• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2020.tde-19082020-103814
Documento
Autor
Nome completo
Maytê Assunção Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Gastaldi, Ada Clarice (Presidente)
Borges, Marcos de Carvalho
Fonseca, Marisa de Cássia Registro
Tambascio, Joana
Título em português
Comparação das equações de referência do sistema de oscilometria de impulso em adultos e adequação para a população brasileira
Palavras-chave em português
Oscilometria
Resistência das vias aéreas
Sistema respiratório
Valores de referência
Resumo em português
Introdução: O Sistema de Oscilometria de Impulso (IOS) permite uma avaliação compartimentada do sistema respiratório e tem sido amplamente utilizado em estudos recentes. Os parâmetros mais conhecidos e avaliados neste sistema são: Resistência (R), e a Reatância (X), que somados fornecem informações sobre a impedância total do sistema respiratório (Zsr). As equações de referência para obtenção de valores previstos na população adulta publicadas até o momento foram obtidas em faixas etárias distintas para grupos da Alemanha, Noruega, Austrália, e Japão, e não há equação disponível para a população adulta brasileira. Objetivo: Comparar os valores previstos pelas diferentes equações de referência já existentes na literatura para as variáveis do IOS com os obtidos para uma amostra na população brasileira adulta. Métodos: Foram avaliados 108 indivíduos saudáveis, com idade entre 25 a 65 anos, 49 homens e 59 mulheres que foram avaliados pela espirometria e IOS. A análise estatística foi realizada através do software R Core Team, versão 3.4.3. Resultados: Foram obtidos dados de 59 mulheres com a média de idade 40,1±13,0 e 49 homens com idade de 42,6±12,5. Quando comparado os valores obtidos com os previsto pelas três equações foram encontradas diferenças para todas as variáveis avaliadas; R5, R20 e X5, para as equações de Vogel e Smidt, Newbury e Shiota (p<0,05).Conclusão: Os valores de R5, R20 e X5 obtidos em uma amostra da população brasileira adulta são diferentes dos valores previstos pelas equações de Vogel & Smidt, Newbury e Shiota.
Título em inglês
Comparison of reference equations of the pulse oscillometry system in adults and adequacy for the Brazilian population
Palavras-chave em inglês
Airway resistance
Oscillometry
Reference values
Respiratory system
Resumo em inglês
Introduction: The Impulse Oscillometry System (IOS) allows more deitaled assessment of the respiratory system and has been widely used in recent studies. The most well-known and evaluated parameters in this system are: Resistance (R), and Reactance (X), which together provide information on the total impedance of the respiratory system (Zsr). The reference equations for obtaining values foreseen in the adult population published so far were obtained in different age groups for groups in Germany, Norway, Australia, and Japan, and there is no equation available for the Brazilian adult population. Objective: To compare the values predicted by the different reference equations already existing in the literature for IOS variables with those obtained for a sample in the adult Brazilian population. Methods: 108 healthy individuals, aged 25 to 65 years, 49 men and 59 women, were evaluated by spirometry and IOS. Statistical analysis was performed using the R Core Team software, version 3.4.3. Results: Data were obtained from 59 women with a mean age of 40.1 ± 13.0 and 49 men aged 42.6 ± 12.5. When comparing the values obtained with those predicted by the three equations, differences were found for all evaluated variables; R5, R20 and X5, for the Vogel and Smidt, Newbury and Shiota equations (p <0.05). Conclusion: The values of R5, R20 and X5 obtained in a sample of the Brazilian adult population are different from the values predicted by the equations by Vogel & Smidt, Newbury and Shiota.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.