• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.18.2009.tde-13012011-152146
Documento
Autor
Nombre completo
Edson Elpidio Neto
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Carlos, 2009
Director
Tribunal
Pagliuso, Josmar Davilson (Presidente)
Abrantes, Rui de
Crnkovic, Paula Cristina Garcia Manoel
Título en portugués
Caracterização preliminar das emissões de aldeídos e ácidos carboxílicos em veículos do ciclo Otto e do ciclo Diesel com uso de combustíveis fósseis e renováveis
Palabras clave en portugués
Ácidos carboxílicos
Aldeídos
Emissão veicular
Resumen en portugués
O crescimento excessivo da frota veicular mundial tem feito com que milhares de toneladas de poluentes sejam lançadas na atmosfera diariamente em todo o globo, no Brasil a frota de veículos atingiu aproximadamente 54 milhões de unidades, e tem aumentado significativamente em vários estados, segundo o DETRAN (Departamento Estadual de Transito de São Paulo) o estado conta hoje com aproximadamente 19,5 milhões de veículos, 6,5 milhões só na capital, onde são emplacados aproximadamente mil veículos por dia, este crescimento tem causado episódios críticos de poluição do ar nos centros urbanos. Dentre os poluentes lançados na atmosfera de origem veicular, encontram-se os aldeídos e os ácidos carboxílicos, (objetos de estudo deste trabalho), essas substâncias são de suma importância para saúde humana, e participam nas reações fotoquímicas de formação de ozônio na baixa troposfera. Desde a implantação do PROCONVE (Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores) em 1988, medidas como a redução dos limites de emissão, novas tecnologias na fabricação de veículos automotores, redução da porcentagem de enxofre no diesel, combustíveis renováveis, entre outras, e programas como a Inspeção veicular na cidade de São Paulo criada a partir de 2009, tem sido tomadas visando à constante melhoria na qualidade do ar. Dentre os combustíveis renováveis atualmente utilizados, o biodiesel tem se destacado, tendo em vista o grande consumo de diesel utilizado como fonte de energia no Brasil. Atualmente foram incorporados 2% de biodiesel ao diesel comercial, e antecipando a meta para 2013, possivelmente já no ano de 2010 a porcentagem será de 5%. O objetivo deste trabalho é a caracterização preliminar de aldeídos e ácidos carboxílicos na emissão de veículos do ciclo Otto e do ciclo diesel, utilizando combustíveis fósseis e renováveis. Para a realização deste trabalho foram utilizados três veículos, sendo dois do ciclo Otto e um do ciclo diesel. Os testes foram realizados em dinamômetro de chassis conforme norma ABNT NBR 6601 e ABNT NBR 12026, o método para amostragem dos ácidos carboxílicos foi validado e estabelecido conforme item 6.2 deste trabalho. Nos veículos do ciclo Otto, foram utilizados como combustíveis, a gasolina pura, gasolina com 22% de AEAC (Álcool etílico anidro combustível) e AEHC (álcool etílico hidratado combustível). No veículo do ciclo diesel foram utilizados como combustíveis o diesel comercial com 2% de biodiesel e biodiesel puro de soja. Os resultados obtidos indicaram uma emissão de ácidos carboxílicos 2,5 vezes maior para os testes realizados com os veículos do ciclo Otto, e 5,5 vezes superior para os aldeídos nos resultados dos testes realizados com o veículo do ciclo diesel. A média de todos os resultados obtidos na realização deste trabalho com os veículos do ciclo Otto e do ciclo diesel, utilizando combustíveis fósseis e renováveis, indicaram emissão 3,2 vezes superior dos poluentes pesquisados na utilização de combustíveis renováveis. Estudos com maior número de amostras, e diversificações nas categorias dos veículos devem ser realizados a fim de se detalhar o perfil destes poluentes na emissão veicular com o uso de combustíveis fósseis e renováveis.
Título en inglés
Preliminary characterization of emissions of aldehydes and carboxylic acids in vehicles Otto and Diesel cycle with the use of fossil fuels and renewable
Palabras clave en inglés
Aldehydes
Carboxylic acids
Vehicular emission
Resumen en inglés
The global automotive fleet is emitting thousands of tons of air pollutants daily all over the planet; in Brazil, the domestic fleet reached 54 million vehicles. According to DETRAN (São Paulo state traffic department), the state of São Paulo has 19,5 million vehicles and 6,5 million in São Paulo city, where a thousand new vehicles daily are registered. This fleet growing up is causing critical air pollution situations in metropolitan areas. Among the major automotive air pollutants are aldehydes and carboxylic acids, both are the subject of this study. These substances play an important role for human health and they take place at photochemical reactions generating ozone in low troposphere. Since the beginning of PROCONVE (National Automotive Pollution Control Regulation) in 1988, measures has been taken like emission regulation, development of new automotive technologies, reduction of sulfur content in diesel fuel, renewable fuels and inspection of in use vehicles. Among the fuels from renewable sources currently in use, the biodiesel plays an important role, because diesel is the most used energy source. Currently, with the enforcement of the law number 11097, from January 13rd of 2005, 2% of biodiesel must be added in the commercial diesel and until 2013 this addition will rise to 5%. The subject of this study is the determination of emission profile of aldehydes and carboxylic acids in vehicles powered by Otto and diesel engines using fossil and renewable fuels. In this study were used three vehicles, two of them powered by Otto engines and one sample with diesel engine. The tests were performed in vehicle chassis dynamometer in accordance of the standards ABNT NBR 6601 and ABNT NBR 12026. The method for sampling and evaluation of carboxylic acids was validated and established in article 6.2 of this study. Otto vehicles were tested with 100% gasoline, gasoline plus 22% of anhydrous ethanol and 100% Ethanol. Diesel vehicle were tested with commercial diesel plus 2% biodiesel and 100% soy biodiesel. The results indicates an average 3,2 times higher emission of aldehydes and carboxylic acids when the samples were tested with renewable fuels. Tests with a higher number of samples and variation in vehicle types should be performed in order to provide a more precise profile of these pollutants emission using fossil and renewable fuels.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
EdsonElpidioNeto.pdf (3.17 Mbytes)
Fecha de Publicación
2014-01-30
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.