• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2016.tde-06092016-105406
Documento
Autor
Nome completo
Marina Rito Brenha Nunes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Wongtschowski, Carmen Lucia Del Bianco Rossi (Presidente)
Gibran, Fernando Zaniolo
Lotufo, Tito Monteiro da Cruz
Título em português
Ictiofauna em poças de maré arenosas e rochosas e seus fatores estruturadores em uma planície de maré subtropical
Palavras-chave em português
Biodiversidade
Peixes
Substrato consolidado
Substrato inconsolidado
Resumo em português
Poças de maré são depressões ou cavidades do substrato do entre-marés, formadas tanto em costões rochosos quanto em planícies de maré durante maré baixa. Estudos comparando a ictiofauna de poças arenosas de planícies de maré e de poças rochosas são inexistentes, sendo o presente estudo o primeiro a ser desenvolvido neste âmbito, a fim de colocar em pauta a relevância de poças arenosas para a ecologia e conservação de áreas costeiras. Nossos objetivos neste estudo foram (I) realizar o levantamento das espécies de peixes presentes em poças de maré arenosas e rochosas em uma enseada subtropical, a Baía do Araçá (São Paulo/Brasil); (II) comparar a composição e abundância da ictiofauna entre poças arenosas e rochosas; e (III) identificar quais e como os fatores ambientais estão relacionados à composição e abundância da ictiofauna dessas poças. A estrutura da ictiofauna (composição e abundância de espécies) e fatores ambientais (área, profundidade, salinidade, temperatura, oxigênio dissolvido, porcentagem de cobertura algal e distância das poças até o canal) foram analisados a partir de quatro campanhas realizadas durante 2014. Nas poças arenosas, a ictiofauna foi amostrada utilizando redes de mão, solução de eugenol e picaré seguindo um protocolo de amostragem especialmente desenvolvido para essa categoria de poça; nas poças rochosas, utilizamos eugenol e redes de mão. Verificamos que as poças arenosas foram maiores, mais rasas e mais distantes do canal, sendo estes os fatores ambientais que mais distinguem os dois tipos de poça. A composição e abundância de espécies diferiram entre os tipos de poça e ao longo do ano, sendo em arenosas Gerreidae e Gobiidae as principais famílias e em rochosas Gobiidae e Blenniidae. Os fatores ambientais que estruturaram a ictiofauna em cada tipo de poça foram: nas arenosas, a área, profundidade, cobertura algal e distância até o canal; e nas rochosas, temperatura, oxigênio dissolvido e distância do canal. Além do enfoque que vem sendo dado à ictiofauna de poças rochosas, enfatizamos a importância de estudar aquela de poças arenosas por sua elevada riqueza e abundância em espécies, incluindo larvas de diversas famílias.
Título em inglês
Ichthyophauna in sandy and rocky tide pools and its structuring factors from a subtropical tidal flat
Palavras-chave em inglês
Biodiversity
Fishes
Hard substrate
Soft substrate
Resumo em inglês
Tide pools are depressions or cavities of the intertidal substrate formed in both rocky shores and tidal flats during low tide. Studies on fish populations conducted at sandy pools in tidal flats and their comparison with rock pools do not exist. This study is the first one dealing with such questions, emphasizing the relevance of sandy pools for the ecology and conservation of coastal areas. The objectives of this study were (I) to carry out a survey of fish species in sandy and rocky tide pools in a subtropical bay, the Aracá Bay (São Paulo/Brazil); (II) to compare the composition and abundance of fish fauna between sandy and rocky pools; and (III) to investigate which and how environmental factors are related to the composition and distribution of fish fauna of these pools. The structure of fish populations (composition and abundance of species) and environmental factors (area, depth, salinity, temperature, dissolved oxygen, algal coverage percentage and distance from the pools to the channel) were carried out in four campaigns during 2014. In sandy pools, the fish fauna was sampled using hand nets, eugenol and beach seine, following a sampling protocol specially developed for that purpose; in rocky pools, we used eugenol and hand nets. The sandy pools were larger, shallower and farther from the channel, than the rocky ones. The composition and abundance of fish species differed between the types of pools and throughout the year: Gerreidae and Gobiidae were the main families in the sandy pools and Gobiidae and Blenniidae in the rocky ones. The environmental factors that structured the fish fauna in each type of pool were: in sandy area, depth, algal coverage and distance to the channel; in rocky pools, temperature, dissolved oxygen and channel distance. In contrast to the focus that has been given for rocky pools, we emphasize the importance of sandy pools studies because its great richness and abundance of species, including larvae of many families.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.