• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.2.2020.tde-06052021-214556
Documento
Autor
Nome completo
Tassia Beatriz Tavares da Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Shecaira, Sérgio Salomão (Presidente)
Salvador Netto, Alamiro Velludo
Almeida, Jéssica Pascoal Santos
Braga, Ana Gabriela Mendes
Título em português
Por um sistema penal dialógico: as contribuições de David Bohm para uma nova forma de pensar as situações problemáticas e a punição
Palavras-chave em português
Criminologia
Direito penal
Resumo em português
A presente pesquisa analisará a obra do físico teórico David Bohm com a finalidade de encontrar as relações e possíveis contribuições para a Criminologia Clínica de Terceira Geração. Para isso, num primeiro momento buscar-se-á compreender as bases da teoria da ordem implicada, do referido autor. Posteriormente, investigar-se-á de que maneira tal teoria é aplicada aos fenômenos sociais, culminando no estudo do diálogo em David Bohm. Após, analisar-se-á se a criminologia pode ser entendida como uma questão social paradoxal, no sentido bohminiano. Os estudos da Criminologia Clínica de Terceira Geração serão, neste ponto, aprofundados, demonstrando-se a compatibilidade entre as teorias de David Bohm e de Alvino Augusto de Sá. A pesquisa passará à investigação do diálogo desenvolvido por Alvino Augusto de Sá, como principal método para seu modelo de reintegração social. Por fim, o Grupo de Diálogo Universidade-Cárcere-Comunidade será analisado a partir da teoria de David Bohm, buscando-se paralelos entre os conhecimentos, bem como possíveis contribuições do físico teórico à criminologia.
Título em inglês
For a dialogical criminal system: David Bohm's contributions to a new way of thinking problematic situations and punishment
Palavras-chave em inglês
Clinical criminology of third generation
Criminology
David Bohm
Dialogue
GDUCC
Resumo em inglês
This paper aims to analyze theoretical physicist David Bohm's theory, seeking its relation and possible contributions to Clinical Criminology of Third Generation. In order to accomplish it, Bohm's theory on the implicated order will be investigated, as well as its relations to social phenomena and to the study of dialogue. Subsequently, it will be analyzed whether criminology might be understood as a paradoxical social question. Clinical Criminology of Third Generation's studies will be deepened to the point of establishing links between such theory and David Bohm's thoughts. Dialogue appears, in this context, as a thread, since it is both the essence of Bohm's system of thought, and Alvino Augusto de Sá's foundation for his model of social reintegration. Finally, GDUCC (Group of Dialogue University-Prison-Community) will be analyzed in light of Bohm's theory, seeking parallels between Bohm's and Sá's dialogical groups, as well as possible Bohm's contributions to criminology.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2023-05-06
Data de Publicação
2021-05-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.