• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.2.2017.tde-12022021-120109
Documento
Autor
Nome completo
Filipe Silveira Aguiar
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Marcato, Antonio Carlos (Presidente)
Shimura, Sérgio Seiji
Carmona, Carlos Alberto
Título em português
Estabilização da Tutela Antecipada
Palavras-chave em português
Antecipação da tutela
Coisa julgada
Estabilização da tutela
Tutela de urgência
Resumo em português
A presente dissertação tem por objetivo o estudo do procedimento da tutela antecipada requerida em caráter antecedente, em especial a natureza da estabilização da decisão, com as suas semelhanças e diferenças com a coisa julgada. O método utilizado fora crítico-descritivo, no que concerne ao estudo da cognição, buscando apresentar o estudo à luz do que é ensinado na doutrina, e o crítico-prescritivo para a análise das demais questões. Constatou-se no presente trabalho a inadequação do disposto pelo legislador, o que impedirá que o rito introduzido pelo Código de Processo Civil obtenha a plena eficácia pretendida, podendo, inclusive, causar o efeito reverso de incrementar o trabalho dos tribunais. Fora verificada a quebra da instrumentalidade necessária entre a tutela de urgência e a definitiva. Criticou-se a manutenção do requisito da urgência para a concessão da tutela que é possível de ser estabilizada, afastando-se o legislador da boa experiência francesa. Averiguou-se a inexistência de qualquer inconstitucionalidade em relação a concessão de alguma forma de imutabilidade para o comando de decisão proferida através de cognição sumária, tratando-se de política legislativa a formação ou não de coisa julgada ou outro tipo de estabilidade. Concluiu-se, também, que a estabilização não se confunde com a coisa julgada, possuindo, apenas, a feição negativa, mas não o efeito positivo.
Título em inglês
Stabilization of the temporary injunction
Palavras-chave em inglês
Res judicata
Stabilization of the injunction
Temporary injunction
Urgent injunction
Resumo em inglês
The purpose of this dissertation is to study the procedure "tutela antecipada requerida em caráter antecedente", especially the nature of the stabilization of the decision, with its similarities and differences with the res judicata. The method used was critical-descriptive, with regard to the study of cognition, seeking to present the study in light of what is taught in the doctrine, and the critic-prescriptive for the analysis of the other questions. The inadequacy of the provisions of the legislation was observed in this study, which will prevent the rite introduced by the Code of Civil Procedure from obtaining the full effectiveness sought, and may even have the reverse effect of increasing the work of the courts. The necessary instrumentality was broken between urgent and definitive judicial protection. It was criticized the maintenance of the requirement of urgency for the granting of the temporary injunction that can be stabilized, moving away from the good french experience. It was found that there was no unconstitutionality in relation to the granting of some form of immutability to the command of decision rendered through summary cognition, it is the case of legislative policy the formation of res judicata or other types of stability. It was also concluded that the stabilization is not confused with the res judicata, having only the negative effect, but not the positive effect.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2023-02-12
Data de Publicação
2021-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.