• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2006.tde-17102006-132042
Documento
Autor
Nome completo
Melina Franchini Gomes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Vanin, Ana Maria Setubal Pires (Presidente)
Gomes, Abilio Soares
Sumida, Paulo Yukio Gomes
Título em português
"Variações espaciais e sazonais na composição e estrutura da comunidade macrobêntica na Plataforma Continental e Talude Superior de Cabo Frio, Rio de Janeiro, Brasil"
Palavras-chave em português
Água Central do Atlântico Sul (ACAS)
composição e estrutura da macrofauna bêntica
distribuição espacial e tempora
ressurgência costeira
Resumo em português
O presente trabalho tem como objetivo geral o estudo da composição e estrutura da macrofauna bêntica em escala espacial e sazonal, da região de Cabo Frio (RJ). O aspecto temporal nessa área é especialmente importante devido a ocorrência do fenômeno sazonal da ressurgência costeira. Esse ocorre devido alguns fatores físicos característicos da área, tais como mudanças na topografia e na direção da costa, e principalmente, em decorrência das condições meteorológicas atuantes no local. A interação desses fatores favorece, principalmente no verão, o ressurgimento próximo à costa da Água Central do Atlântico Sul (ACAS), uma massa de água fria e rica em nutrientes. Essa massa de água disponibiliza grande quantidade de nutrientes para o fitoplâncton das camadas superficiais, ocasionando uma elevada produção primária nova. Parte dessa produção é exportada para o fundo incrementando a biomassa bêntica. Assim, a comunidade bêntica assume um papel vital no ecossistema, sendo tanto receptora como fornecedora de energia. Os descritores de comunidade (densidade, biomassa, riqueza, diversidade e equitatividade) e a identificação dos grupos tróficos de Polychaeta foram analisados entre 40 e 1000m de profundidade e em três épocas do ano, inverno de 2001 e verão e primavera de 2002. A integração dos dados biológicos com os ambientais mostrou que as variações espaciais na estrutura e composição dos organismos foi relacionada à profundidade e ao tipo de sedimento verificado nas estações. A estrutura da comunidade também apresentou variações temporais, especialmente nas estações situadas na plataforma continental, respondendo à entrada de matéria orgânica decorrente do evento de ressurgência.
Título em inglês
Spatial and seasonal changes in the macrobenthic faunal distribution and species composition in the continental shelf and slope off Cabo Frio, RJ, BR.
Palavras-chave em inglês
coastal upwelling
composition and structure of macrobenthic organisms
South Atlantic Central Water (SACW)
spatial and seasonal distribution
Resumo em inglês
The main objective of the present study was to evaluate the composition and spatial and seasonal structure of the macrobenthic fauna off Cabo Frio (RJ). The temporal scale was investigated in the light of the seasonal coastal upwelling. This phenomenon occurs due to changes in bottom topography and in the coastline direction, and specially, because of the prevailing seasonal NE winds in the area. The interaction of these factors enables the South Atlantic Central Water (SACW) to rise up and reaches the surface, intensively during the summer months. Large amounts of nutrients are then brought to the euphotic zone, enhancing primary productivity. This high productivity increases food supply for benthic communities by sinking of particulate organic carbon. In this way, the benthic communities are an important link in the ecosystem. The density of organisms, biomass, species richness and evenness and also the trophic group of Polychaeta were analyzed in a depth gradient from 40 to 1000m during the 2001 winter and 2002 summer and spring. Faunal distributional patterns and species composition correlated with environmental variables, especially depth and sediment types. The faunal structure also showed temporal changes along the sample period, especially in the stations located in the continental shelf due to the input of organic matter to the sea floor.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Melina.pdf (957.91 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.