• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.2.2019.tde-24072020-144741
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Parisi Abdouch
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Jose Reinaldo de Lima (Presidente)
Acca, Thiago dos Santos
Camilo Junior, Ruy Pereira
Pucci, Rafael Diniz
Título em português
A justiça abandonada?: Posner e as limitações do raciocínio econômico e pragmático no campo do direito
Palavras-chave em português
Economia
Filosofia da linguagem
Justiça
Richard Posner
Teoria do direito
Resumo em português
Este trabalho busca mostrar que não se pode conceber o direito como um "saber sem fronteiras" e se dirige especificamente contra uma concepção que negligencia os limites entre o direito e a economia, presente, sobretudo, nos movimentos da análise econômica do direito e no pragmatismo jurídico. Busca, ainda, mostrar que esses movimentos cometem esse erro por não terem enfrentado importantes questões trazidas ao direito pela filosofia da linguagem. Tendo como referências, de um lado, a filosofia da linguagem de base wittgensteiniana e, de outro, a tradição aristotélico-tomista, este trabalho sustenta que o direito e a economia constituem-se como saberes distintos porque têm uma distinta condição de inteligibilidade: o direito tem-na na justiça, a economia na eficiência. A justiça e a eficiência podem conviver harmonicamente, mas quando houver embate entre elas, caberá ao jurista, dentro do seu campo, assegurar a solução justa, mesmo quando ela não seja a mais eficiente.
Título em inglês
Has justice been abandoned?: Posner and the limitations of economic and pragmatic reasoning in the field of law
Palavras-chave em inglês
Economics
Jurisprudence
Justice
Philosophy of language
Richard Posner
Resumo em inglês
This dissertation aims to show that it is not possible to conceive law as a "knowledge without frontiers", and it specifically addresses a conception that neglects the boundaries between law and economics, present, above all, in the movements called Law and Economics and legal pragmatism. It also aims to show that these movements make this mistake because they have not answered important issues brought to law by the philosophy of language. Having as a Wittgensteinian philosophy of language as a theoretical background on the one hand and, on the other, the Aristotelian-Thomist tradition, this dissertation states that law and economics are distinct areas of knowledge since they have a distinct condition of intelligibility: justice is law's condition and efficiency in economics'. Justice and efficiency can coexist harmoniously. Nevertheless, whenever there is a conflict between them, the lawyer, in order to be within his or her field, must ensure the most just solution, even when it is not the most efficient.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2022-07-24
Data de Publicação
2020-08-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.