• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2017.tde-23052017-082931
Documento
Autor
Nome completo
Thiago da Cunha Ramos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2017
Orientador
Banca examinadora
Silva, Antônio Nélson Rodrigues da (Presidente)
Larocca, Ana Paula Camargo
Marte, Claudio Luiz
Título em português
Avaliação da exposição de ciclistas ao ruído em uma cidade média brasileira
Palavras-chave em português
Campanhas móveis de medição
Cidades médias
Exposição
Modo cicloviário
Ruído
Resumo em português
Embora muitas cidades brasileiras estejam gradualmente implementando infraestruturas cicloviárias, a exposição dos ciclistas ao ruído ainda não é vista como um elemento a ser considerado no processo de planejamento. A partir deste pressuposto, o objetivo deste estudo é avaliar a exposição dos ciclistas ao ruído em São Carlos, SP, cidade média brasileira na qual cerca de 244 mil habitantes, 107 mil carros e 25 mil motocicletas foram contados em 2016. O estudo envolveu os seguintes procedimentos: i) definições preliminares e ajustes relativos às campanhas de coleta de dados, ii) coleta de dados, iii) validação de dados, iv) cálculo de níveis de exposição ao ruído e v) avaliação da exposição dos ciclistas ao ruído. Foram analisadas duas rotas. A primeira apresentava infraestrutura cicloviária (ciclovias ou ciclofaixas), em alguns dos 12 setores considerados para análise. A segunda rota foi dividida em dois setores, ambos sem infraestrutura cicloviária, mas com um excelente potencial para atrair viagens de bicicleta devido à localização privilegiada da área na cidade. A exposição ao ruído foi classificada de acordo com a percentagem média de valores de SEL (Sound Exposure Level) acima de 85 dBA e de acordo com valores de Lnp (Nível de Poluição Sonora). De maneira geral, os níveis de exposição dos ciclistas ao ruído foram classificados como "muito alto" ou "alto" em todas as 14 subdivisões das duas rotas, três das quais foram classificados como insalubres. Além disso, mesmo as seções com os menores valores de Lnp apresentaram quase metade das viagens para coleta de dados classificadas como "muito altas". É importante destacar que os locais, das partes mais ruidosas das duas rotas, tinham características distintas. Os trechos mais ruidosos da primeira rota foram registrados em uma ciclovia localizada ao longo de uma avenida larga, que margeia um rio e é cercada por áreas verdes, mas onde o limite de velocidade para carros é de 60 km/h. Há claramente um conflito aqui, dado que, apesar das condições de circulação seguras proporcionadas pela ciclovia e o agradável ambiente visual encontrado nas proximidades do rio, as condições locais de ruído não eram nada favoráveis aos ciclistas. Em termos de comparação, porém, a seção mais ruidosa da outra rota é ainda pior. Além dos altos níveis de exposição ao ruído, a área é insegura e pouco agradável para os ciclistas devido à circulação em condições de tráfego misto. Por outro lado, é convenientemente localizado em termos de acessibilidade, o que mostra uma vez mais a complexidade envolvida no processo de planejamento de novas infraestruturas cicloviárias.
Título em inglês
Assessment of cyclists' exposure to noise in a Brazilian medium-sized city
Palavras-chave em inglês
Cycling mode
Exposure
Medium-sized city
Mobile sensing system
Noise
Resumo em inglês
Although many Brazilian cities are gradually implementing cycling infrastructures, the cyclists' exposure to noise is not yet seen as an element to be considered in the planning process. With this assumption as a starting point, the objective of this study is to assess cyclists' exposure to noise in São Carlos, SP, a Brazilian medium-sized city in which around 244,000 inhabitants, 107,000 cars and 25,000 motorcycles were counted in 2016. The study involved the following procedures: i) preliminary definitions and adjustments regarding the data collection campaigns, ii) data collection, iii) data validation, iv) calculation of noise exposure levels, and v) assessment of cyclists' exposure to noise. Two routes have been analyzed. The first one had dedicated cycling infrastructure, i.e., cycleways and cyclelanes, in some of the 12 sectors considered for analysis. The second route was split in two sectors, both without dedicated cycling infrastructure but with an excellent potential for attracting cycling trips due to the privileged location of the area in the city. Noise exposure was classified according to the average percentage of Sound Exposure Level (SEL) values above 85 dBA and according to the values of noise pollution levels (Lnp). In general, all sections of the two routes were classified as either "very high" or "high" regarding the cyclists' exposure to noise, and 3 out of the total 14 sectors were classified as unhealthy. Furthermore, even the sections with the lowest noise exposure levels had nearly half of the data collection trips classified as "very high". It is important to highlight that the local environment of the noisiest parts of the 2 routes had different characteristics. The noisiest sections of the first route were registered in a cycleway located along a wide avenue that follows a river surrounded by green areas, but where the posted speed limit for cars is 60 km/h. There is clearly a conflict here, given that despite the safe circulation conditions provided by the cycleway and the pleasant visual environment found nearby the river, the local noise conditions were not at all favorable to cyclists. In terms of comparison, though, the noisiest section of the other route is even worst. In addition to the high levels of noise exposure, the area is unsafe and not very pleasant to cyclists due to the circulation in mixed traffic conditions. On the other hand, it is conveniently located in terms of accessibility, what shows once more the complexity involved in the process of planning new cycling facilities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
APENDICE_D.pdf (2.15 Mbytes)
Data de Publicação
2017-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.