• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.2.2020.tde-04052021-152844
Documento
Autor
Nombre completo
Guilherme Lopes Barbosa
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Shecaira, Sergio Salomão (Presidente)
Lima, Suzann Flavia Cordeiro de
Mascaro, Alysson Leandro Barbate
Toron, Alberto Zacharias
Título en portugués
Vidas encerradas: uma análise da arquitetura penitenciária brasileira à luz da criminologia crítica
Palabras clave en portugués
Arquitetura
Criminologia
Punição
Sistema penitenciário
Resumen en portugués
O estudo da punição e de suas formas nos remete às mais antigas civilizações humanas, nas quais o aprisionamento, via de regra, sempre marcou presença, malgrado orientado para diferentes fins específicos, historicamente. O surgimento da chamada "prisão moderna", a preponderância de seu uso sistemático como forma de punir e o desenvolvimento de suas arquiteturas, contudo, estão intimamente atrelados ao estabelecimento do modo de produção capitalista e as demandas oriundas de seus específicos estágios. No Brasil, muito embora não se possa desconsiderar a peculiaridade das condições, como o vasto período colonial escravista e a tardia industrialização, é possível estabelecer um claro paralelo entre o início da aplicação soberana e sistemática da punição prisional e a formação do modo de produção capitalista, ainda que com uma breve intersecção com o modo de produção escravista. Ainda, a análise da evolução histórica das edificações prisionais brasileiras é capaz de revelar a existência de uma relação determinada, embora não determinante, entre as demandas geradas pelo capitalismo em um dado estágio particular e as respostas arquitetônicas impressas nestas edificações. O presente trabalho intenta, portanto, desconstruir a arquitetura penitenciária brasileira para desnudar, por meio de uma análise criminológico-crítica, os reais interesses atendidos pela aplicação sistemática da pena de prisão no Brasil, bem como sua estreita relação com os estágios do modo de produção capitalista vigente, para além de quaisquer discursos oficiais.
Título en inglés
Enclosed lives: an analysis of the brazilian penitentiary architecture under the light of the critical criminology
Palabras clave en inglés
Capitalist mode of production
Conception of prison space
Critical Criminology
Penitentiary architecture
Resumen en inglés
The study of punishment and its forms takes us back to the earliest human civilizations, in which imprisonment, as a rule, has always been present, despite its historically oriented different purposes. The rise of the so-called "modern prison", the preponderance of its systematic use as a form of punishment and the development of its architectures, however, are closely linked to the establishment of the capitalist mode of production and the demands arising from its specific stages. Although the peculiarity of conditions, such as the vast colonial slave period and late industrialization, cannot be disregarded in Brazil, a clear parallel can be drawn between the beginning of the sovereign and systematic application of prison punishment and the formation of the capitalist mode of production, albeit with a brief intersection with the slave mode of production.Still, the analysis of the historical evolution of brazilian prison buildings is capable of revealing the existence of a determined, although not determining, relationship between the demands generated by capitalism at a particular stage and the architectural responses printed on these buildings.The present work intends, therefore, to deconstruct the brazilian penitentiary architecture in order to uncover, through a criminological-critical analysis, the real interests served by the systematic application of the prison sentence in Brazil, as well as its close relationship with the stages of the current capitalist mode of production, beyond any official speeches.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Ha ficheros retenidos debido al pedido (publicación de datos, patentes o derechos autorales).
Fecha de Liberación
2023-05-04
Fecha de Publicación
2021-05-24
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.