• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.18.2017.tde-26012017-104753
Documento
Autor
Nombre completo
Virginia Dias de Azevedo Sodre
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Carlos, 2001
Director
Tribunal
Daniel, Luiz Antonio (Presidente)
Campos, José Roberto
Giansante, Antonio Eduardo
Título en portugués
Radiação ultravioleta e ozônio aplicados como métodos alternativos de desinfecção de efluentes secundários de esgoto sanitário
Palabras clave en portugués
Desinfecção
Ozônio
Radiação ultravioleta
Resumen en portugués
A cloração é largamente utilizada para a desinfecção de águas de abastecimento e residuárias, porém o potencial de toxicidade da cloração por seus subprodutos torna o processo menos atrativo. O dióxido de cloro surge como alternativa de desinfecção, porém a sua geração envolve reações bastante dependentes das concentrações de reagentes, das condições físico-químicas, podendo gerar também subprodutos prejudiciais à saúde humana. Outras tecnologias alternativas, como o ozônio e a radiação ultravioleta apareceram como processos tecnicamente viáveis. Neste trabalho buscou-se realizar revisão crítica da literatura existente sobre a desinfecção realizada com radiação ultravioleta e ozônio, bem como investigar e interpretar os aspectos relevantes do desempenho da desinfecção de efluentes de esgoto sanitário com ozônio e com radiação ultravioleta na inativação de coliformes totais e coliformes fecais. Na parte experimental avaliou-se as doses de 80, 95 e 120 mg/L e tempos de contato de 20, 30 e 35 minutos para a desinfecção com ozônio. Na desinfecção com radiação ultravioleta, utilizou-se de tempos de exposição de 10, 30, e 60 segundos, mantendo-se a mesma intensidade média de radiação e variando-se a espessura de lâmina líquida. Nos aspectos observados no decorrer desta pesquisa, verificou-se que para as condições analisadas, a desinfecção com radiação ultravioleta mostrou-se como técnica mais simples e eficaz para a inativação de coliformes fecais e coliformes totais quando comparada à ozonização, apresentando assim vários aspectos favoráveis no que concerne ao modo de operação, a influência da qualidade do efluente bruto, ao controle do processo, entre outros.
Título en inglés
Alternatives methods for the disinfection of wastewater secondary effluents applying ultraviolet radiation and ozone
Palabras clave en inglés
Disinfection
Ozone
Ultraviolet radiation
Resumen en inglés
The Chlorinate is widely used for the disinfection of waste and drinking water, however the toxicity potential by the by-products of chlorinate renders the process less attractive. The chlorine dioxide comes up as a disinfection alternative, but its production involves highly reagent concentration and physical-chemical condition dependant reactions, also being able to create human health hazardous by-products. Other alternative technologies, like ozone and ultraviolet radiation have risen as technically viable processes. It this work, is has been attempted to review critically the existing literature about the effluent disinfection of sanitary waste, using a comparative approach between the disinfection in which ozone and ultraviolet radiation were used, as well as to investigate and interpret the relevant aspects of sanitary waste effluents disinfection with ozone and ultraviolet radiation on the inactivation of otal and fecal coliforms. In the experimental part doses of 80, 95 and 120 mg/L and contact times of 20, 30 and 35 minutes have been evaluated for the ozone disinfection process. For the ultraviolet method, exposure times of 10, 30 and 60 seconds have been used, keeping the same mean intensity of radiation and varying water layer thickness. With regard to the observed of thios research, is has been verified that, for the analyzed conditions, the ultraviolet disinfection has showed the simplest and most effective method of the inactiviation of fecal andtotal coliforms when compared the ozone method, thus showing several favorable aspects concerning the operation mode, the wal effuent quality influence, the process control, among others.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-01-26
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.