• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2020.tde-04012021-113717
Documento
Autor
Nome completo
Renata Cheyenne dos Santos Belarmino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Nunes, Altacilio Aparecido (Presidente)
Lamounier, Joel Alves
Bava, Maria do Carmo Gullaci Guimarães Caccia
Título em português
Análise dos fatores preditores de retardo em alta hospitalar sob intervenção do serviço social
Palavras-chave em português
Alta hospitalar
Atraso na alta hospitalar
Intervenção do serviço social
Resumo em português
O presente estudo propôs a identificar, sob intervenção do profissional de Serviço Social, quais os fatores que originaram atrasos nas altas hospitalares de pacientes que estavam internados em um hospital universitário de alta complexidade e densidade tecnológica. Tratou-se de um estudo transversal, realizado com uma amostra de 168 pacientes, que necessitaram da intervenção do Serviço Social para a efetivação da alta hospitalar. Para tanto, foi aplicado um questionário com as seguintes variantes: perfil do paciente, situação econômica, identificação de cuidador, grau de dependência, especialidade médica, profissionais envolvidos, tempo e motivo do atraso da alta hospitalar, qual a demanda apresentada ao profissional de Serviço Social para efetivar a alta hospitalar, e se ela era caracterizada como alta social. Com o estudo foi possível identificar e analisar os fatores que geraram atrasos nas altas hospitalares dos pacientes, sendo eles: cuidados de alta complexidade, suporte familiar, serviços da rede, tecnologia assistida, acesso à medicação, dieta enteral, institucionalização, viabilização de transporte, transferência hospitalar, discordância da alta e adesão ao tratamento. Também foi observado a diminuição nos atrasos das altas hospitalares em que houve uma interação maior entre os profissionais de saúde. Os achados encontrados nesta pesquisa demonstraram o comprometimento do assistente social no enfrentamento dos problemas sociais, fruto da questão social, que determinam a saúde dos usuários do SUS, e sua proteção social. Espera-se que os resultados contidos neste estudo possam servir de subsídios para os profissionais que atuam na área da saúde, para que compreendam o papel estratégico do assistente social, e assim sejam viabilizados instrumentos, que assegurem a desospitalização de maneira integral, pelos atores sociais partícipes da dinâmica institucional, gerando benefícios aos usuários e acesso às políticas públicas que garantam os direitos sociais essenciais.
Título em inglês
Analysis of predictive factors for delay in hospital discharge under social service intervention
Palavras-chave em inglês
Delay in hospital discharge
Hospital discharge
Social work intervention
Resumo em inglês
The present study proposed to identify, under the intervention of the Social Service professional, which factors caused delays in hospital discharge of patients who were admitted to a university hospital of high complexity and technological density. This was a cross-sectional study, carried out with a sample of 168 patients, who required the intervention of the Social Service to carry out hospital discharge. To this end, a questionnaire was applied with the following variants: patient profile, economic status, caregiver identification, degree of dependence, medical specialty, professionals involved, time and reason for the delay in hospital discharge, what is the demand presented to the Service professional Social to effect hospital discharge, and if it was characterized as social discharge. With the study it was possible to identify and analyze the factors that generated delays in patients' hospital discharge, which are: highly complex care, family support, network services, assisted technology, access to medication, enteral diet, institutionalization, transportation feasibility, hospital transfer, discharge disagreement and adherence to treatment. There was also a decrease in delays in hospital discharge in which there was a greater interaction between health professionals. The findings found in this research demonstrated the commitment of the social worker in facing social problems, the result of the social issue, which determine the health of SUS users, and their social protection. It is hoped that the results contained in this study may serve as subsidies for professionals working in the health field, so that they understand the strategic role of the social worker, and thus instruments are made available, which ensure the complete hospitalization by the social actors participants in the institutional dynamics, generating benefits for users and access to public policies that guarantee essential social rights.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-01-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.