• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.2.2019.tde-17072020-002130
Documento
Autor
Nombre completo
Gustavo Jorge Silva
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Massonetto, Luís Fernando (Presidente)
Chiara, Jose Tadeu de
Rossi, Pedro Linhares
Rugitsky, Fernando Monteiro
Título en portugués
A fragmentação institucional das políticas monetária e cambial brasileiras na Grande Recessão
Palabras clave en portugués
Banco Central do Brasil
Conselho Monetário Nacional
Moeda
Política cambial
Política monetária
Resumen en portugués
A presente Dissertação tem por objetivo expor, do ponto de vista jurídico, a particularidade das medidas tomadas em relação à gestão das políticas monetária e cambial no Brasil entre setembro de 2008, data que marca o início da fase mais aguda da Grande Recessão, e agosto de 2011, ocasião em que o conjunto de medidas que veio a formar o que ficou conhecido como Nova Matriz Econômica passou a se estruturar. Ao longo desse período de pouco menos de três anos, é notável uma substancial fragmentação da gestão dessas políticas, até então formalmente concentrada no Conselho Monetário Nacional e no Banco Central do Brasil. Embora o mandato legal dessas duas instituições sobre as políticas monetária e cambial não tenha cessado em momento algum, chama a atenção que a atuação delas nesses campos tenha sido ladeada pela de outros agentes como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social; o Banco do Brasil S.A.; a Caixa Econômica Federal; a Secretaria do Tesouro Nacional; o Ministério da Fazenda (sucedido pelo atual Ministério da Economia); e mesmo a Presidência da República e agentes privados como o Fundo Garantidor de Créditos. A Dissertação indica que essa fragmentação se deu por conta da insuficiência dos instrumentos típicos de política monetária e cambial aplicados pelo Conselho Monetário Nacional e pelo Banco Central do Brasil desde 1999, quando da adoção do chamado "tripé" macroeconômico. Argumenta-se que o quadro normativo e institucional vigente no Brasil até a Grande Recessão - que, em grande medida, segue em vigência - continha limitações estruturais, que se tornaram evidentes diante dos efeitos da Grande Recessão. Entende-se que essas limitações possuem causas históricas e dadas por uma dinâmica que contrapõe interesses domésticos e externos no processo de criação das normas e instituições de política monetária e de política cambial. Faz-se uso de uma metodologia tomada das Relações Internacionais para estruturar esse entendimento. A conclusão aponta para a necessidade de que seja aberto o debate sobre as normas e instituições relacionadas à política monetária e à política cambial no Brasil.
Título en inglés
Dissonant chords: The institutional fragmentation of brazilian Monetary and Foreign exchange policy in the Great Recession
Palabras clave en inglés
Central Bank of Brazil
Foreign exchange policy
Monetary Policy
Money
National Monetary Council
Resumen en inglés
The purpose of this Dissertation is to show, from the legal standpoint, the particularity of the measures adopted regarding the management of monetary and exchange rate policies in Brazil between September 2008, following the beginning of the most acute phase of the Great Recession, and August 2011, when the set of measures that came to form what became known as New Economic Matrix began to be structured. Throughout this period of just under three years, a substantial fragmentation of the management of these policies, thitherto formally concentrated in the National Monetary Council and the Central Bank of Brazil, is remarkable. Although the legal mandate of these two institutions over monetary and exchange rate policies has not ceased at any time, it is striking that their performance in these fields has been flanked by other agents such as the Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social; the Banco do Brasil S.A.; the Caixa Econômica Federal; the National Treasury Secretariat; the Ministry of Finance (succeeded by the current Ministry of Economy); and even the Presidency of the Republic and private agents such as the Fundo Garantidor de Créditos. The Dissertation denotes that this fragmentation occurred due to the insufficiency of the typical monetary and exchange rate policy instruments applied by the National Monetary Council and the Central Bank of Brazil since 1999, when the so-called macroeconomic "tripod" was adopted. It is argued that the normative and institutional framework prevailing in Brazil until the Great Recession - which is still largely in force - contained structural limitations, which became evident in the face of the effects of the Great Recession. It is understood that these limitations have historical causes and are given by a dynamic that opposes domestic and foreign interests in the process of creating norms and institutions of monetary and foreign exchange policy. A methodology taken from International Relations is used to structure this understanding. The conclusion indicates the need to open the debate on norms and institutions related to monetary and foreign exchange policy in Brazil.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Ha ficheros retenidos debido al pedido (publicación de datos, patentes o derechos autorales).
Fecha de Liberación
2022-07-17
Fecha de Publicación
2020-07-24
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.