• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2022.tde-21062022-141347
Documento
Autor
Nome completo
Amanda Henriques Cavalheiro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2022
Orientador
Banca examinadora
Ungari, Andrea Queiróz (Presidente)
Fabbro, Amaury Lelis Dal
Santana, Rafael Santos
Título em português
Análise dos impactos da intervenção farmacêutica no tratamento de pacientes com hanseníase em um hospital público universitário
Palavras-chave em português
Adesão ao tratamento
Cuidado farmacêutico
Educação em saúde
Escalas de participação e SALSA
Hanseníase
Resumo em português
Terapias e procedimentos eficazes para melhorar a adesão a tratamentos é uma preocupação para o Sistema Único de Saúde e para os profissionais da área. No entanto, a baixa adesão pode causar sérias implicações para as doenças, como o controle da hanseníase, podendo surgir resistência aos medicamentos e implicar falha terapêutica. Além disso, vários fatores podem estar associados a esse comportamento e devem ser avaliados para uma melhor compreensão e um melhor direcionamento do cuidado farmacêutico. Diante dessa questão, o objetivo deste trabalho é testar a hipótese de que os instrumentos educacionais desenvolvidos pela pesquisadora, assim como o cuidado farmacêutico, aumentam a adesão ao tratamento de pacientes diagnosticados com hanseníase de um hospital público universitário. Para desenvolver a pesquisa, elaborou-se um estudo longitudinal com o uso de testes quanti e qualitativos com a finalidade de avaliar (i) a adesão ao tratamento, (ii) os conhecimentos e (iii) os impactos físicos e sociais ocasionados pela doença. Os pacientes realizaram o tratamento da hanseníase no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, no período de outubro de 2020 a junho de 2021. Foram elaborados, então, materiais educativos utilizados junto aos pacientes e, depois disso, avaliou-se o impacto do acompanhamento farmacêutico e dos materiais instrutivos na adesão ao tratamento e na participação social. Foi possível obter que a adesão ao tratamento aumentou significativamente após a intervenção de cuidado farmacêutico e de educação em saúde, conforme o Teste de Morisky-Green (78,4%>35,1%). Pacientes classificados em "sem limitação" ou "leve limitação" pela escala SALSA tiveram 27 vezes mais chance de serem aderentes ao tratamento, de acordo com o teste de Haynes-Sackett (THS). Pacientes que obtiveram classificação de "sem restrição" ou "leve restrição" na Escala de Participação tiveram 9,2 vezes mais chance de serem aderentes ao tratamento, de acordo com o THS. Além disso, a metodologia foi mais eficaz em pacientes do sexo masculino com baixa escolaridade do que em mulheres, que já apresentavam alta adesão. Portanto, conclui-se que o cuidado farmacêutico tem eficácia no uso correto de medicamentos durante o tratamento e que a educação em saúde pode contribuir para uma melhora na realidade social desse indivíduo.
Título em inglês
Analysis of the impacts of pharmaceutical intervention in the treatment of leprosy patients in a public university hospital
Palavras-chave em inglês
Adherence to treatment
Health education
Leprosy
Participation and SALSA scales
Pharmaceutical care
Resumo em inglês
Effective therapies and procedures to improve adherence to treatments is a concern for the Unified Health System and professionals in the area. However, poor adherence can have serious implications for diseases, such as leprosy control, and drug resistance may arise and lead to therapeutic failure. In addition, several factors may be associated with this behavior and should be evaluated for a better understanding and better targeting of pharmaceutical care. Faced with this issue, the objective of this study is to test the hypothesis that the educational instruments developed by the researcher, as well as pharmaceutical care, increase adherence to treatment of patients diagnosed with leprosy at a public university hospital. To develop the research, a longitudinal study was carried out using quantitative and qualitative tests in order to assess (i) adherence to treatment, (ii) knowledge and (iii) the physical and social impacts caused by the disease. Patients underwent leprosy treatment at the Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, from October 2020 to June 2021. Educational materials were then prepared for use with the patients and, after that, the impact of pharmaceutical monitoring and instructional materials on treatment adherence and social participation. It was possible to obtain that adherence to treatment increased significantly after the intervention of pharmaceutical care and health education, according to the Morisky-Green Test (78.4%>35.1%). Patients classified as "no limitation" or "mild limitation" by the SALSA scale were 27 times more likely to be compliant with treatment, according to the Haynes-Sackett test (THS). Patients who scored "no restriction" or "light restriction" on the Participation Scale were 9.2 times more likely to be compliant with treatment, according to the THS. In addition, the methodology was more effective in male patients with low education than in women, who already had high adherence. Therefore, it is concluded that pharmaceutical care is effective in the correct use of medicines during treatment and that health education can contribute to an improvement in the social reality of this individual.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-06-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.