• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2020.tde-02122020-102514
Documento
Autor
Nome completo
Diego Marques Moroço
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Pazin Filho, Antonio (Presidente)
Cavalli, Ricardo de Carvalho
Laus, Ana Maria
Título em português
Impacto da informatização do processo de alta hospitalar em um hospital público terciário
Palavras-chave em português
Alta hospitalar
Qualidade hospitalar
Seis Sigma e Lean
Tempo de permanência
Resumo em português
Introdução: O incremento da demanda sobre qualidade e segurança dos pacientes e as restrições econômicas atuais têm impulsionado as instituições hospitalares a reverem seus diversos processos. Um destes processos é a alta hospitalar, que dentre seus vários aspectos a serem considerados, existe a necessidade de agilizar o tempo entre a alta e a saída do hospital. As novas técnicas incorporadas nas instituições hospitalares, como a assinatura digital oferecem oportunidades de melhoria deste processo. O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP) implantou um novo passo no processo de alta com base na assinatura digital que pode trazer implicações significativas e deve ser caracterizada. Objetivos: Avaliar se houve redução do tempo de saída do paciente da instituição após a alta médica (fechamento de alta) antes e após a incorporação de uma nova intervenção no processo, baseada em ferramentas de informática. Métodos: Foi realizado estudo quasi-experimental, tipo antes e depois de intervenção para agilizar a liberação do paciente da instituição após a alta médica. A análise foi realizada com base em dados administrativos (número de altas, rotatividade do leito, tempo entre a alta médica e o fechamento do atendimento) do HCFMRP-USP, unidade Campus nos anos de 2011 a 2019. Utilizou-se análise de séries temporais interrompidas. Resultados: A análise de série temporal interrompida demonstrou um comportamento de mudança de nível imediato (Coeficiente β2 -3,6 horas- Intervalo de Confiança 95% -3,9; -3,4 - Lag1), mas não uma modificação da inclinação do comportamento da curva pós-intervenção (Coeficiente β3 0,0005 - Intervalo de Confiança 95% -0,0040; 0,0050 - Lag1). Conclusão: A intervenção implicou em redução do tempo de liberação após a alta hospitalar.
Título em inglês
Automation impact of discharging process in a tertiary public hospital
Palavras-chave em inglês
Hospital discharge
Hospital quality
Length of stay
Six Sigma and Lean
Resumo em inglês
Introduction: With the growing demand on quality and patient security and economic constraints, several hospital institutions had pushed to review their processes. One of these processes is the hospital discharge, which among its various aspects to be considered, there is the need to reduce hospital discharge time. New techniques implemented on hospital institutions such as digital signature offers oportunities of improvement on these processes. The HCFMRP-USP implemented a new digital signature based routine on hospital discharge that can bring significative implications and should be known. Goals: Evaluate impact on hospital discharge process of HCFMRP-USP. Characterising this impact on indicators related to hospital discharge and supply chain. Methods: Exploratory analysis will be carried out on indicators related to admission process (number of discharge, hospital-bed turnover, elapsed time between medical discharge and attendance closing) on HCFMRP-USP facility. Methods: We conducted a quasi-experimental study, before and after an intervention, to expedite the patient's release from the institution after medical discharge. We performed the analysis based on administrative data (number of hospital discharge, bed turnover, time between medical discharge and the closing of the appointment) from HCFMRP-USP, Campus unit in the years 2011 to 2019. We used Interrupted Time Series Analysis. Results: The interrupted time series analysis showed an immediate change in level (Coefficient β2 -3.6 hours - 95% confidence interval -3.9; -3.4 - Lag1), but not a change in the slope of the behavior of the post-intervention curve (β3 0.0005 coefficient - 95% confidence interval -0.0040; 0.0050 - Lag1). Conclusion: The intervention implied a reduction in the release time after hospital discharge.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-01-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.