• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2010.tde-05082011-112027
Documento
Autor
Nome completo
Leonardo Kenji Miyashita
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Rubens Mendes (Presidente)
Bonecker, Sergio Luiz Costa
Fernandes, Luiz Fernando Loureiro
Título em português
Dinâmica populacional de Appendicularia e Cladorera na plataforma interna de Ubatuba(SP): um estudo sazonal e multianual
Palavras-chave em português
abundância
Appendicularia
Atlântico Sul.
biologia reprodutiva
biomassa
Cladocera
Penilia avirostris
produção secundária
Resumo em português
O principal objetivo deste trabalho foi avaliar a dinâmica populacional dos cladóceros e apendiculários em uma estação fixa ao largo de Ubatuba (SP, Brasil). As amostras de zooplâncton foram coletadas mensalmente, de julho de 2005 a dezembro de 2008, com uma rede de malha de 200 ?m. Os apendiculários e os cladóceros foram identificados, classificados em estágios, contados e medidos. Ambos os grupos taxonômicos tiveram maiores densidades nas camadas superficiais, principalmente quando a coluna de água estava estratificada devido às intrusões de fundo da Água Central do Atlântico Sul (ACAS). A temperatura foi a principal variável influenciando na distribuição de Penilia avirostris e dos apendiculários, enquanto para Pseudevadne tergestina e Evadne spinifera a salinidade foi um melhor indicador da variabilidade temporal. A pressão de predação e o alimento disponível também pareceram controlar a distribuição dos apendiculários e dos cladóceros. Indivíduos gamogênicos ocorreram associados aos máximos de abundância; eles foram raros e pouco abundantes, indicando que na costa de Ubatuba os cladóceros podem se propagar apenas por partenogênese durante todo o ano. Os apendiculários tiveram uma produção anual média de ~70% em relação à dos copépodes, confirmando a importância dos apendiculários no fluxo de carbono em regiões costeiras tropicais e subtropicais.
Título em inglês
Appendicularia and Cladocera population dynamics on the inner shelf off Ubatuba (SP): a seasonal and multiannual study
Palavras-chave em inglês
abundance
Appendicularia
biomass
Cladocera
Penilia avirostris
reproductive biology
secondary production
South Atlantic
Resumo em inglês
This work aimed to evaluate the population dynamics of cladocerans and appendicularians at a fixed station off Ubatuba (state of São Paulo, Brazil). Zooplankton samples were monthly collected, from July 2005 through December 2008, with a 200 ?m mesh net. Appendicularians and cladocerans were identified, classified into stages, counted and measured. Both taxonomic groups had higher densities at upper layers, especially when the water column was stratified due to bottom intrusions of the South Atlantic Central Water (SACW). Temperature was the main parameter influencing on the distribution of Penilia avirostris and appendicularians, whereas salinity was the principal regulating parameter of Pseudevadne tergestina and Evadne spinifera population dynamics. Predation pressure and avaiable food also seemed to control the distribution of appendicularians and cladocerans. Gamogenic individuals occurred associated with abundance maxima; they were rare and had low abundances, which indicates that in Ubatuba cladocerans may propagate only through parthenogenesis during the entire year. Appendicularians had an annual mean production ~70% of that of copepods, which confirms that appendicularians play a key role in the carbon flow in coastal subtropical and tropical regions
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Kenji.pdf (1.01 Mbytes)
Data de Publicação
2011-10-31
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • MIYASHITA, L. K., GAETA, S. A., and LOPES, R. M.. Life cycle and reproductive traits of marine podonids (Cladocera, Onychopoda) in a coastal subtropical area [doi:10.1093/plankt/fbq147]. Journal of Plankton Research [online], 2011, vol. 33, n. 5, p. 779-792.
  • MIYASHITA, Leonardo K., et al. Seasonal contrasts in abundance and reproductive parameters of Penilia avirostris (Cladocera, Ctenopoda) in a coastal subtropical area [doi:10.1007/s00227-010-1515-4]. Marine Biology [online], 2010, vol. 157, n. 11, p. 2511-2519.
  • MIYASHITA, Leonardo K., and LOPES, Rubens M.. Larvacean (Chordata, Tunicata) abundance and inferred secondary production off southeastern Brazil [doi:10.1016/j.ecss.2011.01.007]. Estuarine, Coastal and Shelf Science [online], 2011, vol. 92, n. 3, p. 367-375.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.