• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2013.tde-27082013-093437
Documento
Autor
Nome completo
Ana Cecilia Lima Maia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2013
Orientador
Banca examinadora
Silva, Antônio Nélson Rodrigues da (Presidente)
Manzato, Gustavo Garcia
Senna, Luiz Afonso dos Santos
Título em português
Avaliação da qualidade do transporte público sob a ótica da mobilidade urbana sustentável  -  o caso de Fortaleza
Palavras-chave em português
Fortaleza
Índice de mobilidade urbana sustentável
Mobilidade urbana
Transporte público
Resumo em português
Este trabalho apresentou um método de avaliação para sistemas de transporte público de uma cidade e da região metropolitana à qual ele pertence. No caso específico deste estudo, a cidade selecionada foi Fortaleza. A avaliação foi realizada do ponto de vista retrospectivo (1992, 2000 e 2010) e prospectivo (2014), com o propósito de destacar a importância da abordagem para o planejamento da mobilidade sustentável. A pesquisa foi motivada pelos crescentes problemas de mobilidade enfrentados pela população nos últimos anos. Projetos de ampliação da infraestrutura viária, bem como de criação de novos sistemas de transportes públicos são propostos com frequência, mas estes raramente são totalmente implantados ou executados. A estratégia de avaliação se baseia no Índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS), criado por Costa (2008). A estrutura do índice envolve 87 indicadores, que visam refletir diferentes impactos e perspectivas da mobilidade. Como o foco do estudo foi o transporte público, foram calculados apenas os 22 indicadores diretamente ligados ao tema. Os pesos da estrutura hierárquica foram redistribuídos para o índice resultante, que passou a ser chamado de IMUS-TP. O valor do índice foi calculado para cada um dos quatro anos do período de análise, de forma a avaliar os respectivos níveis de mobilidade urbana sustentável. Em geral, os resultados mostraram melhorias nos valores dos indicadores ao longo do tempo. Alguns indicadores, no entanto, apresentaram problemas. Isto produziu efeitos negativos sobre os valores do índice encontrados para Fortaleza (IMUS-TP, igual a 0,463) e para a região metropolitana (IMUS-TP-RMF, igual a 0,407) em 2010. Mesmo considerando todos os projetos previstos para 2014, os valores de IMUS-TP e IMUS-TP-RMF deverão chegar a apenas 0,612 e 0,500, respectivamente. Estes valores não são altos, mas eles certamente mostram melhorias no sistema de transporte público. Algumas das melhorias esperadas são: priorização do transporte público, investimentos na integração dos sistemas de transporte, subsídios públicos para o sistema de transporte metropolitano, mais interação entre os sistemas de transporte urbano e metropolitano, e procedimentos eficazes para a atualização dos bancos de dados. Os valores do índice mostram que estas medidas, embora importantes porque melhorarão as condições de mobilidade na cidade de Fortaleza e na região metropolitana, não resolverão definitivamente o problema.
Título em inglês
Assessing the quality of public transport from the perspective of sustainable mobility: the case of Fortaleza
Palavras-chave em inglês
Fortaleza
Index of sustainable urban mobility
Public transportation
Urban mobility
Resumo em inglês
This study introduces a method for the assessment of the public transportation systems of a single city and also of the metropolitan region it belongs to. In the case of this particular investigation, the selected city was Fortaleza, Brazil. The evaluation was conducted for three periods in the past (i.e., the years 1992, 2000, and 2010), and one in the future, which is the year 2014. The purpose was to highlight the importance of the approach for sustainable mobility planning. The growing mobility problems faced by the population in the recent past have been the motivation for this research. Projects for road infrastructure improvement and for the creation of new public transportation systems are frequently proposed, but rarely built or fully implemented. The evaluation approach is based on the Index of Sustainable Urban Mobility (I_SUM or IMUS, in Portuguese) created by Costa (2008). The index framework involves 87 indicators, which are meant to cover distinct impacts and perspectives of mobility. As the focus of the study was on public transportation, only the 22 indicators directly linked to the subject were calculated. The weights of the hierarchical structure were redistributed to the resulting index, which was then called IMUS-TP. The index value was calculated for each of the four years period of analysis, for assessing the respective levels of sustainable urban mobility. In general, the results showed improvements in the values of the indicators throughout time. Some indicators, however, had problems. This had a negative effect on the index values found for Fortaleza (IMUS-TP, equal to 0.463) and for the metropolitan region (IMUS-TP-RMF, equal to 0.407) in 2010. Even considering all projects proposed for 2014, the values of IMUS-TP and IMUS-TP-RMF are expected to reach only 0.612 and 0.500, respectively. These values are not high, but they certainly show improvements in the public transportation system. Some of the expected improvements are: priorization of public transport, investments in the integration of transport systems, public subsidies to the metropolitan transit system, more interaction between urban and metropolitan transit systems, and effective procedures for the update of databases. The index values show that these measures, although important because they will improve the mobility conditions in the city of Fortaleza and in the metropolitan region, will not be able to definitely solve the problem.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.