• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Nociti Lopes Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Cristine Homsi Jorge (Presidente)
Carvalho, Maria das Graças Bomfim de
Ceña, Domingo Palacios
Guirro, Elaine Caldeira de Oliveira
Título em português
Perspectiva de mulheres sobre uma atividade educativa voltada ao assoalho pélvico: estudo qualitativo
Palavras-chave em português
Educação em saúde
Fisioterapia
Saúde da mulher
Resumo em português
A eficácia do treinamento dos músculos do assoalho pélvico (TMAP) está diretamente relacionada à adesão da paciente, enquanto a adesão também está relacionada à obtenção de bons resultados, estabelecendo-se um ciclo que poderia ser influenciado pelo componente educativo direcionado as necessidades da paciente realizado inicialmente nos programas de reabilitação. Trata-se de um estudo qualitativo com objetivo de descrever a perspectiva de mulheres sobre um programa educativo voltado ao assoalho pélvico (AP) feminino e o impacto deste em suas vidas; contextualizar especificidades das atividades educativas vivenciadas pelas participantes; descrever a perspectiva das mulheres sobre a aquisição de novos hábitos de vida a curto (1 semana), médio (3 meses) e longo prazo (5-16 meses) e; descrever as barreiras e facilitadores para participar da atividade educativa e utilizar as orientações recebidas. Foram acompanhados oito grupos educativos durante um período de um ano. Foram realizados três momentos de entrevistas semiestruturadas uma semana, três meses e de cinco a 16 meses após a participação no grupo educativo. As entrevistas foram realizadas com 19, 14 e nove mulheres respectivamente. Foi realizada análise temática dos dados qualitativos. Os temas emergentes da análise foram: (1) Conhecimento desenvolvido com e/ou prévio ao grupo educativo; (2) Sobre o grupo educativo...; (3) Mudança em hábitos de vida após a participação no grupo educativo; (4) Relacionamento com sintomas de disfunções do AP; (5) Representação social e; (6) Busca e adesão ao tratamento para disfunções do AP. O grupo educativo informativo voltado ao AP feminino apresenta estrutura bem definida e adequada sob a perspectiva das mulheres. As mulheres pareceram ter uma boa aceitação da atividade para gerar modificação em hábitos de vida a curto e médio prazo, entretanto a adesão é reduzida a longo prazo. Foram identificados várias barreiras e facilitadores para aderir as orientações do grupo educativo. Os facilitadores mais frequentes foram as informações discutidas no grupo educativo; o desejo das mulheres em melhorar; a o uso de lembretes como a cartilha com o TMAP e; associar o TMAP à atividades de vida diária. Já as principais barreiras foram não lembrar de realizar o TMAP; não entender como realizar o exercício; não reconhecer que tem disfunções do AP; a função da mulher como cuidadora e; carga horária de trabalho
Título em inglês
Women's perspective about an educational activity related to the pelvic floor: a qualitative study
Palavras-chave em inglês
Health education
Physiotherapy
Women's health
Resumo em inglês
The effectiveness of pelvic floor muscle training (PFMT) is directly related to patient adherence, while adherence is also related to obtaining good results. This cycle could be influenced by the educational component directed to the needs of the patient performed initially in rehabilitation programs. This is a qualitative study that aims to describe the perspective of women about an educational program focused on the female pelvic floor (PF) and its impact on their lives; to contextualize specificities of the educational activity experienced by the participants; to describe the perspective of women to acquire new life habits in a short (1 week), medium (3 months) and long term period of time (5-16 months) after the educational program and; to describe the barriers and facilitators to participate in the educational activity and adhere to the received instructions. Eight educational groups were followed during an one-year period. Three time points of semi-structured interviews were conducted at one week, three months and five to 16 months after the women´s participation in the educational group. Th interviews were conducted with 19, 14 and nine women respectively. Thematic analysis of qualitative data was performed. The emerging themes of the analysis were: (1) Knowledge developed with and / or prior to the educational group; (2) About the educational group...; (3) Change in life habits after the educational group; (4) Relationship with PF dysfunctions symptoms; (5) Social representation and; (6) Search and adherence to PF dysfunction treatment. The educational group focused on the female PF has a well-defined and adequate structure from the perspective of women. The women seemed to have a good acceptance of the activity to promote changes in life habits in the short and medium term, however the adherence was reduced in the long term. Several barriers and facilitators to adherence to the instructions performed by the educational activity have been identified. The most frequent facilitators were: the information discussed in the educational group; the desire of women to improve their PF symptom; the use of reminders as the booklet with PFMT and; associate the PFMT to daily life activities. The main barriers were: not to remember to perform PFMT; not to understand how to perform the exercise; not to recognize that they have PF dysfunctions symptoms; the role of the woman as a caregiver and her workload
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.