• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.18.2021.tde-27062022-082840
Documento
Autor
Nome completo
Renan Favero
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2021
Orientador
Banca examinadora
Setti, Jose Reynaldo Anselmo (Presidente)
Carlson, Rodrigo Castelan
Jacques, Maria Alice Prudêncio
Título em português
Impactos de veículos autônomos na operação de autoestradas através de equivalência veicular
Palavras-chave em português
Árvore de decisão
Capacidade de rodovias
Fator de equivalência
HCM
Simulação de tráfego rodoviário
Veículos Autônomos
Resumo em português
No futuro, quando inseridos na corrente de tráfego das rodovias, os veículos autônomos (AVs) influenciarão a operação do tráfego, a capacidade e a eficiência do fluxo nas rodovias. Este trabalho investiga o impacto dos AVs na operação de autoestradas no Brasil quando há um mix de AVs e veículos convencionais. Para isso, utilizou-se uma adaptação do procedimento usado no HCM-6 para veículos pesados. Dados sintéticos foram gerados através de simulações no software Vissim 2020, cujos parâmetros foram recalibrados para representar o tráfego de uma autoestrada típica do estado de São Paulo. Foram simulados 25 515 cenários criados pela combinação de características do fluxo e da via. Os resultados foram utilizados para obter o coeficiente de ajuste da capacidade (CAF) cujos valores médios variaram entre 0,95 e 1,30 e um modelo para estimação do CAF a partir de características do tráfego e da via foi calibrado e validado, resultando num erro absoluto médio de 0,032. Fatores de equivalência para AVs (EAV) foram calculados com base nos valores de CAF e obteve-se um valor médio de 0,804, o que sugere que um AV impacta a corrente de tráfego menos que um automóvel convencional. O nível de comunicação V2V dos AVs foi o fator que mais contribuiu para a redução do EAV. Um modelo de árvore de decisão foi ajustado para estimar o EAV a partir das características do tráfego e da via. O modelo obtido apresentou uma boa acurácia, com um erro absoluto médio de 0,084.
Título em inglês
Evaluating autonomous vehicle impacts on freeway operations using passenger car equivalency
Palavras-chave em inglês
Autonomous vehicles
Decision tree
Equivalence factor
HCM
Highway capacity
Traffic flow simulation
Resumo em inglês
In the future, when they will become a significant fraction of vehicular fleet, autonomous vehicles (AVs) will impact the operation, capacity and the efficiency of the traffic flow on highways. This thesis examines the impacts of the operation of AVs on the operation of freeways in Brazil using an adaptation of the method used in the HCM-6 to treat heavy vehicles. Synthetic data were generated using a version of Vissim 2020 recalibrated to represent traffic flows on a typical freeway in the state of São Paulo, through the simulation of 25,515 scenarios created from the combination of traffic and roadway characteristics. The simulation results were used to calculate values for the capacity adjustment factor (CAF), whose average values ranged from 0.95 to 1.30. A model to estimate CAF values from traffic and roadway characteristics was fitted and validated, resulting on an mean average error of 0.032. Passenger car equivalent for AVs (EAV) were calculated from CAF values, resulting on a mean EAV value of 0.804, meaning that an AV has a lower impact on the traffic flow than that of a conventional passenger car. The V2V communication capabilities of AVs were the factor responsible for the greatest reduction on EAV. A decision tree model was fitted to estimate EAV values from traffic and roadway characteristics. The fitted model has a good accuracy, with a mean absolute error of 0.084.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-06-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.