• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.2.2017.tde-19022021-172210
Documento
Autor
Nome completo
Caio Patricio de Almeida
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Dieter, Mauricio Stegemann (Presidente)
Zílio, Jacson Luiz
Santos, Juarez Cirino dos
Shecaira, Sergio Salomão
Título em português
A crítica da Crítica acrítica: limites e contribuições da Criminologia do Conflito
Palavras-chave em português
Criminologia Crítica
Criminologia do Conflito
Sociologia do Conflito
Teorias conflituais da criminalidade
Resumo em português
Em 1959, o sociólogo Ralf DAHRENDORF funda a Sociologia do Conflito, em oposição às análises consensuais que, conforme criticava, teorizavam sobre sociedades harmônicas utópicas e inexistentes. Ao ter contato com a obra de DAHRENDORF, o criminólogo George Bryan VOLD percebeu a pertinência das críticas para o campo das Ciências Criminais, incorporando em seu trabalho a mesma mudança epistemológica ocorrida no campo das Ciências Sociais. Suas contribuições, somadas à obra de Austin TURK, Richard QUINNEY E Donald BLACK deram origem à Criminologia do Conflito, Escola específica de pensamento criminológico, cujas principais características são o resgate da centralidade dos conflitos no convívio social e o enfoque na natureza política do desvio e da criminalização. O presente trabalho pretende analisar as contribuições e limites da Criminologia do Conflito. Para tanto, inicia-se pela análise de seu marco epistemológico inicial, o trabalho de DAHRENDORF, para então compreender como as contribuições deste autor foram incorporadas no campo das Ciências Criminais. O trabalho pretende-se crítico, e não apologético de seu objeto, adotando uma visão materialista dialética própria da Criminologia Crítica - corrente macrocriminológica que incorpora as premissas conflituais, mas supera a capacidade e pretensão analítica das teorias conflituais da criminalidade, ao enveredar em busca das raízes do fenômeno criminal.
Título em inglês
The critique of acritical Criticism: limits and contributions of Conflict Criminology
Palavras-chave em inglês
Conflict Criminology
Conflict Sociology
Conflictual theories of crime
Critical Criminology
Resumo em inglês
In 1959 Ralf DAHRENDORF founded Conflict Sociology as an opposition to the consensual approach that theorized about harmonic societies both utopic and inexistent, according to his critiques. The criminologist George Bryan VOLD, influenced by DAHRENDROF'S work, realized that the conflictual criticisms were just as relevant to Criminal Sciences as it was to the Social Sciences. Therefore, VOLD embedded the same new epistemological perspective in his work. His contributions, allied with those of Austin TURK, Richard QUINNEY and Donald BLACK were responsible for creating a new criminological line of though, Conflict Criminology, a School of its own marked by the conflict-centered interpretation of social life as well as an emphasis on the political nature of criminal behavior and criminalization mechanisms. The present study intends to promote a critical analysis of Conflict Criminology's limits and contributions. To do so it is necessary to begin with an analysis of DAHREDORF'S work in order to comprehend how it has affected the criminological studies inspired by it, only then becoming possible to understand the conflictual theories of crime. The present study will adopt a dialectical materialistic approach, inspired by Critical Criminology, a macro-criminological theory that shares the same conflictual premises but surpasses the conflictual theories of crime explanatory capacities as it seeks to understand the foundations of criminal phenomena.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2023-02-19
Data de Publicação
2021-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.