• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.18.2009.tde-03042009-090643
Documento
Autor
Nombre completo
Beatriz Janine Cardoso Pavan
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Carlos, 2009
Director
Tribunal
Valencio, Norma Felicidade Lopez da Silva (Presidente)
Malheiros, Tadeu Fabrício
Santos, Maria Cecília Loschiavo dos
Título en portugués
Construção social do lugar: segurança e risco na visão de desabrigados em decorrência de desastres relacionados às chuvas
Palabras clave en portugués
Chuvas
Desabrigados
Desastres
Lugar
Risco
Segurança
Vulnerabilidade
Resumen en portugués
Os desastres relacionados às chuvas ampliam-se em todo o mundo e de forma significativa no Brasil, resultado de uma configuração problemática dos fixos e fluxos sociais no território, da vulnerável inserção espacial da população e do despreparo institucional das políticas públicas e de enfrentamento dos desastres. A observação das práticas sociais na transformação do meio, da interdependência dos elementos da infra-estrutura e da dinâmica social e ecossistêmica, é um aspecto importante para identificar o processo pelo qual o território se fragiliza ensejando desastres, mas é a desigualdade social nas formas de viver e habitar o espaço urbano que diferencia a afetação das populações. Após os danos humanos (feridos, mortos), os danos materiais na residência são os que mais fazem emergir uma insegurança existencial para as famílias, visto que a casa é carregada de significados: ela é território, abrigo, lar, referencial. A situação é agravada quando, numa situação extrema de ameaça ao imóvel, o morador é obrigado a abandonar a sua casa e, muitas vezes, o faz sem o amparo financeiro ou social e tem como única alternativa se dirigir aos abrigos temporários ofertados pelo Estado. Além da perda do patrimônio material, a condição de desabrigo significa a fragilização das redes de relação social e a desfiliação de seu lugar de ser e pertencer. Diante disso, este trabalhou propôs descrever e analisar as dimensões simbólicas dos danos e dos sofrimentos, assim como, das representações sociais de segurança e risco dos desabrigados afetados pelas chuvas nas cidades de Sumidouro e Nova Friburgo, no estado do Rio de Janeiro, Brasil.
Título en inglés
Social construction of place: security and risk in homeless view due to disasters related to rainfall
Palabras clave en inglés
Disaster
Homeless
Place
Rain
Risk
Security
Vulnerability
Resumen en inglés
The disasters related to rainfall expand throughout the world and significantly in Brazil, the result of a problematic configuration of fixed and flows in the social area, of a vulnerable insertion in the urban space and of failure public policies to face the disasters. The observation of social practices which transform the environment, of interdependence between the elements of infrastructure and the observation of social and ecosystem dynamics, are important to identify the process by which the territory become fragile, causing disasters, but it is the social inequality in forms of live and deal with urban space that differentiates the forms of affecting the population. After the humans damages (injuries, deaths), the damages in the home are the main form to bring an existential insecurity for families, since the house is full of meanings: it is territory, shelter, home, reference. The situation is exacerbated when, in an extreme situation the residents are required to leave their home and often they do it without any financial or social support and so, have as the only alternative, go to temporary shelters offered by the state. Besides the material losses, the condition of unsheltered means the weakening of social relations networks and the break with their place of being and belonging. Thus, this work proposed to describ and analyzes the symbolic dimensions of damage and suffering, as well as the representations of social security and risk of the homeless affected by rain in the cities of Sumidouro and Nova Friburgo, in Rio de Janeiro, Brazil.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2009-04-30
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.