• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.17.2019.tde-08012019-142634
Documento
Autor
Nombre completo
Aline Delduque Kropf
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2018
Director
Tribunal
Pinto, Ana Cristina Silva (Presidente)
Sisdelli, Marcela Ganzella
Barbosa, Nayara Gonçalves
Matsuno, Alessandra Kimie
Título en portugués
Impacto da implantação de uma equipe transfusional nas atividades de hemovigilância e na segurança transfusional do Hemonúcleo Costa Verde em Angra dos Reis, RJ
Palabras clave en portugués
Transfusão de sangue ; Segurança do sangue ; Reação transfusional
Resumen en portugués
A transfusão de sangue é um procedimento benéfico, mas não isento de risco, e por essa razão medidas devem ser tomadas para aumentar a sua segurança, entre elas a adoção de boas práticas transfusionais e as notificações dos eventos adversos, que compõe as atividades de hemovigilância. O objetivo do estudo foi avaliar o impacto da implantação de uma equipe transfusional e da busca ativa por reações transfusionais nas atividades de hemovigilância e na segurança transfusional em um Núcleo de Hemoterapia regional, localizado em um hospital geral. Foi realizado um estudo comparativo entre dois períodos: antes e após a implantação da equipe transfusional. Observou-se um aumento de 9,04 vezes no número de notificações de reações transfusionais, elevando de duas notificações em 1.677 transfusões realizadas (0,12%) no período de 22 meses antes da implantação, para dez notificações em 928 transfusões (1,08%, p<0,01) no período de 12 meses após, revertendo a subnotificação existente. As RFNH foram as reações transfusionais mais frequentemente encontradas, havendo aumento significativo nas notificações, de uma RFNH antes para seis após a implantação da equipe transfusional (p<0,01). Observou-se também um aumento na segurança transfusional, corrigindo falhas na identificação de amostras e requisições de transfusão, na verificação dos sinais vitais e identificação dos pacientes, minimizando assim o risco de reações graves por troca de amostras/pacientes. O estudo mostrou que ter um profissional acompanhando o ato transfusional desde a coleta da amostra até o término da transfusão, traz mais segurança para o receptor da transfusão, ao permitir que os procedimentos estabelecidos sejam seguidos, e aumenta as notificações de eventos adversos, favorecendo o reconhecimento das reações transfusionais e fornecendo subsídios para a adoção de estratégias para sua prevenção e tratamento. Ao final do estudo foram elaborados cartazes e panfletos para orientação de profissionais e pacientes, respectivamente, sobre a transfusão de sangue.
Título en inglés
The impact of a transfusion practitioner team on the hemovigilance system and the transfusion safety in a regional hemotherapy center in Angra dos Reis, RJ, Brazil
Palabras clave en inglés
Blood transfusion ; Blood safety ; Transfusion reaction
Resumen en inglés
Blood transfusion can be unavoidable and beneficial but has inherent risks. Hemovigilance actions, therefore, should be undertaken to increase its safety, including the adoption of better blood transfusion initiatives and adverse event reporting. The purpose of this study was to evaluate how the introduction of a transfusion practitioner team to monitor transfusion outcomes affects the hemovigilance system and the transfusion safety in a regional hemotherapy center based in a general hospital. We performed a comparison of two clinical periods: before and after the introduction of a transfusion practitioner team. An increase was observed from 2 event reports in 1677 transfusions (0.12%) in a 22-month period to 10 event reports in 928 transfusions (1.08%, p<0.01) in a 12-month period, demonstrating a 9.04-fold increase in transfusion reaction reports, drastically reducing the frequency of underreporting. Febrile non-hemolytic reactions were the most frequent adverse event reported, with a significant increase from 1 to 6 events reported (p <0.01) after the involvement of the transfusion team. There was also an improvement in transfusion safety practices via the correction of misidentification of patient pretransfusion samples and transfusion requests, the avoidance of failure to verify vital signs, and improvement of patient identification at the bedside, all of which are critical to minimize the risk of transfusion error. The study showed that having a professional team oversee the transfusion process, from sample collection to blood administration, brings more safety to the patient by allowing established procedures to be followed. The adoption of this practice increases reporting of adverse events through the early recognition of transfusion reactions, expediting their treatment and enhancing the prevention of future events. At the end of the study posters and educational packets were created to provide guidance about blood transfusion to leading professionals and patients.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-02-14
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.