• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2000.tde-28112006-110426
Documento
Autor
Nome completo
Rejane Martins Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2000
Orientador
Banca examinadora
Debs, Ana Lucia Homce de Cresce El (Presidente)
Hanai, Joao Bento de
Shehata, Ibrahim Abd El Malik
Título em português
A influência das ações repetidas na aderência aço-concreto
Palavras-chave em português
aderência
arrancamento
concreto armado
elementos finitos
força monotônica
força repetida
Resumo em português
Este trabalho descreve o comportamento da aderência do concreto armado sob ações monotônicas e repetidas através de uma revisão bibliográfica e de ensaios de arrancamento padronizados. A influência de alguns parâmetros foi analisada, como diâmetro da armadura, tipo e amplitude de carregamento. Os resultados dos ensaios monotônicos foram comparados com as recomendações do CEB-FIP MC 1990, EUROCODE 2 e NB-1/78. Também foi realizada a análise numérica da aderência monotônica por meio de elementos finitos. Considerou-se a barra lisa, elementos de contato entre o aço e concreto e comportamento elástico-linear dos materiais; pois a ruína experimental da ligação ocorreu pelo corte do concreto entre as nervuras. A resistência monotônica da ligação ficou compreendida entre condições boas e ruins de aderência. Os resultados calculados de acordo com as normas foram muito diferentes em relação aos valores experimentais, e apresentaram uma dispersão muito grande. A força repetida ocasionou a perda de aderência pelo crescimento progressivo dos deslizamentos. Os modelos numéricos não representaram o comportamento experimental, devido à resposta força-deslizamento não-linear.
Título em inglês
The influence of repeated loads on the steel-concrete bond
Palavras-chave em inglês
bond
finite elements
monotonic loading
pull-out
reinforced concrete
repeated loading
Resumo em inglês
This research describes the bond behaviour in reinforced concrete under monotonic and repeated loading through a state-of-art and standard pull-out tests. The influence of some parameters was analysed as deformed bar diameter, type and amplitude of loading. The monotonic test results were compared with recommendations of CEB-FIP MC 1990, EUROCODE 2 and NB-1/78. The numerical analysis of monotonic bond was realized through finite elements. It was considered smooth bar, contact elements between the steel and concrete, and materials as of linear-elastic behaviour, because the experimental degradation of bond was caused by concrete between the ribs sheared off. The monotonic bond resistance resulted between good and bad bond conditions. The results calculated according to the codes were very different from the experimental values and very disperse. The repeated loading causes bond degradation by progressive increase of slip. The numerical specimens did not represent the experimental behaviour because of the non-linear load-slip response.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-12-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.