• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.21.2008.tde-24092009-144332
Document
Auteur
Nom complet
Leonardo Santi
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2008
Directeur
Jury
Sumida, Paulo Yukio Gomes (Président)
Vanin, Ana Maria Setubal Pires
Brasil, Ana Claudia dos Santos
Nonato, Edmundo Ferraz
Santos, Cinthya Simone Gomes
Titre en portugais
Estratégia reprodutiva e dinâmica populacional de Poecilochaetus australis Nonato, 1963 (Polychaeta, Spionida) em local sujeito à influência de efluentes urbanos não tratados, Baía de Guanabara, Rio de Janeiro, Brasil: Projeto Austra
Mots-clés en portugais
biologia reprodutiva
dinâmica populacional
enriquecimento orgânico
macroinfauna sublitoral
poluição
polychaeta
Resumé en portugais
A Baía de Guanabara é um dos ecossistemas costeiros mais impactados do mundo. Apesar da fauna sublitoral de substratos inconsolidados ser amplamente utilizada como ferramenta ao monitoramento dos impactos de efluentes urbanos, pouco se sabe sobre a biologia das espécies dominantes. Foram analisadas amostras de variáveis ambientais e biológicas da coluna d'água e do sedimento através de coletas mensais ao longo de um ano em uma estação fixa na Baía de Guanabara (ca. 12 m de profundidade), com objetivo de compreender a estratégia reprodutiva e a dinâmica populacional da espécie Poecilochaetus australis (Annelida: Polychaeta) em local sujeito à influência de efluentes urbanos não-tratados. Os resultados das variáveis ambientais demonstraram pequena flutuação. O sedimento foi composto essencialmente por frações finas de silte e argila com grãos pobremente selecionados, altas concentrações de matéria orgânica total, clorofila-a sedimentar e intensa atividade microbiana na camada superficial. A comunidade foi composta essencialmente por organismos tubícolas e sofreu pouca variação estrutural ao longo do tempo, sendo dominada pelos poliquetas P. australis, Spiochaetopterus nonatoi, Aricidea suecica simplex, Prionospio steenstrupii, pelos anfípodes Tiburonella viscana e uma espécie não identificada da família Corophiidae, uma espécie de isópode da família Anthuridae, o braquiúro Pinnixa sp. e o cladócero Daphnia sp. Não foram verificadas diferenças temporais significativas entre as riquezas e as diversidades específicas. Os valores médios de riqueza e a diversidade específica ficaram entre 15 táxons e 2,77 bits por indivíduo, respectivamente. Houve investimento reprodutivo contínuo das fêmeas de P. australis. A menor fêmea madura (0,8 mm; largura do 7° setígero - D7) foi encontrada em junho de 2005. Grande parte dos indivíduos maduros concentrou-se entre 1,1 e 1,3 mm D7. Os maiores ovócitos foram encontrados no mês de dezembro de 2005 com 163 ?m de diâmetro, e os menores em março de 2006 com 115 ?m. Foram observadas diferenças significativas no grau de desenvolvimento dos ovócitos ao longo do ano com amadurecimento dos ovócitos de um mês para o seguinte. Os ovócitos tenderam a atingir seu ápice de desenvolvimento em dezembro de 2005. Não foi possível determinar sincronismo entre as fêmeas maduras. Não houve variabilidade mensal significativa da abundância de P. australis. O tamanho médio dos 1575 indivíduos amostrados de P. australis ficou em 0,71 mm D7 (dp = 0,36). Foram identificadas oito classes de tamanho. O maior indivíduo foi uma fêmea com 1.5 mm D7 e os menores foram encontrados entre as larvas planctônicas com 0,15 mm D7 e nos recrutas do sedimento com 0,20 mm D7. Em todos os meses, as classes de tamanho inferiores (0,20 - 0,55 mm) estiveram presentes, sendo responsáveis por grande parte da densidade encontrada. O tamanho assintótico de P. australis ficou em 0,97 mm D7, sendo que 79,1% dos indivíduos encontraram-se neste ou abaixo deste tamanho. A constante de crescimento K ficou em 1,7. A taxa de mortalidade ficou em 3,12. Em grande parte do período estudado houve contribuição expressiva de recrutas na abundância de indivíduos, sem que as classes de tamanho maiores fossem excluídas. A população manteve-se estável, já que foi capaz de manter simultaneamente adultos com potencial reprodutivo e alta disponibilidade de larvas e recrutas em ambiente propício ao desenvolvimento, crescimento e reprodução. Não foi encontrado nenhum resultado que apontasse ciclo de vida do tipo oportunista.
Titre en anglais
Reprodutive features and population dynamics of Poecilochaetus australis Nonato, 1963 (Polychaeta, Spionida) in an untreated urban sewage area, Guanabara Bay, Rio de Janeiro, Brazil, Australis project
Mots-clés en anglais
organic enrichment
pollution.
Polychaeta
population dynamics
reproductive biology
sublittoral macroinfauna
Resumé en anglais
Guanabara Bay is one of the most human impacted coastal ecosystems in the world. Despite the wide use of sublittoral soft bottom fauna on urban sewage monitoring programs, little is known about the biology of dominant species. Water column and sediment environmental and biological variables were monthly analyzed in a permanent station in Guanabara Bay (ca. 12 m depth) in order to understand the reproductive ecology and population dynamics of Poecilochaetus australis (Annelida: Polychaeta) in a grossly sewage impacted area. Environmental variables showed only minor fluctuations. Surface sediments were composed of poorly sorted silt and clay fractions, with high concentrations of total organic matter, chlorophyll-a and microbial biomass. The softbottom community structure showed only small, non-significant temporal variations with a large abundance of tube dwellers. Macroinfauna was dominated by the polychaetes P. australis, Spiochaetopterus nonatoi, Aricidea suecica simplex and Prionospio steenstrupii; the amphipods Tiburonella viscana and a non-identified species of the family Corophiidae; a species of the isopod family Anthuridae; the brachiuran Pinnixa sp.; and the cladoceran Daphnia sp. There were no significant temporal differences in species richness and diversity. Mean values for these two parameters were 15 taxa and 2.77 bits ind.-1, respectively. Reproductive output was continuous in P. australis females. The smallest ripe female (0.8 mm; 7th setiger width - D7) was found in June 2005. Most mature individuals measured between 1,1 and 1,3 mm D7. The largest oocytes were found in December 2005 measuring 163 ?m in diameter. The smallest ones were 115 ?m and occurred in March 2006. Significant temporal differences were found in oocyte development with fully matured oocytes occurring every month. However, most oocytes were mature in December 2005. Analysis of ripe females did not show synchronous development. There were no significant differences in numerical abundance of P. australis. Mean D7 size was 0.71 mm (SD=0,36; N=1575). Eight size classes were identified, with the largest individual a female 1.5 mm D7. The smallest individuals were a planktonic larva 0.15 mm D7 and a recently settle recruit 0.20 mm D7. The smallest size classes (0.20 - 0.55 mm D7) were present throughout the sampling period, responding for most of the individuals collected. P. australis asymptotic size was 0.97 mm D7, with over 79% being smaller or at this size. The growth constant K was 1.7 and the mortality rate 3.12. There was a large contribution of newly settled recruits on all studied months. The population was stable, showing the presence of mature adults and a high availability of larvae and recruits. There was no evidence of an opportunist type life cycle for P. australis.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Leonardo.pdf (10.00 Mbytes)
Date de Publication
2010-12-13
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.