• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.21.2020.tde-10032020-135908
Documento
Autor
Nome completo
Mayara de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Turra, Alexander (Presidente)
Lima, Regis Pinto de
Telles, Daniel Hauer Queiróz
Título em português
Integração de políticas públicas na zona costeira: incorporando a Gestão Baseada em Ecossistemas (GBE)
Palavras-chave em português
ameaças antrópicas
conexão continente-oceano
DPSIR
sistemas socioecológicos
Resumo em português
As praias representam um dos ecossistemas mais, complexos, dinâmicos e vulneráveis da zona costeira que fornecem serviços ecossistêmicos de grande relevância para o bem estar humano. As atividades antrópicas localizadas tanto no continente como no oceano vêm causando cada vez mais causando impactos nos ecossistemas costeiros, sendo necessário a aplicação de estratégias de manejo holísticas e integradoras que reconheçam as múltiplas escalas e múltiplas interações dos processos socioecológicos. Assim, o presente trabalho buscou evidenciar a necessidade da multisetorialidade e a importância da Gestão Baseada em Ecossistemas na gestão de praias no Brasil. Para tal o estudo foi dividido três etapas: (1) Identificar e caracterizar as políticas públicas e instrumentos existentes no Brasil aplicáveis à gestão de praias (2) realizar uma análise de políticas públicas potencialmente aplicáveis à gestão de praias por meio da metodologia DPSIR; (3) discutir as oportunidade e dificuldades em incorporar a GBE na gestão de praias. O presente estudo demonstrou a necessidade de integrar políticas setoriais na gestão de praias e a necessidade de uma visão mais holística e integrada que levem em conta os processos socioecológicos e suas escalas.
Título em inglês
Integration of public policies in the coastal zone: incorporating Ecosystem Based Management (EBM)
Palavras-chave em inglês
DPSIR
human threats
land-sea connection
social ecological systems
Resumo em inglês
Beaches represent one of the most complex, dynamic and vulnerable ecosystems in the coastal zone that provide ecosystem services of great relevance to human well-being. Anthropogenic activities located on both the continent and the ocean are increasingly causing impacts on coastal ecosystems, requiring the application of holistic and integrative management strategies that recognize the multiple scales and multiple interactions of social ecological processes. Thus, the present work sought to highlight the need for multi sectoriality and the importance of Ecosystem Based Management in beaches management in Brazil. The study was divided into three stages: (1) To identify and characterize existing public policies and instruments applicable to beach management in Brazil; (2) to conduct an analysis of public policies potentially applicable to beach management through the DPSIR methodology; (3) discuss the opportunities and difficulties in incorporating GBE in beach management. The present study demonstrated the need to integrate sectoral policies in the management of beaches and the need for a more holistic and integrated vision that take into account social ecological processes and their scales.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.