• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.17.2021.tde-11062021-075151
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Casagrande
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2021
Orientador
Banca examinadora
Jordao Junior, Alceu Afonso (Presidente)
Barbosa, Pedro Marco Karan
Fernandes, Leonardo Parr dos Santos
Japur, Camila Cremonezi
Título em português
Efeitos da suplementação de coenzima q10 em mulheres com síndrome metabólica e esteatose hepática: ensaio clínico randomizado controlado duplo-cego
Palavras-chave em português
Coenzima Q10
Doença hepática gordurosa não alcoólica
Espécies reativas de oxigênio
Esteatose hepática
Estresse oxidativo
Síndrome X metabólica
Resumo em português
A Coenzima Q10 (CoQ10) é um componente presente na cadeia de transporte de elétrons mitocondrial, apresenta propriedade antioxidante, e sua suplementação pode ser útil no tratamento da obesidade, do estresse oxidativo e do processo inflamatório presente na Síndrome Metabólica (SM) e Doença Hepática Gordurosa não Alcóolica (DHGNA). O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da suplementação de CoQ10 nos biomarcadores de estresse oxidativo e no controle metabólico em mulheres com SM e DHGNA. Foi conduzido um ensaio clínico controlado randomizado duplo-cego. No total 22 pacientes foram randomizados para suplementação com 200mg/dia de CoQ10 ou placebo por 12 semanas, sendo 11 no grupo intervenção e 11 no placebo. Foram avaliados os perfis antropométricos e composição corporal por meio de bioimpedância, perfil lipídico e glicídico, pressão arterial sistêmica, função hepática e marcadores do estresse oxidativo. A esteatose hepática presente na DHGNA e o volume de gordura abdominal foram avaliados por meio de Ressonância Magnética Nuclear (MRN). A porcentagem de massa gorda diminuiu significativamente em ambos os grupos (p = 0,04 e p = 0,03). Foram observados diminuição do volume da gordura visceral (p = 0,02) e da circunferência abdominal (p = 0,03), aumento do HDL-colesterol (p = 0,01) e diminuição da variável FOX (p = 0,04) apenas no grupo suplementado com CoQ10. No entanto, não houve alterações estatísticas significativas em nenhuma das variáveis nas análises entre os grupos. Podemos concluir que a suplementação com 200mg/dia de CoQ10 por 12 semanas trouxe alguns benefícios importantes para o grupo suplementado, mesmo que de forma modesta, e que apesar de bem tolerada não foi suficiente para promover efeitos significativos nos marcadores da SM e DHGNA quando comparada ao grupo controle.
Título em inglês
Effects of coenzyme Q10 supplementation in women with metabolic syndrome and hepatic steatosis: randomized controlled double-blind clinical trial
Palavras-chave em inglês
Coenzyme Q10
Liver steatosis
Metabolic X syndrome
Non-alcoholic fatty liver disease
Oxidative stress
Reactive oxygen species
Resumo em inglês
Coenzyme Q10 (CoQ10) is a component present in the mitochondrial electron transport chain, has antioxidant properties, and its supplementation may be useful in the treatment of obesity, oxidative stress and the inflammatory process present in Metabolic Syndrome (MS) and Non-alcoholic fatty liver disease (NAFLD). The aim of this study was to evaluate the effects of CoQ10 supplementation on oxidative stress and metabolic control biomarkers in women with MS and NAFLD. A randomized double blind controlled clinical trial was conducted. In total 22 patients were randomly given a daily supplement of 200mg of CoQ10 or a placebo for 12 weeks, 11 patients in the intervention group and 11 in the placebo group. Anthropometric profiles and body composition were assessed using bioimpedance, lipid and glycidic profiles, systemic blood pressure, liver function and oxidative stress markers. The hepatic steatosis present in NAFLD and the volume of abdominal fat were evaluated using Magnetic Resonance Imaging (MRI). The percentage of fat decreased significantly in both groups (p = 0.04 and p = 0.03). There were a decrease in the volume of visceral fat (p = 0.02) and the waist circumference (p = 0.03), an increase in HDL-cholesterol (p = 0.01) and a decrease in the FOX variable (p = 0.04) in the CoQ10 supplemented group. However, there were no changes in any of the variables in the analysis between the groups. We can conclude that supplementation of 200mg / day of CoQ10 for 12 weeks brought some important benefits for the supplemented group, even if modest, and that although well tolerated, it was not enough to promote significant effects on the markers of MS and NAFLD when compared to the control group.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-06-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.