• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.18.2001.tde-24062021-152308
Documento
Autor
Nome completo
Deusa Maria Rodrigues Boaventura
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2001
Orientador
Banca examinadora
D'Agostino, Mario Henrique Simao (Presidente)
Segawa, Hugo Massaki
Vale, Marilia Maria Brasileiro Teixeira
Título em português
Arquitetura religiosa de Vila Boa de Goiás no século XVIII
Palavras-chave em português
Arquitetura moderna
Brasil
Igrejas
Resumo em português
O estudo das igrejas setecentistas de Vila Boa de Goiás liga-se à história de sua formação urbana, em particular a três documentos - o Arraial de Santana, a fundação da Vila e as intervenções de José de Almeida e Luís da Cunha Menezes. Cada um desses momentos foi marcado por diferentes práticas urbanísticas, desenvolvidas no contexto das experiências de Expansão Ultramarina, que cedeu ao edifício religioso uma posição relevante na organização do espaço urbano. Nesse contexto, tanto a construção das igrejas como o seu processo construtivo foram regulados por um complexo jogo social, relacionando as práticas de caráter hierárquico e segregacionista. Nele, os grupos de profissionais, em diferentes momentos, atuaram por arrematação de serviços, implicando notórias descontinuidades estilíticas, só atenuadas pelo respeito que manifestaram pela ordem espacial litúrgica, que repetiu a mesma lógica e hierárquia sociais. O vínculo com o contexto da Expansão Ultramarina ainda dialogou com a Metrópole e capitanias adjacentes, onde se encontram tipo retangulares e octogonais, característicos do quadro da arquitetura religiosa de Vila Boa de Goiás
Título em inglês
Arquitetura religiosa de Vila Boa de Goiás no século XVIII
Palavras-chave em inglês
Brazil
Churches
Modern architecture
Resumo em inglês
The study of the churches built during the 1700's in Vila Boa de Goiás is connected to the history o f its own urban formation, and it is related to the three of its moments- Arraial de Santana, the foundation of the Vila and the interventions, which carne from José de Almeida and Luís da Cunha Menezes. Each one of those moments was market by different urbanistc practices, developed in the contexto f the experiences, in turn; they carne from the Ultramarine Expansion that gave to the religious building an important position in the organization of the urban space. In that context, as much the construction of the churches as its constructive process they were regulated by a complex social game, related to practices of hierarchical character and segregationist. In that process, the professionals' groups, in different moments, had service auctions, which implied well-known stylistic discontinuity, only lessened by the respected that they manifested for the liturgical space arder, which repeted the same logic and social hierarchy. The link with the context from the Ultramarine Expansion was still related to the Metropolis and adjacent captaincies, where the constructions are rectangular .
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-06-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.