• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
João Paulo Loures
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Papoti, Marcelo (Presidente)
Puggina, Enrico Fuini
Riberto, Marcelo
Ferreira, Heros Ribeiro
Título em português
Monitoramento da performance de atletas de alto nível a partir de parâmetros fisiológicos
Palavras-chave em português
Altitude
Canoagem
Desempenho
Treinamento
Variabilidade da frequência cardíaca
Resumo em português
Duas avaliações de parâmetros utilizados para investigar as variações de performance ao longo de período de observação, sendo uma durante um ciclo olímpico e outra de atletas submetidos a estresse ambiental (altitude), na primeira observamos a modalidade de canoagem Slalom com o objetivo de identificar quais os efeitos do treinamento em atletas de elite canoagem, sobre as respostas fisiológicas, psicológicas e suas relações com o desempenho. Para isso, 23 atletas da seleção nacional de canoagem Slalom foram recrutados e foram confeccionados 3 trabalhos. O primeiro investigou os efeitos de seis semanas de treinamento sobre a variabilidade da frequência cardíaca (VFC) e suas relações com o desempenho em prova simulada. Foram encontrados efeitos positivos da situação pré e pós treinamento em relação ao desempenho considerando ou não as penalidades durante prova simulada (95,9? 18,1; 93,6? 11,84) p=0,027 e (94,9?16,8; 92,8?13,55) p=0,008 respectivamente. No entanto não foram encontradas alterações nos parâmetros autonômicos, além de não haver relações com o desempenho. O segundo trabalho teve como objetivo de testar o ten x 10s, teste utilizado na prática e verificar as possíveis relações com o desempenho em prova simulada de canoagem Slalom. Os principais achados desse estudo foram a possibilidade de determinar a potência pico (PPico), média e índice de fadiga, além disso as correlações inversas significativas (PPico, PM, velocidade e frequência de remada) entre os parâmetros do teste com o desempenho, no entanto quando as penalidades são consideradas na prova simulada essas correlações diminuem reforçando a necessidade de considerar a multidisciplinaridade da modalidade. O terceiro trabalho investigou parâmetros psicológicos (estado de humor) e suas possíveis relações com o desempenho nas modalidades de canoa e caiaque. Os resultados demonstram que não houve diferença significativa entre as modalidades e que o vigor é o parâmetro que apresenta maioresvalores, além de ser o único que mostrou relação significativa com o desempenho na modalidade canoagem. Com base nos resultados apresentados é possível concluir que o período de treinamento foi efetivo para melhorar o desempenho dos atletas investigados, que em um período de seis semanas de treinamento a VFC não sofreu alterações significativas, no entanto apresenta-se como uma ferramenta interessante de avaliação, além disso o teste ten x 10s utilizado na prática mostrou ser uma ferramenta de avaliação e também foi capaz de predizer desempenho. Os resultados também reforçam a necessidade de maiores investigações na modalidade e também que o sucesso no desempenho é dependente de muitos fatores, como por exemplo fatores psicológicos. Os atletas submetidos a estresse ambiental foram de nacionalidade dinamarquesa os quais foram submetidos a exposição a altitude além de suplementação de eritropoietina, os mesmos foram avaliados durante 24 semanas e teve como principal objetivo identificar possíveis alterações bioquímicas e de performance ao longo desse período. Os resultados apresentados estão em processo de análise juntamente com a Universidade de Copenhague, porém os resultados preliminares apresentados na presente tese demonstram que a altitude causou mudanças positivas no VO2máx assim como na PCO2. Embora outras variáveis não tenham sido modificadas significativamente, ainda é necessário analisar o efeito da eritropoietina humana recombinante (rHuEPO) em indivíduos suplementados e placebos. Em relação a performance observamos mudanças significativas na 30m e 5000m de corrida após o período de exposição a hipóxia, enquanto que a performance nos 400m não foi alterada. É possível afirmar que a altitude associada ao treinamento influencia positivamente a performance de curta e longa distância
Título em inglês
Performance monitoring of high-level athletes from physiological parameters
Palavras-chave em inglês
Altitude
Canoeing
Heart rate variability
Performance
Training
Resumo em inglês
Two perspectives of parameters used to investigate the variations of performance during the period of observation, being during Olympic cycle and another athletes submitted the Ambiental stress (altitude) , in the first we observed the modality of canoeing Slalom with the objective of identifying which effects of the training in elite athletes canoeing during cycle Olympic, on the physiological and psychological responses and their relations with performance. To this end, 23 athletes from the national Slalom kayak team were recruited and 3 workouts were made. The first investigated the effects of six weeks of training on heart rate variability (HRV) and its relationship to simulated test performance. Positive effects of the pre and post training situation were found in relation to the performance, considering or not the penalties during simulated test (95.9 ± 18.1, 93.6 ± 11.84) p = 0.027 and (94.9 ± 16, 8; 92.8; 13.55) p = 0.008, respectively. However, no changes were found in the autonomic parameters and there were no relations with the performance. The second studies had as objective to test the = ten x 10s, test used in practice and to verify the possible relations with the performance in simulated trial of Slalom canoeing. The main findings of this study were the possibility of determining the peak power (PP), mean and fatigue index, in addition the significant inverse correlations (PP, PM, velocity and routing frequency) between the test parameters with the performance, however when penalties are considered in the simulated test these correlations decrease, reinforcing the need to consider the multidisciplinary of the modality. The third studies investigated psychological parameters (state of mood) and their possible relations with performance in canoe and kayak modalities. The results showed no significant difference between the modalitiesand also that the vigor is the parameter that presents higher values and only that showed a significant relation with the performance in the canoe. Based on the results presented, it is possible to conclude that the training period was effective in improving the performance, that during a six-week training session the HRV did not significant changes, however it is an interesting evaluation tool, ten x 10s used in practice presented an evaluation tool and also able to predict performance. The results also reinforce the need for further investigations in the modality and also that success in performance is dependent on many factors. In the international perspective, we analyzed athletes from Denmark who underwent altitude exposure in addition to erythropoietin supplementation, who were evaluated for 24 weeks. The objective was to identify possible biochemical and performance changes during this period. The results presented are in the process of being analyzed together with the University of Copenhagen, but the preliminary results presented in this thesis show that altitude caused an increase in the maximum VO2 as well as PO2 and PCO2 while the other variables did not observe significant differences, it is still necessary to analyze the effect of rHuEPO on supplemented individuals and placebos. Regarding performance, we observed significant changes at 30m and 5000m after the period of exposure to hypoxia, while the performance at 400m was not altered. It is possible to affirm that the altitude influences in the performance of short and long distance
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
JOAOPAULOLOURESco.pdf (2.98 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.