• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Rocha Bó
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Furtado, Erikson Felipe (Presidente)
Loureiro, Sonia Regina
Mandra, Patricia Pupin
Rossi, Natalia Freitas
Título em português
Caracterização da linguagem de crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista
Palavras-chave em português
Avaliação
Linguagem infantil
Pragmática
Transtorno do espectro autista
Resumo em português
O transtorno do espectro do autismo (TEA) é caracterizado por déficits significativos na comunicação social e interação social. A alteração na comunicação e suas manifestações apresentam uma grande variabilidade, mesmo as crianças com boa fluência verbal apresentam prejuízos com a linguagem pragmática, sendo esta uma manifestação constante nos TEA. A linguagem pragmática é de difícil avaliação, pois é um comportamento dependente do contexto e há poucos instrumentos de avaliação. Objetivo: Comparar o perfil comunicativo de crianças com TEA com crianças que apresentam desenvolvimento normotípico e verificar a capacidade discriminativa diagnóstica do instrumento Children's Communication Checklist - CCC- 2. Métodos: Pais de crianças e adolescentes com diagnóstico de transtorno do espectro do autismo, provenientes do Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência (SPQIA - TEA) e com desenvolvimento normotípico foram convidados a responderem o formulário de resposta do cuidador CCC-2 em sua versão para o português brasileiro. Resultados: Este estudo mostrou que as médias de todas as subescalas do grupo comparativo são maiores que as do grupo com TEA, principalmente as que verificam a pragmática e interesses. As médias das subescalas estão altamente relacionadas, apresentando alta consistência interna. O escore do Composto da Comunicação Geral (GCC) indicou pontos fracos na comunicação geral das crianças do grupo com TEA, diferenciando das crianças do grupo comparativo, apresentando sensibilidade de 85% e especificidade de 90%. E o Composto da Comunicação Social (SIDI) mostrou sensibilidade de 50% e especificidade de 95%. Conclusão: O instrumento CCC-2 apresentou boa capacidade de discriminar crianças com deficiências de comunicação, principalmente a pragmática, de uma população com desenvolvimento típico, porém, é necessário mais estudo utilizando este instrumento com outros grupos de alterações de linguagem
Título em inglês
Language characterization of children and adolescents with autism spectrum disorder
Palavras-chave em inglês
Assessment
Autistic spectrum disorder
Pragmatic child language
Resumo em inglês
Autism spectrum disorder (ASD) is characterized by persistent impairment in social communication and social interaction, which is its main defining characteristic, presenting repetitive and restricted patterns of behaviors, interest and activity. The impairment of communication presents a great variability, even children with good verbal fluency present losses with the pragmatic language, it is a constant manifestation in the ASD. The pragmatic language is difficult to evaluate because it is context dependent behavior and there are few evaluation tools. Objective: This study is compared the communicative profile of children with ASD with children with typical development, and to verify the discriminative capacity of Children's Communication Checklist - CCC-2. Methods: Parents of children and adolescents diagnosed with Autism Spectrum Disorder from the Childhood and Adolescence Psychiatry Service (SPQIA - TEA) and with typical development were invited to respond to the CCC-2 caregiver response version Brazilian Portuguese. Results: This study showed that the means of all the subscales of the comparative group are larger than those of the group with ASD, especially those that verify the pragmatics and interests. The averages of the subscales are highly related, presenting high internal consistency. The general communication composite score (GCC) indicated weaknesses in the general communication of children in the ASD group, differing from the children in the comparative group, presenting sensitivity of 85% and specificity of 90%. And the social interaction difference index (SIDI) showed sensitivity of 50% and specificity of 95%. Conclusion: The CCC-2 instrument presented a good ability to discriminate children with communication deficits, mainly pragmatic, from a population with typical development, but more study is needed using this instrument with other groups of language disorders
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FernandaBo.pdf (2.14 Mbytes)
Data de Publicação
2019-08-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.