• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2022.tde-08092022-163528
Documento
Autor
Nome completo
Kaique Ferreira Costa de Almeida
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2022
Orientador
Banca examinadora
Peria, Fernanda Maris (Presidente)
Brunaldi, Mariângela Ottoboni
Peixoto, Renata D'Alpino
Título em português
Análogo de somatostatina no tratamento de tumores neuroendócrinos avançados do trato digestivo - dados do mundo real de um hospital universitário do sistema único de saúde
Palavras-chave em português
Análogos de somatostatina
Estudo de mundo real
Toxicidades
Tumor neuroendócrino
Resumo em português
Introdução: Tumores neuroendócrinos são neoplasias malignas raras, derivados de células endócrinas e conhecidos pelo comportamento e características histopatológicas heterogêneas; entretanto associados em grande parte a um desfecho clínico favorável. Os análogos de somatostatina (AS) foram inicialmente utilizados no controle de sintomas dos tumores neuroendócrinos secretores, e posteriormente, considerados efetivos como tratamento sistêmico de primeira linha em tumores neuroendócrinos irressecáveis ou metastáticos do trato gastroenteropancreático (TNE-GEP). Os estudos clínicos randomizados são realizados em ambientes controlados, com critérios de inclusão e exclusão restritos, e portanto, os estudos de mundo real podem acrescentar em dados de eficácia e segurança na população geral. Objetivos: Avaliar no cenário de mundo real de um hospital terciário do sistema único de saúde (SUS), a eficácia e toxicidades do tratamento em primeira linha com análogo de somatostatina em pacientes com diagnostico de TNE-GEP irressecáveis ou metastáticos, buscando encontrar sobrevida livre de progressão de mundo real (rwSLP) e sobrevida global de mundo real (rwSG), além do perfil de toxicidade em nossa população e possíveis subgrupos que se beneficiem com o tratamento em primeira linha, através da análise de variáveis. Resultados: 29 pacientes preencheram os critérios de inclusão no estudo, os quais foram diagnosticados no período de 2009 a 2017. A wrSLP e wrSG medianas foram de 4,4 (IC 95% 3,2 - 5,6) e 8,2 anos (IC 95% 6,2 - 10,2), respectivamente. Em análise ajustada de rwSLP, o HR para os pacientes portadores de tumores de hindgut, em comparação com tumores de midgut foi de 4,41 com p 0,05, indicando que esses pacientes apresentaram risco aumentado em 4x para progressão de doença (p 0,05). Na análise ajustada de wrSG, foi observada uma tendência a evolução mais favorável ao grupo de pacientes com tumores bem diferenciados, com p 0,05. A avaliação de toxicidades revelou eventos adversos grau 2 e grau 3 em 34,48% dos pacientes. Dor abdominal foi a toxicidade mais incidente, ocorrendo em 17,24%, seguida de cefaleia (13,79%) e diarreia (10,34%). Conclusão: O tratamento com AS se mostrou efetivo em nossa amostra, com dados de rwSLP e rwSG acima dos encontrados nos estudos clínicos randomizados. As toxicidades foram facilmente manejáveis e não trouxeram prejuízo documentado aos pacientes.
Título em inglês
Somatostatin analogue in the treatment of advanced neuroendocrine tumors of the digestive tract - real world data from a university hospital of the Brazilian public health system
Palavras-chave em inglês
Neuroendocrine tumor
Real world evidence
Somatostatin analogues
Toxicities
Resumo em inglês
Introduction: Neuroendocrine tumors are rare malignant neoplasms derived from endocrine cells and known for their heterogeneous behavior and histopathological characteristics; however, largely associated with a favorable clinical outcome. Somatostatin analogues (SSA) were initially used to control the symptoms of secretory neuroendocrine tumors, and later, they were considered effective as a first-line systemic treatment in unresectable or metastatic neuroendocrine tumors of the gastroenteropancreatic tract (NET-GEP). Randomized clinical trials are performed in controlled environments, with strict inclusion and exclusion criteria, and therefore, real-world studies can add to efficacy and safety data in the general population. Objectives: To evaluate, in the real world scenario of a tertiary hospital of the public health system, the efficacy and toxicities of first-line treatment with somatostatin analogue in patients diagnosed with unresectable or metastatic NET-GEP, to find real-world progression free survival (rwPFS) and real-world overall survival (rwOS), in addition to the toxicity profile in our population and possible subgroups that benefit from first-line treatment, through the analysis of variables. Results: 29 patients met the study inclusion criteria, which were diagnosed in the period from 2009 to 2017. The median wrSLP and wrSG were 4.4 (95% CI 3.2 - 5.6) and 8.2 years (CI 95% 6.2 - 10.2), respectively. In an adjusted analysis of rwSLP, the HR for patients with hindgut tumors compared to midgut tumors was 4.41 with p 0.05, indicating that these patients had a 4x increased risk for disease progression (p 0 .05). In the adjusted analysis of wrSG, a trend towards a more favorable evolution was observed in the group of patients with well-differentiated tumors, with p 0.05. Assessment of toxicities revealed grade 2 and grade 3 adverse events in 34.48% of patients. Abdominal pain was the most incident toxicity, occurring in 17.24%, followed by headache (13.79%) and diarrhea (10.34%). Conclusion: Treatment with SSA was effective in our sample, with rwPFS and rwOS data above those found in randomized clinical trials. The toxicities were easily manageable and caused no documented harm to patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-10-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.