• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.18.2019.tde-05062020-105239
Documento
Autor
Nome completo
Ingrid Mayumi Hinobu
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2019
Orientador
Banca examinadora
Calijuri, Maria do Carmo (Presidente)
Lombardi, Ana Teresa
Santos, André Cordeiro Alves dos
Título em português
Avaliação do crescimento de duas espécies de macrófitas aquáticas e do fitoplâncton em diferentes concentrações de fósforo
Palavras-chave em português
composição do fitoplâncton
crescimento de macrófitas aquáticas
estado trófico
nutrientes
Resumo em português
As macrófitas aquáticas, além da sua importância ecológica como abrigo para o zooplâncton, reservatório de nutrientes e agentes de biorremediação em ambientes eutrofizados, têm chamado atenção pelas consequências antagônicas de sua presença, como o fato de causar entupimentos em hidrelétricas e prejudicar a navegação em corpos d'água. Em ambientes com elevado grau de trofia, além da presença de macrófitas, é possível que ocorra um crescimento exacerbado do fitoplâncton. Nesse sentido, a presente pesquisa teve por objetivo identificar, através de experimentos de laboratório, a dinâmica das comunidades fitoplanctônicas e de macrófitas, em diferentes condições de trofia. Foram simulados os ambientes oligotrófico, mesotrófico e eutrófico em condições controladas (fotoperíodo de 12/12h e temperatura de ±24 ºC). Utilizaram-se duas espécies de macrófitas, sendo uma submersa fixa (Egeria najas) e outra livre flutuante (Lemna sp.). A comunidade fitoplanctônica foi coletada em um ambiente fluvial tropical e concentrada para ser incubada nos experimentos. Cada uma das duas espécies de macrófitas foi colocada em meio de cultivo BG-11 juntamente com o inóculo de fitoplâncton, para cada estado trófico. Como controle, cada um dos três produtores primários, foi incubado isoladamente. Os experimentos tiveram a duração de 30 dias e as concentrações de ortofosfato, nitrato, bem como o crescimento das macrófitas e do fitoplâncton (em termos de densidade e biovolume) foram monitoradas periodicamente. Os resultados foram estatisticamente analisados com os testes de Kruskall-Wallis e Mann-Whitney para verificar as diferenças entre as condições estudadas. Verificaram-se maiores taxas de crescimento de E. najas no estado mesotrófico em interação com o fitoplâncton. A comunidade fitoplanctônica teve sua composição mais alterada pela presença de E. najas, do que pela presença de Lemna sp. Em relação à Lemna sp., notou-se que o maior crescimento máximo foi na condição eutrófica e que o crescimento da macrófita foi reduzido pela presença do fitoplâncton. Concluiu-se que os diferentes estados tróficos e a presença de potenciais competidores direcionaram diferentes respostas entre as macrófitas aquáticas e o fitoplâncton.
Título em inglês
Evaluation of two aquatic macrophytes species and phytoplankton growth in diferente phosphorus concentrations
Palavras-chave em inglês
macrophytes growth
nutrients
phytoplankton composition
trophic levels
Resumo em inglês
Aquatic macrophytes have ecological importance due to their role as a shelter for microorganisms, nutrient reservoir and bioremediation agents in eutrophic environments. However, there are also antagonistic consequences caused by their presence, such as hydroelectric plants clogging and interference on water bodies with navigation purposes. In eutrophic systems, besides the presence of macrophytes, a high phytoplankton growth can occur. Therefore, the present study aimed to identify, through laboratory experiments, the dynamics of macrophytes and phytoplankton communities in different trophic states. Incubations were performed simulating oligotrophic, mesotrophic and eutrophic environments under controlled conditions (photoperiod of 12h/12h and temperature ±24 ºC). Two macrophytes species were utilized, a submerged (Egeria najas) and a floating one (Lemna sp.). The phytoplankton was collected in a fluvial subtropical environment and concentrated to be incubated in the experiments. Each of the two macrophytes species was placed in BG-11 culture medium together with the phytoplankton inoculum, for each trophic state. Each of the three primary producers was incubated alone as a control. The assays took place over 30 days and the phosphorus and nitrogen concentrations, as well as the macrophytes and phytoplankton (in terms of density and biovolume) growth, were monitored periodically. The results were statically analyzed with Kruskall-Wallis and Mann-Whitney test to verify the differences between the studied conditions. The highest growth rate of E. najas was verified in the mesotrophic state in interaction with phytoplankton. The phytoplankton community had its composition more altered by the presence of E. najas, than by the presence of Lemna sp. Regarding Lemna sp., the highest value of maximum growth was in eutrophic state and the macrophyte growth was reduced by the presence of phytoplankton. It was concluded that the different trophic states and the presence of potential competitors directed different responses between aquatic macrophytes and phytoplankton.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.