico foi inferido através de modelos que utilizam dados de sensoriamento remoto, como estimativas da concentração de clorofila a, valores de temperatura da superfície do mar e produtos derivados destes (i.e. produção primária e determinação de classes de tamanho do fitoplâncton), enquanto que a biomassa de foraminíferos bentônicos foi estimada através da técnica de biovolume. Os resultados indicam que as estimativas de fluxo se correlacionaram com os conteúdos de carbono orgânico total (COT) no sedimento, com a biomassa total de 19 espécies de foraminíferos bentônicos e com a biomassa, sendo que a distribuição de biomassa dessas espécies evidencia além da quantidade de MOP, a qualidade da MOP (labilidade). A distribuição dos valores de fluxo vertical e biomassa total de foraminíferos bentônicos estão atreladas às feições de mesoescala (meandros e vórtices de Cabo Frio e Cabo de São Tomé), que propiciam o aumento de produtividade primária e o crescimento do microplâncton, aumentando o fluxo vertical e consequentemente o suplemento alimentar para os foraminíferos bentônicos, estimulando o aumento de biomassa destes.
Título em inglês
Relations between the biomass of benthic foraminifera living and models of vertical flux of organic particles in the region of the Campos Basin - RJ
Palavras-chave em inglês
Biomass of benthic foraminifera living
POM vertical flux
remote sensing
Resumo em inglês
This study aims to investigate the relationship between the particulate organic matter (POM) vertical flux and living benthic foraminifera biomass in the slope of Campos Basin region (between 400 and 3000). The POM vertical flux to the seafloor was inferred through models using remote sensing data, such as estimates of chlorophyll a concentration, sea surface temperature and derivatives of these (i.e. primary production and determination of classes phytoplankton size), whereas the biomass of benthic foraminifera was estimated using the biovolume technique . The fluxes estimates were correlated with total organic carbon (TOC) contents in the sediments, with benthic foraminifera total biomass and with 19 species biomass. The spatial distribution of these species biomass reveals both POM quantity and quality (i.e. lability). The distribution of the values of POM vertical flux and foraminifera total biomass are linked to mesoscale features (eddies and meanders in Cape Frio and Cape São Tomé), which provide increased primary productivity and microplankton growth increasing the POM vertical flux and consequently the food supplement for benthic foraminifera community, stimulating biomass increase.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.